Questões de revisão POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA 2

Questões de revisão POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA 2

Questões de revisão

El NIÑO E LA NIÑA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA

Prof. Evandro C. Oliveira Componente curricular: Geografia

Sobre o fenômeno El Niño é correto afirmar:

a) É um fenômeno atmosférico-oceânico caracterizado por um resfriamento anormal das águas superficiais na porção Oriental do Oceano Pacífico, nas proximidades da Indonésia. O fenômeno é local, porém causa as chuvas de monções com graves conseqüências. b) Em termos sazonais, o fenômeno ocorre com mais freqüência no período do carnaval, em fevereiro, o que explica o seu nome que significa, em espanhol, “o menino”, uma alusão a um garoto travesso. c) O fenômeno, por ter uma ocorrência bem delimitada, causa uma alteração regional que assume dimensões locais, entretanto, o desarranjo climático é grave, ocasionando chuvas fortes com queda de temperatura. d) O fenômeno é climático e decorre da forte influência das condições dos ventos frios. O Anti-El Niño (também chamado La Niña), ao contrário do El Niño, é representado pelo aquecimento anormal das águas do Pacífico e também desempenha consideráveis impactos nas atividades humanas. e) O fenômeno se faz notar com maior evidência nas costas peruanas, pois as águas frias provenientes do fundo oceânico (ressurgência) e da Corrente Marinha de Humboldt são ali interceptadas por águas quentes provenientes do norte e oeste.

(UFSCAR) El niño e la niña são dois fenômenos ligados ao aquecimento e resfriamento das águas do oceano Pacífico na sua parte tropical. A respeito deles, é correto afirmar que: a) el niño liga-se ao resfriamento das águas oceânicas, ao passo que la niña diz respeito ao aquecimento dessas águas; a cada três anos, primeiro ocorre el niño e em seguida sempre ocorrerá la niña. b) o fenômeno la niña, de aquecimento das águas oceânicas, apesar de descoberto depois do el niño, sempre ocorre antes deste. c) el niño liga-se ao aquecimento das águas oceânicas e La niña diz respeito ao esfriamento dessas águas; a cada três anos, primeiro ocorre el niño e em seguida pode ou não ocorrer la niña. d) ambos os fenômenos dizem respeito ao aquecimento e posterior resfriamento das águas oceânicas; a diferença é que el niño ocorre nas proximidades do Peru e la niña na parte do oceano Pacífico que banha a América Central. e) el niño é o aquecimento das águas oceânicas nas proximidades da Oceania, enquando que la niña é o resfriamento das águas oceânicas nas proximidades do Peru.

(UFT) El Niño é um fenômeno oceânico caracterizado pelo aquecimento incomum das águas superficiais nas porções central e leste do oceano pacífico, nas proximidades da América do Sul, mais particularmente na costa do Peru. A corrente de águas quentes que ali circula, em geral, na direção sul no início do verão, somente recebe o nome de El Niño quando a anomalia térmica atinge proporções elevadas (1ºC) ou muito elevadas (de 4 a 6ºC) acima da média térmica, que é de 23ºC. Este fenômeno se faz notar com maior evidência nas costas peruanas, pois as águas provenientes do fundo oceânico (fenômeno conhecido como ressurgência) e da corrente marinha de Humboldt são interceptadas por águas quentes oriundas do norte e oeste. Essa alteração regional assume dimensões continentais e planetárias à medida que provoca desarranjos de toda a ordem em vários climas da Terra. (Mendonça e Danni-Oliveira, 2007).

