Apostila de Química Experimental

Apostila de Química Experimental

(Parte 1 de 5)

Apostila de Química Experimental

Colégio D. Pedro I

1 - SEGURANÇA NO LABORATÓRIO QUÍMICO1
Conduta no laboratório1
Medidas de segurança2
Acidentes mais comuns em laboratórios e Primeiros socorros4
Extintores de incêndio5
2 - A REDAÇÃO CIENTÍFICA: RELATÓRIO8
3 – UTENSÍLIOS DE LABORATÓRIO9
4 – ERROS EXPERIMENTAIS E DESVIOS14
Média14
Arredondamento16
Tabelas de frequência16
Gráficos20
Notação científica25

• CARVALHO,P.R. Boas Práticas Químicas em Biossegurança. Editora Interciência: Rio de Janeiro, 1999,

• FEITOSA,A.C.; FERRAZ, F.C. Segurança em Laboratório. Editora UNESP: Bauru, 2000.

• GONÇALVES, D;WAL, E; ALMEIDA, R.R. Química Orgânica Experimental. MacGraw-Hill: São Paulo, 1988. 269p.

Colégio D. Pedro I - 1 -

Profª Tânia Regina de Souza

1. SEGURANÇA NO LABORATÓRIO QUÍMICO

CONDUTA NO LABORATÓRIO Apesar do grande desenvolvimento teórico da Química, ela continua a ser uma ciência eminentemente experimental; daí a importância das aulas práticas de Química. A experiência treina o aluno no uso de métodos, técnicas e instrumentos de laboratório e permite a aplicação dos conceitos teóricos aprendidos. O laboratório químico é o lugar privilegiado para a realização de experimentos, possuindo instalações de água, luz e gás de fácil acesso em todas as bancadas. Possui ainda local especial para manipulação das substâncias tóxicas, denominado capela, que dispõe de sistema próprio de exaustão de gases. O laboratório é um local onde há um grande número de substâncias que possuem os mais variados níveis de toxicidade e periculosidade. Este é um local bastante vulnerável a acidentes, desde que não se trabalhe com as devidas precauções. Abaixo, apresentamos alguns cuidados que devem ser observados, para a realização das práticas, de modo a minimizar os riscos de acidentes.

ANTES, DURANTE E APÓS O EXPERIMENTO Não se entra num laboratório sem um objetivo específico, portanto é necessária uma preparação prévia ao laboratório: O que vou fazer? Com que objetivo? Quais os princípios químicos envolvidos nesta atividade? Durante a realização dos experimentos são necessárias anotações dos fenômenos observados, das massas e volumes utilizados, do tempo decorrido, das condições iniciais e finais do sistema. Um caderno deve ser usado especialmente para o laboratório. Este caderno de laboratório possibilitará uma descrição precisa das atividades de laboratório. Não confie em sua memória, tudo deve ser anotado. Após o experimento vem o trabalho de compilação das etapas anteriores através de um relatório. O relatório é um modo de comunicação escrita de cunho científico sobre o trabalho laboratorial realizado.

PRÉ-LABORATÓRIO 1. Estude os conceitos teóricos envolvidos, leia com atenção o roteiro da prática e tire todas as dúvidas. 2. Obtenha as propriedades químicas, físicas e toxicológicas dos reagentes a serem utilizados. Essas instruções são encontradas no rótulo do reagente.

Colégio D. Pedro I - 2 -

Profª Tânia Regina de Souza

PÓS-LABORATÓRIO 1. Lave todo o material logo após o término da experiência, pois conhecendo a natureza do resíduo pode-se usar o processo adequado de limpeza. 2. Guarde todo o equipamento e vidraria. Guarde todos os frascos de reagentes, não os deixe nas bancadas ou capelas. Desligue todos os aparelhos e lâmpadas e feche as torneiras de gás.

