Slides Sobre Pesquisa Cientifíca

Slides Sobre Pesquisa Cientifíca

Seminário de Metodologia

Tema: O que é Pesquisa ?

O que é Pesquisa?

O que é pesquisa?(Vanessa)

  • Procedimento racional e sistemático;

  • Surge quando não se dispõe de informações suficientes para responder ao problema;

  • Objetivo: proporcionar respostas aos problemas que são propostos;

Por que se faz pesquisa?

  • Razão de ordem intelectual: desejo de conhecer pela própria satisfação de conhecer.

  • Razão de ordem prática: desejo de conhecer no intuito de fazer algo de maneira mais eficiente e/ou eficaz.

Pesquisa Pura X Pesquisa Aplicada

  • Uma pesquisa sobre problemas práticos pode conduzir a descobertas de princípios científicos;

  • da mesma maneira, uma pesquisa pura pode fornecer conhecimentos passíveis de aplicação imediata.

O que é necessário para se fazer uma pesquisa?

  • Qualidades pessoais do pesquisador

  • Conhecimento do assunto

  • Curiosidade

  • Criatividade

  • Integridade intelectual

  • Atitude autocorretiva

  • Sensibilidade social

  • Imaginação disciplinada

  • Perseverança

  • Paciência

  • Confiança na experiência

Recursos humanos, materiais e financeiros

  • Noção do tempo a ser utilizado na pesquisa;

  • Prover-se dos equipamentos e materiais necessários ao desenvolvimento da pesquisa;

  • Gastos decorrentes da remuneração dos serviços prestados por outras pessoas (elaborar um orçamento adequado);

Por que elaborar um projeto de pesquisa?(Jussiara)

  • Como toda atividade racional e sistemática, a pesquisa exige que as ações desenvolvidas ao longo de ser processo sejam efetivamente planejadas.

Quais os elementos de um projeto de pesquisa?

  • Escolha do tema (assunto);

  • Delimitação do tema

  • Inventário minucioso do que foi escrito e pesquisado sobre o tema;

  • Formulação do problema

  • Construção de hipóteses Elaboração dos objetivos;

  • Tipo de pesquisa;

  • Escolha dos instrumentos;

  • Seleção da amostra;

  • Metodologia (análise dos dados);

  • Cronograma;

  • Recursos humanos, materiais e financeiros;

Como esquematizar uma pesquisa?

O que é um problema ?(Niária)

  • Introdução

Vamos a partir de agora, procurar entender o que é e como se formula um problema.

Já no dicionário Aurélio, indica os seguintes significados de problema:

  • Questão matemática proposta pra que se lhe dê solução;

  • Questão não resolvida e que é objeto de discussão, em qualquer domínio do conhecimento;

  • Questão duvidosa que pode ter diversas soluções.

Geralmente, um problema surge a partir da necessidade de:

  • Testar ou por á prova uma teoria;

  • Verificar uma lacuna em uma teoria;

  • Investigar uma solução do cotidiano;

  • Afirmação que é aceita pelo conhecimento.

Como formular o problema:

  • O problema de pesquisa pode ser determinado por motivos de ordem pratica ou de ordem individual. Sendo os de ordem pratica diversas, tais como formular um problema cuja resposta seja importante para obter determinada ação, avaliação de ações de programas; referente às conseqüências de varias alternativas possíveis; previsão de acontecimentos objetivando planejar determinada ação.

Como formular um problema?

  • Assim na formulação de um problema, um policial diria “Quem saqueou o supermercado?”um cientista provavelmente diria. “O saque de supermercados pode estar associado aos níveis de desemprego?”o primeiro questionamento é de difícil solução e não apresenta relação entre fenômenos variáveis, já o segundo é um problema cientifico apresentado à relação entre fenômenos (variáveis), ou seja, relacionar o saque de supermercado em relação ao nível do desemprego.

Como formular um problema?(Aparecida)

  • Complexidade da questão:  Para alguns, formular um problema cientifico implica o exercício de certa capacidade que não é muito comum nos seres humanos. Todavia, não há como deixar de reconhecer que o treinamento desempenha papel fundamental nesse processo.  Existem algumas condições que facilitam a formulação de problemas, tais como: imersão sistemática no objeto, estudo de literatura existente e discussão como pessoas com experiência prática no campo do estudo.

O problema deve ser formulado como pergunta:

  • Esta é a maneira fácil e direta de formular um problema. O problema do divorcio, pouco esta dizendo. Mas se propuser “Que fatores provocam o divórcio?” ou “Quais as características da pessoa que se divorcia?”. Estará efetivamente propondo problemas de pesquisa.

O problema deve ser claro e preciso.

  • Um problema não pode ser solucionado se não for apresentado de maneira clara e precisa Problemas formulados de maneira vaga que não é possível imaginar nem mesmo como começar a resolvê-los.

