Thomas Marky - Curso de Institui??es de Direito Romano

Thomas Marky - Curso de Institui??es de Direito Romano

(Parte 1 de 88)

CURSO DE INSTITUIÇÕES DE DIREITO ROMANO

Thomas Marky

***

DUAS PALAVRAS

Distinto especialista em Direito Romano, tendo convivido na

Itália com sumidades como Riccobono, Arangio-Ruiz e De Francis-

ci, para mencionarmos alguns dentre OS luminares que conheceu,

vem o Professor THOMAS Marky lecionando, com invejável êxito, a

tão árdua e proveitosa ciência de Papiniano, tanto na Faculdade

Paulista de Direito como em nossa Faculdade de Direito do Largo

de São Francisco.

Além do saber notório, possui o Professor Marky inegáveis quali-

dades didáticas, tendo conseguido formar um grupo de jovens discí-

pulos voltados, como ele e graças ao seu exemplo, para os estudos

romanístiCoS em suas relações com o direito atual.

Oferece, agora, o eminente professor à juventude estudiosa brasi-

leira o fruto de seu tirocínio, iniciando-a na justi atque injuSti scientia.

Trata-se de curso de instituições de Direito Romano, destinado

aos principiantes, sem dúvida, mas revelando em suas linhas sóbrias

e claras os sinais nítidos do trabalho orientado por inteligente intuito

pedagógico.

Só um professor, com efeito, experiente e animado pelo vivo

amor ao ensino, ao cabo de vários anos de trabalho e de observa-

ção paciente da psicologia estudantil, consegue elaborar manual digno

do nome, servindo o objetivo de iniciar as inteligências nos elementos

duma ciência. dando-lhes o essencial e eliminando o supérfluo.

"Nada em excesso" já diziam os Sete Sábios. Como tudo, tam-

bém a ciência se adquire por graus. E saber proporcioná-la ao nível

do discente é a marca distintiva do verdadeiro professor.

Por essa razão, temos o prazer de recomendar o curso do Pro-

fessor Marky à cupida legum juventus, certos, por outro lado, de ver

corroborado pelos doutos nosso julgamento a respeito de seus méritos

didáticos.

São Paulo, 15 de março de 1971.

ALEXANDRE A. CORRÊA

Professor catedrático da Faculdade

de Direito da Universidade de

SÃo Paulo.

PREFÁCIO À PRIMEIRA EDIÇÃO

Aqui está o fruto de experiências de dois decênios de magistério.

Ao entregá-lo aos acadêmicos de direito, não posso deixar de

expressar a minha profunda gratidão aos amigos Antonio Mercado

Júnior e José Fraga Teixeira de Carvalho, que, com tanta generosi-

dade e competência, me ajudaram a imprimir-lhe não só forma verna-

cular aceitável, como, também, a dar-lhe conteúdo condizente com os

propósitos que nos guiaram.

São Paulo, nos idos de março de 1971.

THOMAS MARKY

ÍNDICE SISTEMÁTICO

Duas palavras

Preládo à primeira edição

INTRODUÇÃO

Utilidade do estudo do direito romano

Introdução histórica

Parte I

PARTE GERAL

CAPITULO 1

Direito objetivo. Conceito de direito e suas classificações

CAPITULO 2

Fontes do direito

Costume

Outras fontes do direito

- Leis e plebiscitos

- Senatus-consultos

- Constituições imperiais

- Editos dos magistrados

- Jurisprudencia

Evolução histórica das fontes do direito

CAPITULO 3

Norma jurídica

(Parte 1 de 88)

Comentários