SÉRIE DE NORMAS ISO 9000

SÉRIE DE NORMAS ISO 9000

(Parte 1 de 3)

SÃO LUÍS 2011

Esta apresentação objetiva explicar e esclarecer ao espectador e leitor como se deu o processo de normalização da série ISO 9000, e a sua importância atualmente para as organizações, através do seu processo evolutivo, atualizações, padrões e aplicações baseadas na gestão da qualidade, o que representa um diferencial em relação à concorrência.

ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO 1 – ORIGEM DA SÉRIE ISO 9000.

2 – CONCEITO, OBJETIVOS E IMPORTÂNCIA.

3 – NORMAS DA SÉRIE ISO 9000 E ATUALIZAÇÕES.

4 – ELEMENTOS DA SÉRIE ISO 9000.

5 – PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE.

6 – IMPLANTAÇÃO DA SÉRIE ISO 9000.

8 – CERTIFICAÇÃO DA SÉRIE ISO 9000

7 – AUDITORIAS.

9 – ÓRGÃO CREDENCIADOR NO BRASIL.

10 – PRINCIPAIS ORGANISMOS CERTIFICADORES QUE ATUAM NO BRASIL.

1 – BENEFÍCIOS E DIFICULDADES DA UTILIZAÇÃO DA SÉRIE ISO 9000.

12 – IMPACTO QUE A SÉRIE ISO 9000 CAUSA ÀS ORGANIZAÇÕES. 13 – CONSIDERAÇÕES FINAIS. / 14 – BIBLIOGRAFIA.

1 – ORIGEM DA SÉRIE ISO 9000

O contexto da normalização não se restringe à modernidade. A concepção moderna da normatização tem origem no fim do século XVIII. Concentrada a princípio em produtos, materiais e técnicas de engenharia, a normatização chegou depois à administração.

Em 1906 surgiu a IEC, Comissão Internacional de

Eletrotécnica. Em 1926 foi criada a ISA, Federação Internacional das

Associações Nacionais de Normatização. Em 1944 foi fundada o UNSCC, Comitê Coordenador de

Normas das Nações Unidas).

Em 1947 criaram a ISO, Organização Internacional da Normalização.

1 – ORIGEM DA SÉRIE ISO 9000

Na segunda metade do século X, a área militar começou a apresentar exigências de caráter sistêmico para seus fornecedores por meio da norma militar Q9858.

Em, 1979, a Inglaterra publicou uma norma internacional, a BS 5750 (BS = British Standard = Norma

Britânica). Em 1987, a ISO, com base na BS 5750, publicou a série de normas internacionais ISO 9000. No Brasil a normalização tem inicio em 1940 com a criação da ABNT, Associação Brasileiras de Normas Técnicas.

Na Europa a difusão da série de normas ISO 9000 foi relativamente rápida. O sucesso das normas de garantia da qualidade levou a demandas similares em outros segmentos.

2 – CONCEITO, OBJETIVO E IMPORTÂNCIA

A palavra ISO (International Organization for

Standardization) é derivada do grego “isos” que significa igual e associa-se a padrão sendo uma organização não governamental.

As normas ISO 9000, são normas aplicáveis em situações contratuais que exijam a qualidade do produto ou serviço.

A série ISO 9000 objetiva: 1.Atingir e manter a qualidade de seu produto ou serviço; 2.Prover confiança à administração das organizações; 3.Prover com confiança a clientes de que a qualidade pretendida está sendo atingida a produtos e serviços.

As normas ISO 9000 são de fundamental importância para as organizações que querem conseguir destaque no cenário nacional e internacional.

3 – NORMAS DA SÉRIE ISO 9000

A série de normas ISO 9000, em sua primeira versão, a de 1987, era composta pelas normas ISO 9001, ISO 9002 e ISO 9003, certificáveis, e só foi publicada no Brasil em junho de 1990. Continha também a normas guias a ISO 9000 e a ISO 9004.

1.Norma ISO 9000: esclarece diferenças e inter-relações entre os principais conceitos da qualidade 2.Norma ISO 9004: fornece diretrizes para implantar e implementar o sistema da qualidade 3.Norma ISO 9001: garantia da qualidade em projetos/desenvolvimento, produção, instalação e assistência técnica. 4.Norma ISO 9002: garantia da qualidade na produção, instalação e assistência técnica. 5.Norma ISO 9003: garantia da qualidade na inspeção e ensaio final.

3 – NORMAS DA SÉRIE ISO 9000

A revisão das normas é feita a cada 5 anos, sendo a primeira realizada em 1994.

Críticas foram feitas á série de normas ISO 9000 por ser largamente utilizada.

Unificação das normas certificadores em uma, a ISO 9001:2000.

O objetivo da norma deixa de ser o simples atendimento de requisitos especificados para a satisfação do cliente.

Em dezembro de 2008 foi publicada a terceira revisão da norma trazendo uma abordagem da melhoria contínua.

A ISO 9001 é, seguramente uma das normas mais conhecidas no mundo.

4 – ELEMENTOS NA SÉRIE ISO 9000

A série de normas ISO 9000 baseia-se em 20 elementos ou critérios que englobam vários aspectos da gestão de qualidade. Apenas a ISO 9001 exige que todos os 20 elementos estejam presentes no sistema da qualidade. 1.responsabilidade da administração. 2.sistema da qualidade. 3.análise crítica de contratos. 4.controle de projeto. 5.controle de documentos. 6.aquisição. 7.produtos fornecidos pelo cliente. 8.identificação e rastreabilidade do produto. 9.controle de processos. 10.inspeção e ensaios. 1.equipamentos de inspeção, medição e ensaios.

4 – ELEMENTOS NA SÉRIE ISO 9000

12.situação da inspeção e ensaios. 13.controle de produto não conforme. 14.ação corretiva. 15.manuseio, armazenamento, embalagem e expedição. 16.registros da qualidade. 17.auditorias internas da qualidade. 18.treinamento. 19.assistência técnica. 20.técnicas estatísticas.

O ponto central de um sistema de gestão da qualidade baseada nas normas ISO 9000 é a apropriada documentação deste sistema.

5 – PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE

Segundo a ISO 9001:2008, um princípio de gestão da qualidade é uma crença ou regra fundamental e abrangente para conduzir e operar uma organização. Os oito princípios fundamentais apresentados pela série ISO 9000 são:

1.Foco no cliente: atender as necessidades atuais e futuras dos clientes.

2.Liderança: influenciar pessoas para atingir objetivos organizacionais.

(Parte 1 de 3)

Comentários