  • Perguntas como: “O que acontece no sol?”, “Como funciona a mente” etc. Estes problemas não podem ser propostos para pesquisa, porque não está claro o que se refere.

O que são hipóteses ?(Elandelson)

  • Hipóteses são suposições colocadas como respostas plausíveis e provisórias para o problema de pesquisa.

  • As hipóteses são provisórias porque poderão ser confirmadas ou desmentida com o desenvolvimento da pesquisa.

Como podem ser classificadas as hipóteses?

  • Algumas hipóteses são casuísticas;

  • Algumas referem-se à freqüência de acontecimentos;

  • Algumas hipóteses estabelecem relação de associação entre variáveis;

  • Algumas hipóteses estabelecem relação de dependência entre duas ou mais variáveis;

As casuísticas

  • Há hipóteses que se referem a algo que ocorre em determinado caso; afirmam que um objeto, uma pessoa ou um fato especifico tem determinada característica e são muito freqüentes na pesquisa histórica, onde os fatos são tidos como único.

Freud, formulou uma hipótese de que Moisés era egípcio e não judeu.

As freqüência de acontecimentos.

  • Hipóteses deste tipo são muito freqüente na pesquisa social.De modo geral, antecipam que determinada característica ocorre com maior ou menor freqüência em determinado grupo.

  • Hipótese de que a crença em horóscopo é muito difundida entre habitantes de determinadas cidades.

Associação entre variáveis.

  • O conceito de variável refere-se a tudo que pode assumir diferentes valores ou diferentes aspectos, segundo os casos particulares ou as circunstâncias.

  • Embora este conceito não possa assumir valores numéricos, pode abranger categorias diversas, como: alta, média e baixa.

Muitas hipóteses elaboradas por pesquisadores sócias estabelecem a existência de associação entre variáveis

  • Exemplos: Alunos do curso de administração são mais conservadores do que os de Ciências Sociais. Variáveis: Cursos e Conservadorismo

Algumas hipóteses estabelecem relação de dependência entre duas ou mais variáveis.

  • As hipóteses deste grupo estabelecem que uma variável interfere na outra.

  • É usual dizer que as hipóteses deste grupo estabelecem a existência de relações causais entre as variáveis.

  • Como porém, o conceito de casualidade é bastante complexo.

Associação entre um estimula e uma resposta.(Elani)

  • Exemplo:

“adolescentes, filhos de pais viúvos ou divorciados , passam a ter auto-estima em menor grau quando seus pais se casam novamente”.

Estimulo: Resposta:

Novo casamento(x) (y) rebaixamento de auto-estima

Associação entre uma propriedade e uma disposição.

  • Essas propriedades podem ser constituídas por sexo, idade, naturalidade, cor da pele, religião etc. ex “católicos tendem a ser menos favoráveis ao divorcio que os protestantes”.

Propriedades: Disposição:

Religião(x) (y)favorabilidade ao divorcio

Associação entre pré-requisitos indispensável e um efeito.

  • Ex: “o capitalismo só se desenvolve quando existem trabalhadores livres”.

Pré-requisito: efeito:

Existência de trabalhadores livres (y)capitalismo

Neste caso, a existência de trabalhadores livres é pré-requisito indispensável para o desenvolvimento do capitalismo, mais não suficiente para que isto ocorra.

Relação imanente entre duas variáveis.

  • Ex: “observa-se a existência de relação entre urbanização e secularização”

urbanização (x) (y)secularização

Relação entre meios e fins. Ex: “ O aproveitamento dos alunos esta relacionado ao tempo dedicado no estudo”.

Tempo dedicado Aproveitamento

ao estudos (x) (y) dos alunos

Relações deste tipo são tratadas criticamente por muitos autores por apresentarem caráter finalista, o que dificulta a verificação empírica.

COMO FORMULAR HIPÓTESES.(JOCÉLIA)

  • O processo de formulação de hipóteses é de natureza criativa e requer experiência na área.

Na formulação de hipóteses podem-se usar as seguintes fontes:

  • Observação;

  • Resultados de outras pesquisas;

  • Teorias;

  • Intuição;

OBSERVAÇÃO

RESULTADO DE OUTRAS PESQUISAS

RESULTADO DE OUTRAS PESQUISAS

TEORIA

INTUIÇÃO

INTUIÇÃO

Características da hipótese aplicável:

  • Deve ser conceitualmente clara;

  • Deve ser específica;

  • Deve ser parcimoniosa ;

  • Deve estar relacionadas com as técnicas

Disponíveis;

  • Deve esta relacionado com uma teoria;

A hipótese são necessária a todas as pesquisas?

  • Rigorosamente, todo procedimento de coleta de dados depende da formulação prévia de uma hipótese.

Comentários