Equipe 03 - Rombencéfalo

Equipe 03 - Rombencéfalo

Rombencéfalo   Estrutura que forma o chamado cérebro posterior, que compreende o bulbo raquidiano, protuberância anular e o cerebelo, que delimitam uma área rombóide formada pelo quarto ventrículo e a cavidade ependimária.

É formada por uma parte ventral, ou base da ponte, e.

E uma parte dorsal, ou tegmento da ponte

Núcleos da ponte

Quarto ventrículo

  • Está situado entre o bulbo e a ponte em sua face posterior e ventralmente ao cerebelo. Continua caudalmente com o canal central do bulbo e cranialmente com o aqueduto cerebral, cavidade do mesencéfalo que comunica o III e o IV ventrículo.

O bulbo ou medula oblonga tem forma de um cone, cuja extremidade menor continua caudalmente com a medula espinhal. Como não se tem uma linha demarcando a separação entre medula e bulbo, considera-se que o limite está em um plano horizontal que passa imediatamente acima do filamento radicular mais cranial do primeiro nervo cervical, o que corresponde ao nível do forame magno.

  • O bulbo ou medula oblonga tem forma de um cone, cuja extremidade menor continua caudalmente com a medula espinhal. Como não se tem uma linha demarcando a separação entre medula e bulbo, considera-se que o limite está em um plano horizontal que passa imediatamente acima do filamento radicular mais cranial do primeiro nervo cervical, o que corresponde ao nível do forame magno.

Entre os sulcos lateral anterior e lateral posterior temos a área lateral do bulbo, onde se observa uma eminência oval, a oliva, formada por uma grande quantidade de substância cinzenta.

Nervo Hipoglosso

  • Nervo Hipoglosso

  • Nervo Glossofaríngeo

  • Nervo Vago

e os filamentos que constituem a raiz bulbar do nervo acessório ao qual e une com raiz espinhal ,que se origina na medula.

No bulbo localiza-se o centro respiratório, muito importante para a regulação do ritmo respiratório. Localizam-se também o centro vasomotor e o centro do vômito. A presença dos centros respiratórios e vasomotor no bulbo torna as lesões neste órgão particularmente perigosas.

  • No bulbo localiza-se o centro respiratório, muito importante para a regulação do ritmo respiratório. Localizam-se também o centro vasomotor e o centro do vômito. A presença dos centros respiratórios e vasomotor no bulbo torna as lesões neste órgão particularmente perigosas.

  • Em razão de sua importância com relação às funções vitais, o bulbo é muitas vezes chamado de centro vital.

A palavra cerebelo vem do latim para “pequeno cérebro”

A função de coordenação dos movimentos feita pelo cerebelo chama-se TAXIA.

Localização:

  • O CEREBELO Localiza-se logo abaixo do cérebro.

  • deriva da parte dorsal do metencéfalo e fica situado dorsalmente ao bulbo e à ponte.

  • Repousa sobre a fossa cerebelar do osso occipital e está separado do lobo occipital por uma prega da dura-máter denominada tenda do cerebelo.

  • Liga-se à medula e ao bulbo pelo pedúnculo cerebelar inferior e à ponte e mesencéfalo pelos pedúnculos cerebelares médio e superior, respectivamente.

cerebelo, importante órgão relacionado com a regulação automática de movimento e postura, funciona em íntima conexão com o córtex cerebral e o tronco encefálico.  Certos grupos de neurônios cerebelares regulam músculos do tronco, outros regulam músculos dos membros,  e outros ainda estão em conexão com o córtex cerebral

Função do cerebelo

Coordena:

  • Força

  • Harmonia

  • Ritmo

  • Seqüência

  • Sinergismo

  • Antagonismo

  • Movimento voluntários

  • Equilíbrio

  • Postura

  • Controle do tônus muscular

O cerebelo tornou-se, novamente, uma área de "provocante mistério".

Outras descobertas indicam que o cerebelo tem um papel importante ...

    • na memória de curta duração, 
    • na atenção, 
    • no controle de atos impulsivos, 
    • nas emoções, 
    • nas funções cognitivas superiores, 
    • na habilidade de planejar tarefas e, possivelmente, até mesmo em condições especiais como a esquizofrenia e o autismo.

#substância cinzenta está na periferia e a substância branca no interior. #ramificação no interior do cerebelo Arvore da vida #dobra-se muitas vezes sobre si mesmo.

Aspectos Anatômicos

  • Anatomicamente, distingue-se no cerebelo, uma porção ímpar e mediana, o vérmis, ligado a duas grandes massas laterais, os hemisférios cerebelares.

  • Sua superfície apresenta sulcos predominantemente transversais, que delimitam lâminas finas denominadas folhas do cerebelo.

Lóbulos do Cerebelo:

Existem também sulcos mais pronunciados, as fissuras do cerebelo, que delimitam lóbulos, cada um deles podendo conter várias folhas.

Fissuras do Cerebelo:

Comentários