Ainda sobre a influência do fenômeno El Niño na dinâmica climática mundial pode-se afirmar que: I. Afetando a dinâmica climática em escala global, a ocorrência do fenômeno gera bruscas alterações climáticas no mundo. I. Influenciando a dinâmica climática em escala global, o fenômeno gera impactos generalizados sobre as atividades humanas causados por inúmeras catástrofes ligadas a severas secas, inundações e ciclones. I. Mesmo com maior influência nas costas peruanas, o fenômeno não interfere na dinâmica climática local e regional. IV. Além de atuar na costa pacífica da América do Sul, o El Niño provoca graves perturbações climáticas (secas anormais ou, ao contrário, ciclones e chuvas com totais pluviométricos extremamente elevados em relação às normais locais e regionais) em regiões isentas de tais eventos. V. Apesar de atuar na costa pacífica da América do Sul este fenômeno não traz mudanças climáticas significativas para a região. Com base no texto, as assertativas verdadeiras são:

a) I, I, II e IV b) I, I, IV e V c) I, II, e IV d) I, I, e IV e) I, IV e V

(PUC-PR) Monumentos históricos e outras construções são atingidos pela _, fenômeno que ocorre especialmente nas grandes cidades, nas quais existe grande concentração de indústrias e veículos automotores ou ainda onde se localizam usinas termoelétricas. A lacuna acima é CORRETAMENTE preenchida com: a) Inversão térmica. b) Aurora boreal. c) Chuva ácida. d) Cinzas vulcânicas. e) Enchentes de outono.

(UFRN) No dia 19 de junho de 2010, a cidade do Rio de Janeiro amanheceu sob a influência de um forte nevoeiro, que dificultava a visibilidade, interferindo no ritmo das atividades urbanas. O ar quente permaneceu acima da camada de ar frio, que ficou retida nas proximidades da superfície, favorecendo a concentração de poluentes. O que foi vivenciado nesta cidade é um fenômeno climático que pode ocorrer em qualquer época do ano, sendo mais comum no inverno. Nessa época, as chuvas são mais raras, dificultando, ainda mais, a dispersão dos poluentes, o que causa um problema ambiental. O fenômeno climático descrito no texto é conhecido como, a) efeito estufa. b) ilhas de calor. c) inversão térmica. d) chuva ácida.

(UEPB) Estabeleça a correlação entre as características dos conceitos estabelecidos na coluna I. (1) Ilha de calor (2) Inversão térmica (3) Chuva ácida (4) Zona de convergência intertropical ( ) É um fenômeno meteorológico que provoca grandes danos à saúde da população urbana, em decorrência dos poluentes que ficam retidos nas camadas baixas da atmosfera. ( ) É um dos mais importantes sistemas meteorológicos que atuam nos trópicos. Ela é parte integrante da circulação geral da atmosfera. ( ) Corresponde ao aumento da produção de calor na área urbana. É resultante da vegetação escassa, do excesso de concreto e asfalto. ( ) Produzida por gotas de água carregadas de ácidos, resultantes dos resíduos poluentes depositados na atmosfera pelas indústrias, automóveis etc. Esses resídios entram em reação química com água formando o ácido sulfúrico, os quais se precipitam em forma de chuva. A alternativa que apresenta a sequência correta é: a) 2 4 1 3 b) 4 2 1 3 c) 1 3 2 4 d) 4 1 2 3 e) 3 1 2 4

(GVSP) A Lei do Clima, uma lei ambiental municipal de São Paulo recentemente aprovada, previa, entre outras ações, que, a cada ano, 10% da frota de ônibus passasse a utilizar biocombustíveis (etanol ou biodiesel) em substituição aos movidos a combustíveis fósseis. No entanto, os novos ônibus adquiridos pela Prefeitura, desde então, continuam sendo movidos a diesel, (Folha de S. Paulo, 16/06/2010, p.C1), o que afeta o meio ambiente e a sociedade de diferentes formas. Assinale a alternativa que não descreve uma consequência da queima de combustíveis fósseis. a) Chuva ácida b) Efeito estufa c) Poluição atmosférica d) Doenças respiratórias e) Inversão térmica

