Articulação do Tornozelo

Articulação do Tornozelo

Tornozelo

  • Bruno Marcondes

  • Renan Marcolin

  • Luiz Carlos Favarão

  • Elizandro Ribeiro

O tornozelo é uma estrutura formada pela união de 3 ossos:Tíbia, Fíbula e Tálus.

Articulação

Sabemos das várias articulações na estrutura do tornozelo, porém apenas três apresentam papel importante na função biomecânica, que são: talocrural, subtalar, tibiofibular (Gould, 1993), e além é claro da articulação tíbio-társica, que é o tornozelo propriamente dito.

Articulação talocrural - formada pela

extremidade inferior da tíbia e fíbula com o

dorso do tálus.

Articulação subtalar - entre o tálus e o

calcâneo.

Articulação tibiofibular - formada pela

extremidade inferior da tíbia e da fíbula

Articulação tíbio-társica: é o tornozelo

propriamente dito. O encaixe tíbio-fibular

se acopla de maneira exata com o talus,

permitindo o movimento de flexo-extensão

neste nível.

Mobilidade

  • Entre os movimentos que as articulações do

  • tornozelo podem realizar estão:

  • -Flexão/extensão

  • -Abdução/adução

  • -inversão/eversão

  • - pronação/supinação

PRONAÇÃO este movimento é triplanar, ocorre com uma combinação de movimentos sendo formado por uma eversão do calcâneo, abdução e dorsiflexão, onde o calcâneo move-se em relação ao tálus.

SUPINAÇÃO é o oposto na pronação, ocorrendo uma inversão do calcâneo, adução e flexão plantar.

FLEXÃO PLANTAR consiste em abaixar o pé procurando alinhá-lo em maior eixo com a perna, elevando o calcanhar do chão. A amplitude média desse movimento é de 50°.. DORS0FLEXÃO o movimento de aproximação do dorso do pé à parte anterior da perna. A amplitude desse movimento é em torno de 20°

  • ABDUÇÃO é o movimento que ocorre no plano transverso, com os artelhos apontando para fora.

  • ADUÇÃO consiste no movimento oposto, de apontar os artelhos para dentro.

  • INVERSÃO ocorre quando a borda medial do pé dirige-se em direção a parte medial da perna. A amplitude máxima deste movimento é de 20°. Realizado principalmente pelo músculo tibial posterior, e auxiliado pelos músculos gastrocnêmicos, sóleo e flexor longo dos dedos.

  • EVERSÃO ocorre quando a borda lateral do pé dirige-se em direção a parte lateral da perna. A amplitude máxima é de 5°. Realizado principalmente pelos músculos fibular curto e longo, auxiliado pelos músculos extensor longo dos dedos e fibular terceiro.

Lesões

Entre as lesões de tornozelo, a mais comum e

que difícil a pessoa que nunca teve é

o ENTORSE, em inversão.

Que é uma lesão que causa um estiramento

ou ruptura de um ou mais ligamentos da

articulação do tornozelo

É gerada por uma virada forçada do tornozelo.

Quando o pé vira para dentro ou para baixo

causando uma lesão na parte externa do

tornozelo.

Aiii que dor!

Gravidade

As entorses podem ser classificados: graus I, II

ou III, dependendo de sua gravidade.

Sintomas

Os sintomas de entorse de tornozelo incluem:

  • Inchaço

  • Dificuldade para caminhar

  • Contundente

  • Frio ou dormência no pé

  • Dor na articulação do tornozelo

  • Incapacidade de caminhar ou suportar

o peso sobre a articulação

  • Rigidez

Tratamento

Compressas de gelo

  • Elevação do tornozelo

  • Uso de faixa elástica

  • Uso de tornozeleira

  • Uso de muletas

  • Uso de antiinflamatório ou analgésico

  • Fisioterapia

Comentários