Projeto de Um portão vertical

Projeto de Um portão vertical

(Parte 1 de 14)

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

CENTRO DE TECNOLOGIA

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA

ELEMENTOS DE MÁQUINAS II

Projeto de um Portão Vertical

Autor: Pietro Mikail Sabino Bandeira, Rainier Santos Cunha e Sérgio Henrique Batista de Medeiros

Prof. João Wanderley Rodrigues Pereira

Natal/RN

Dezembro de 2010

Pietro Mikail Sabino Bandeira, Rainier Santos Cunha e Sérgio Henrique Batista de Medeiros

Projeto de um Portão Vertical

Projeto de um portão vertical apresentado a Disciplina de Elementos de Máquinas II da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Prof. João Wanderley Rodrigues Pereira

Natal/RN

Dezembro de 2010

Sumário

Objetivo 05

Introdução 06

1 - Enunciado do Projeto 06

1.1 – Mecanismo e elementos do Projeto 07

2 - Estado da Arte 08

2.1 - Eixos 08

2.1.1 - Constituição dos eixos 09

2.1.1.1 - Eixos maciços 09

2.1.1.2 - Eixos vazados 10 2.1.1.3 - Eixos cônicos 10

2.1.1.4 - Eixos roscados 10

2.1.1.5 - Eixos ranhurados 10

2.1.1.6 - Eixos flexíveis 11

2.1.2 - Danos sofridos por eixos 11

2.1.3 - Conexões e Concentração de tensões 11

2.1.4 - Analise de tensões atuantes em eixos 12

2.1.5 - Velocidades críticas de eixos 12

2.1.6 - Montagem dos eixos 13

2.2 - Concentração de tensão em chavetas e pinos 13

2.3 - Mancais 14

2.4 - Rolamentos 15

2.4.1 - Aplicação de rolamentos 15

2.4.2 - Vida do rolamento 16

2.5 - Seleção do material 17

2.5.1 - As cartas de Asbhy 17

2.6 - Critérios de resistência 26

2.6.1 - Coeficiente de segurança e tensão equivalente 26

2.7 - Critérios de dimensionamento 272.7.1 - Critério da máxima tensão de cisalhemento ou critério de Tresca 28

2.7.2 - Critério da máxima energia de distroção ou critério de Von Mises 28

2.7.3 - Critério de Coulomb-Mohr 29

2.8 - Fadiga 30

2.8.1 - Critério de falha por fadiga 30

2.8.2 - Fatores modificadores do limite de resistência à fadiga 31

2.9 - Coeficiente de segurança 34

2.10 - Deflexão 35

2.11- Motores 36

2.11.1 - Motores de corrente continua 36

2.12 – Importância, construção e tipos de cabos de aço 37

2.12.1 - Estrutura 37

2.12.2 - Enrolamento das pernas e dos cabos 38

2.12.3 - Lubrificação de cabos 39

2.12.4 - Possíveis falhas, inspeção e substituição dos cabos de aço em uso 40

2.12.5 - Uniões e fixações no cabo 54

2.12.6 - Cargas de trabalho e fator de segurança 42

2.12.7 - Tensão de tração no cabo 43

2.12.8 - Deformação Longitudinal de cabos de aço 44

2.12.9 - ÁreaMetálica de cabos de aço 44

2.12.10 - Tambores para Cabo de Aço 45

2.12.11 - Procedimento para Seleção de Cabo de Aço 46

3 - Planilha de cálculos 49

3.1 - Cálculos e Esforços nos Elementos 49

3.1.1 - Velocidade de abertura 49

3.1.2 - Contra-peso 49

3.1.3 - Dimensionamento do cabo de aço 50

(Parte 1 de 14)

Comentários