Mentalidade na Idade Média

Mentalidade na Idade Média

Mentalidade na Idade Média

Matéria: Filosofia

Docente: Nasário Eliseu Bohnen

Alunos: Alef Yuri – Willian da Silva

Turma: 104

  • A Mentalidade, do homem medieval tinham, com toda a certeza, um único sentimento motor, a insegurança. Essa insegurança se refletia tanto sobre o campo moral, quanto no material.

  • O homem devia se apoiar na solidariedade do grupo onde vivia, pois em um ambiente onde o medo sempre prevalecia sobre a esperança era necessário não deixar-se corromper pela ambição.

  • Na mentalidade medieval também não havia noção de tempo, algo ainda mais difícil de compreender.

O homem medieval sonhava com mundos desconhecidos, repletos de assustadoras

  • Mais confiante em suas forças e possibilidades, o homem deixou de olhar tanto para o alto, em busca de Deus, passando a dar valor a si mesmo. O ser humano se redescobre como criatura e criador do mundo em que vive. Essa nova maneira de pensar e ver o mundo refletiu-se nas artes, na filosofia e nas ciências.

Comentários