(Parte 1 de 2)

escafúra I

POR PU1MDE Diney M. Escafúra

escafúra I

A ELABORAÇÃO DESTE MANUAL BUSCA ORIENTAR RADIOS OPERADORES(radiotelefonistas) DE EMPRESAS DE RADIO TAXI, POLICIAS CIVIL E MILITAR, CORPO DE BOMBEIROS, OPERADORES DE ESTAÇÕES COSTEIRAS E EMPRESAS EM GERAL QUE UTILIZAM A AGILIDADE DO MEIO RÁDIO.

DINEY MONTEIRO ESCAFÚRA *Radialista Profissional drt MG

*Radio amador classe C Pu1mde

*Radio Escuta py10130-labre rj

*Faixa cidadão px1k6886

*Radiotelefonista Geral Anatel

*Radio Técnico, certificados Iub, Monitor, P. Reus e Occidental Schools *Cursos de Combate a incêndio e Segurança Industrial-O & Sampling escafúra I

*Curso de Operador Gmdss Geral (Operador de Sistemas Para a Salvaguarda da Vida Humana no Mar)& Manutenção de equipamentos, Formado pela Escola Naval do Uruguai

TÓPICOS 1-ÉTICA OPERACIONAL 2-UTILIDADE DO CÓDIGO Q 3-CÓDIGOS DE RÁDIO FONIA 4-COMO TIRAR MELHOR PROVEITO DO EQUIPAMENTO 5-DICAS ÚTEIS 6-O PAI DO RÁDIO 7-GERAL 8-O RADIO AMADOR PODE ESCUTAR, E ATÉ USAR FREQÜÊNCIAS PRIVADAS EM CASO DE EMERGÊNCIA?

“O rádio é o mais versátil meio de comunicação desenvolvido pelo homem em situações normais ou emergências. O RÁDIO AINDA É IMBATÍVEL” Diney escafúra IV

ÉTICA OPERACIONALÉÉÉÉ

1-Antes de transmitir verifique se a freqüência esta desocupada

2-Em nenhuma circunstância discuta com alguém na freqüência, situações de serviço devem ser discutidas internamente. Não ocupe a qrg com altercações.

3-Em caso de interferências propositais não “brigue” com o causador, é justamente o que ele quer. Não discuta e procure meios para tentar identificar o elemento.

4-Na radio operação profissional a troca de informação deve ser a mais rápida possível, comunique somente o essencial, de maneira clara e precisa.

5-Não use a freqüência para brincadeiras com seus colegas de trabalho.

6-em situações de emergência, mantenha a calma e procure falar de maneira clara e pausada, Falar de escafúra V maneira excitada e rapidamente só complica. Mantenha o controle.

5-Não use na comunicação profissional nenhum tipo de apelido, sempre use o nome da pessoa.

6-Trate todos com gentileza e educação. Gentileza gera Gentileza.

7-Não use gírias

8-evite comentários com opiniões pessoais

9-Não deixe comunicações sem retorno de entendimento: Basta dizer, exemplo: Bravo2 qsl.Maréqsl...Central qsl etc. Isto evita a pessoa ter que ocupar a freqüência só para confirmar se foi compreendido.

Muitos acham que o código Q está ultrapassado, ou que se presta somente para a prática do Código Morse (CW). Trata-se de um engano.

escafúra VI

Na fonia o código Q pode ser extremamente útil para agilizar comunicações e até mesmo evitar confusões de entendimento, senão vejamos: Códigos mais úteis na fonia:

escafúra VII

ACABOU VIRANDO CERTO
ALGUÉM..PARADEIRO DE VIATURA ETC

ESCUTA, SEMPRE QUE POSSÍVEL USE O QSX.NO ENTANTO NESTE CASO QAP É UM ERRADO QUE QTC-MENSAGEM A TRANSMITIR QTP-POUSO DE AERONAVE QTZ-CONTINUA A BUSCA, POR ALGUÉM POR SOBREVIVENTES ETS.. QUA-VOCÊ TEM NOTICIAS DE QRG: FREQUENCIA QRS-FALE MAIS DEVAGAR QSF-SALVAMENTO EFETUADO QUB:CONDIÇÕES DO TEMPO OBS: O CÓDIGO Q PODE SER USADO NA FORMA AFIRMATIVA OU INTERROGATIVA CÓDIGO ALFA /ZULU: TKS-OBRIGADO ETA-HORÁRIO ESTIMADO DE CHEGADA ETD-HORÁRIO ESTIMADO DE SAÍDA WX-PREVISÃO DO TEMPO TX-TRANSMISSÃO RX-RECEPÇÃO OUTROS USADOS: RÓGER-O MESMO QUE QSL HÓC DÓC-O MESMO QUE QSL 73/51-LEMBRANÇAS E AQUELE ABRAÇO LINHA DE 500/BAIXA FREQÜÊNCIA: LIGAÇÃO PARA TEL FIXO. ALTA FREQÜÊNCIA: LIGAÇÃO PARA CEL.

escafúra VIII

500 ou uma alta freqüência etc

Exemplo: companheiro aguarde vou fazer uma linha de

Exemplos:

Na radio fonia profissional, melhor utilização do tempo e evitar má interpretação do que foi dito é fundamental. Veja a “economia” provocada pelo uso do código Q ou abreviaturas do alfa/zulu:

a-Central aqui papa1, vou dar uma paradinha para ir ao banheiro b-ok papa1, tudo compreendido

Com o Q a-Central Papa1 qrx para qto b-Qsl (ou Roger) b-Papa2 qual a sua localização e que horas você vai chegar aqui a-ok central estamos na praça e vamos chegar ai 13 horas..