• Antes de manusear um reagente químico qualquer, deve-se conhecer as propriedades químicas, físicas e toxicológicas deste, seu manuseio seguro e medidas de primeiros socorros em caso de acidente. Para isto deve-se consultar o Index Merck ou fichas toxicológicas dos produtos.

• Leia os rótulos dos frascos dos reagentes antes de usá-los.

• Os rótulos devem ser periodicamente vistoriados e, nos casos de maior incidência, providenciar a proteção com parafina ou película plástica.

• Nunca use um reagente que não esteja identificado, rotulado. Qualquer etapa de trabalho durante a qual possa ocorrer desprendimento de gás ou vapores tóxicos dever ser feita DENTRO DA CAPELA;

• Não trabalhar com material imperfeito ou defeituoso, principalmente com vidro que tenha ponta ou aresta cortantes;

• NÃO SE DEVEM PIPETAR LÍQUIDOS COM A BOCA. Use a pêra de borracha;

• Nunca cheire um reagente diretamente. Os vapores devem ser abanados em direção ao nariz, enquanto se segura o frasco com a outra mão;

• NUNCA despejar ÁGUA em cima de um ÁCIDO concentrado;

• Não aquecer tubos de ensaio com a boca virada para o seu lado, nem para o lado de outra pessoa;

• Não aquecer nada em frascos volumétricos;

• Nunca acender um bico de gás quando alguém no laboratório estiver usando algum solvente orgânico;

• Verifique as condições da aparelhagem. Evite montagens instáveis de aparelhos. Não use livros, lápis, caixas de fósforos, etc, como suportes;

• Mantenha as bancadas sempre limpas e livres de materiais estranhos ao trabalho;

• Faça uma limpeza prévia, com água, ao esvaziar um frasco de reagente, antes de colocá-lo para lavagem;

Colégio D. Pedro I - 3 -

Profª Tânia Regina de Souza

• Rotule imediatamente qualquer reagente ou solução preparada e as amostras coletadas; • Use pinças e materiais de tamanho adequado e em perfeito estado de conservação;

• Limpe imediatamente qualquer derramamento de produtos de petróleo e reagentes.

• O laboratório é um local de trabalho sério; portanto, evite brincadeiras que dispersem sua atenção e de seus colegas.

• O cuidado e a aplicação de medidas de segurança são responsabilidade de cada indivíduo. Cada um deve precaver-se contra perigos devido a seu próprio trabalho e ao dos outros. Consulte o professor sempre que tiver dúvidas ou ocorrer algo inesperado ou anormal.

• Faça apenas a experiência prevista; qualquer atividade extra não deve ser realizada sem a prévia consulta ao professor.

• Serão exigidos de todos os estudantes e professores o avental (bata), luvas e sapatos fechados. A não observância desta norma gera roupas furadas por agentes corrosivos, queimaduras, manchas, etc.

• Planeje o trabalho a ser realizado;

• Ao se retirar do laboratório, verifique se há torneiras (água ou gás) abertas. Desligue todos os aparelhos, deixe todos os equipamentos limpos e lave as mãos;

• Os alunos não devem tentar nenhuma reação não especificada pelo professor. Reações desconhecidas podem causar resultados desagradáveis.

• É terminantemente proibido fumar, comer ou beber nos laboratórios;

• Não se deve provar qualquer substância do laboratório, mesmo que inofensiva.

• Não deixar livros, blusas, etc., jogadas nas bancadas. Ao contrário, colocá-los longe de onde se executam as operações;

• Ao verter um líquido de um frasco, evitar deixar escorrer no rótulo, protegendo-o devidamente;

• Em caso de derramamento de líquidos inflamáveis, produtos tóxicos ou corrosivos, tome as seguintes providências:

• Interrompa o trabalho;

• Advirta as pessoas próximas sobre o ocorrido.

• Solicite ou efetue a limpeza imediata.

• Alerte seu supervisor.

• Verifique e corrija a causa do problema.

• Não utilize materiais de vidro quando trincados.

(Parte 1 de 5)

Comentários