(UFPA) O clima das cidades tem recebido atenção nos fóruns de discussão sobre meio ambiente. Quanto ao clima urbano, que apresenta característica peculiar decorrente das atividades da sociedade moderna, é correto afirmar: I. A inversão térmica é um fenômeno que ocorre quando a camada de ar mais fria se situa sob o ar mais quente, ou seja, é mais próxima do solo. Nas grandes cidades, essa situação favorece a concentração de poluentes porque o ar frio funciona como um tampão que impede a dissipação da poluição atmosférica. I. O fenômeno da ilha de calor, que é muito comum em cidades com elevado grau de urbanização e substituição de áreas verdes pelas construções, promove elevação da temperatura. I. A concentração de poluentes nas grandes cidades adensa a massa de micropartículas em suspensão e esta estimula o processo de condensação, proporcionando um ressecamento da atmosfera. Dessa maneira, as precipitações nas áreas urbanas costumam registrar índices menores que os do seu entorno. Está(ão) correta(s) a(s) seguinte(s) afirmativa(s) a) I, I e II b) I e I c) I e I d) I e II e) apenas I

(IFPA) A respeito dos principais fenômenos climáticos recorrentes nas cidades, é correto afirmar:

a) Friagem é o fenômeno natural mais frequente nos meses de verão, em períodos de penetração de massas de ar frio, acontecendo em escala local por apenas algumas horas. b) Efeito Estufa é um fenômeno natural e fundamental para a vida, que consiste na retenção de calor irradiado pela superfície terrestre, contribuindo para o equilíbrio térmico do planeta. c) Inversão Térmica é um fenômeno climático ocasionado por elevadas temperaturas, principalmente nas áreas centrais das cidades, onde existem poucas áreas verdes. d) El niño é o fenômeno climático resultante de alteração antropogênica, tais como verticalização, redução de áreas verdes, impermeabilização do solo, ocasionando a elevação da temperatura. e) La niña é o fenômeno natural mais frequente nos meses de verão, em períodos de penetração de massas de ar quente, acontecendo em escala local por apenas algumas semanas.

(UEMG) AQUECIMENTO GLOBAL É o fenômeno responsável pelo aumento na temperatura da atmosfera terrestre e dos oceanos, nas últimas décadas. Os poluentes do ar se acumulam na atmosfera, formando uma capa cada vez mais grossa, que ‘segura’ o calor do sol, causando o aquecimento do planeta. Assinale a alternativa que NÃO APRESENTA uma conseqüência do aquecimento global: a) Derretimento das geleiras, nos extremos da Terra. b) Desflorestamento e queimadas das áreas de matas. c) Secas severas, que causam maior escassez de água. d) Aumento do nível do mar, causando inundações costeiras.

(UNIVALE) “Nos espaços altamente urbanizados, é significativa a diferença de temperatura entre a região central, mais quente, e a periferia, com menor temperatura. Em alguns casos, a diferença pode chegar a 9ºC. Isso ocorre porque nas áreas centrais os automóveis e indústrias lançam poluentes, que provocam o aumento da temperatura. O concreto e o asfalto absorvem rapidamente o calor, cuja dispersão é dificultada pela poluição”. Fonte: w.brasilescola.com Qual dos impactos abaixo representados está diretamente associado aos grandes centros urbanos conforme citado no texto acima? Assinale-o: a) Aquecimento Global. b) Ilhas de Calor. c) Efeito Estufa. d) Anticiclones Tropicais. e) Destruição da Camada de Ozônio.

(PUCPR) O espaço urbano é resultado de intensiva interferência social no meio. Modifica-se o solo, as formas do relevo, o padrão de drenagem e a qualidade das águas fluviais e, ainda, há mudanças significativas no clima. Nas metrópoles e pólos industriais essas mudanças no clima são ainda mais perceptíveis. Relacione as colunas abaixo, associando os fenômenos climáticos urbanos com as suas devidas explicações: (1) Chuva ácida. (2) Ilha de calor. (3) Inversão térmica. (4) Smog fotoquímico. ( ) Comum no inverno, quando uma camada de ar frio se situa muito embaixo na atmosfera, bem próximo à superfície, retendo e concentrando os poluentes sobre a área urbana, agravando a poluição atmosférica. ( ) Redoma climática sobre a cidade, fazendo que as temperaturas nas áreas centrais e de maior circulação de veículos, além das áreas industriais, sejam maiores do que nas áreas mais arborizadas e de menor concentração demográfica. ( ) Paira como um nevoeiro constante sobre as cidades, especialmente quando estas estão cercadas por áreas de relevo mais elevadas, como Los Angeles, Santiago e São Paulo, causando irritação na vista e intensificando os problemas respiratórios de suas populações. ( ) Ocorre com mais freqüência em áreas de extração e industrialização de carvão e outros combustíveis fósseis, cujo processo libera enxofre para a atmosfera, concentrando-a com compostos sulfurosos, modificando a qualidade da precipitação pluvial. ( ) Esse fenômeno se dá de forma mais intensa porque a cidade, sobretudo a sua área central, é uma verdadeira fonte de calor, devido ao grande consumo de combustíveis fósseis em aquecedores, automóveis e indústrias, de modo que as isotermas apresentam valores maiores na medida em que se aproximam das áreas mais centrais. A relação correta é: a) 3-2-4-1-2. b) 2-4-3-1-3. c) 2-3-4-3-1. d) 1-2-3-3-4. e) 4-3-2-2-1.