Com o código q e o alfa/zulu b-Papa2 aqui central: qth e eta a-qth praça eta 13 horas a-Central aqui papa2 eu tenho uma mensagem b-aguarde, estou ocupado não posso atender agora..

Com o Q escafúra IX a-Central, papa2 qtc b-papa2 central QRL

E assim sucessivamente. Sempre que possível deve ser usada a utilidade do código para diminuir a margem de erro e diminuir o tempo de QRG ocupada e até dificultar a compreensão por parte de leigos.

SEMPRE QUE SE TRATAR DE INFORMAÇÃO PRIORITÁRIA DEVE A MESMA SER CONFIRMADA.(ordens etc...) (COTEJADA) EXEMPLO a-central,papa3 eta 22horas..confirme b-eta 22horas qsl

PARA DIMINUIR OS ERROS É IMPORTANTE O USO DO CÓDIGO FONÉTICO, PADRÃO INTERNACIONAL OU BRASILEIRO.E A CODIFICAÇÃO NUMÉRICA.USEOS QUANDO NECESSÁRIO OU QUANDO SOLICITAREM REPETIÇÃO DA ALFA/NUMÉRICA. NUMEROS 1-uno 2-segundo 3-terceiro 4-quarto 5-quinto 6-sexto/meia duzia 7-sétimo escafúra X

8-oitavo 9-nono 0-nada

Código Fonético Internacional: a-alfa b-bravo c-charlie d-delta e-écho f-fox ou foxtrote g-golf h-hôtel i-india j-juliét k-kilo L-lima m-mike(maik) n-november o-óscar P-papá Q-Quebéc r-romeo s-siérra t-tango u-uniforme v-victor w-whiskey X-x-Ray (éKes-rei) escafúra XI y-yankee z-zulu

Código fonético geográfico (brasileiro) a-américa b-brasil c-canadá d-dinamarca e-europa f-frança g-guatemala h-holanda i-india j-japão k-kenia l-londres m-méxico n-noruega o-oceania p-portugual q-quebec r-roma s-santiago T-Toronto u-uruguai v-venezuela w-washington x-xingu y-yucatan escafúra XII z-zanzibar

IMPORTANTE É O RADIO OPERADOR SABER: SE NECESSÁRIO A CODIFICAÇÃO DEVE SER USADA PARA EVITAR ERROS. QUE TODA A COMUNICAÇÃO DEVE SER A MAIS BREVE E SINTETIZADA POSSÍVEL QUE NA DUVIDA SEMPRE DEVE SE PEDIR A REPETIÇÃO DA MENSAGEM OU A CONFIRMAÇÃO DO QUE FOI OUVIDO. O IMPORTANTE É QUE TODOS DOMINEM COMPLETAMENTE TODOS OS CÓDIGOS, O QUE NÃO É DIFICIL, BASTA UM POUCO DE EMPENHO DE CADA UM. PARA QUE A UTILIZAÇÃO DO CÓDIGO ALCANCE SEU OBJETIVO TODOS DEVEM CONHECÊ-LO. TODOS SAIRÃO GANHANDO COM A UTILIZAÇÃO DO MESMO. A DEFINIÇÃO DA CODIFICAÇÃO DEPENDE DAS NECESSIDADES QUE O TRABALHO DETERMINA. SUGESTÃO: UMA ESTAÇÃO QUE RECOMENDAMOS ESCUTA PARA SE OUVIR A CORRETA UTILIZAÇÃO DO CÓDIGO Q, ESTÁ NA QRG 162.390 em vhf/fm, CONCESSIONÁRIA DE ESTRADAS DO RIO. QUEM TEM RADIOS QUE PERMITAM ESTA ESCUTA DEVE FAZÊ-LO! escafúra XIII

Unidades portáteis- HT-Hand Talkie ou WT Walk Talkie

*Jamais segurar o ht pela antena, muito menos em transmissão. *Procurar usar Microfones de lapela que já vêm com acoplamento de alto falante e até saída para fone de ouvido, o que facilita operação em aéreas ruidosas ou em operações que necessitem de silencio. *Sempre testar equipamentos antes de entrar em serviço. *Manusear equipamento com cuidado, evitando pancadas. Limpa-lo periodicamente. *Descarregar totalmente a bateria antes de recarregá-la para evitar o efeito memória. *Quanto mais alta a freqüência, mas susceptível a interferências por obstáculos naturais. *Em dificuldade de comunicação, posicione o HT voltado para onde está a antena receptora da sua unidade, evitando que seu corpo se interponha entre o rádio e a antena receptora.

escafúra XIV

*Procure um lugar mais alto para transmitir, quanto maior a altura, maior o alcance. *Se seu equipamento tiver controle de potencia, transmita sempre na potência menor, passando para a maior somente quando necessário. No entanto em situações de emergência use a maior potência possível *Procure sempre levar uma bateria reserva para o ht, devidamente carregada. A boa pratica operacional indica 3 baterias para o ht, uma sempre back-up em carga lenta, a em utilização e uma reserva, sempre junto com o operador.

*Sempre que possível instale a antena no centro do teto da viatura, é a melhor opção de todas.(isto é: ponto mais alto da viatura) *Caso inviável use as calhas laterais, procurando a posição de meio da viatura, nunca demasiado à frente ou atrás. *0s piores locais são no pára-choque do carro ou na mala do carro, evite sempre instalar antenas nestes locais, notadamente em UHF ou VHF. *Se em dificuldade de comunicação em momentos críticos, procure colocar a viatura no ponto geográfico mais alto possível. *Sob fiação de alta tensão sua tx/rx será prejudicada.

escafúra XV

(Parte 1 de 2)

Comentários