(Fgv 2006) Observe a figura.

Considerando a localização das ilhas de calor na cidade de São Paulo, indique a opção que poderia atenuar o problema cartografado. a) Canalizar rios e córregos que cruzam a capital para evitar a evaporação excessiva. b) Impedir a construção de novos edifícios nas áreas mais afetadas pelo problema. c) Estimular construções nos terrenos ainda vazios nas áreas de maior densidade emográfica. d) Expandir a mancha urbana em direção ao sul e sudeste do município. e) Replanejar o uso do solo urbano, com a implantação de áreas verdes.

(Ufv 2002) A paisagem artificial é a paisagem transformada pelo homem. Se no passado havia a paisagem natural, hoje essa modalidade de paisagem praticamente não existe mais (...). Quanto mais complexa for a vida social, tanto mais nos afastamos de um mundo natural e nos endereçamos a um mundo artificial (...), este parece ser o caminho da evolução. (SANTOS, M. "Metamorfoses do espaço habitado". São Paulo: HUCITEC,1988, p.64-65.) Considere as afirmativas abaixo, relativas às conseqüências dessas transformações, sob o enfoque ambiental: I - O fenômeno das "ilhas de calor" tem como causa a alta capacidade de absorção de calor de muitas superfícies urbanas, como paredes de cimento e ruas asfaltadas. I - Os resíduos sólidos do lixo urbano, encaminhados para lixões ou aterros, se reincorporam rapidamente à terra, porque são biodegradáveis. I - A impermeabilização do solo aumenta o volume e a velocidade de escoamento das águas superficiais, ocasionando maior caudal dos rios por ocasião das precipitações, podendo causar inundações. IV - Nos ambientes urbanos, a inversão térmica, que ocorre geralmente no verão, ocasiona a retenção de poluentes nas camadas mais altas da atmosfera. V - Os lixões causam problemas de contaminação das águas subterrâneas, pois liberam substâncias poluentes, geradas pela decomposição do lixo. São CORRETAS as seguintes afirmativas: a) I, IV e V. b) I, I e IV. c) I, IV e VI. d) I, IV e V. e) I, I e V.

(Ufpel 2005) A expansão das atividades econômicas que se concentram nas cidades, tem contribuído muito para agravar os problemas ambientais urbanos. Entre os principais, destacam-se as chuvas ácidas, a inversão térmica e as ilhas de calor. Tendo em vista essa situação, observe o gráfico a seguir.

A partir do estudo do gráfico e de seus conhecimentos, analise as afirmativas que seguem. I. A elevação das temperaturas médias nas áreas densamente urbanizadas forma as chamadas "ilhas de calor", ocasionadas principalmente pela ausência de áreas verdes, pela concentração de poluentes e pelas construções de concreto. I. As grandes cidades constituem um ambiente muito favorável à ocorrência de "inversão térmica" - fenômeno tipicamente antrópico, -, devido à grande área desmatada e impermeabilizada pelo imenso volume de cimento, ferro e asfalto. I. O fenômeno mostrado no gráfico refere-se ao "efeito estufa", fenômeno natural que consiste na dispersão de calor irradiado pela superfície terrestre e pelas partículas de gases e de água em suspensão na atmosfera, agravado pelo crescente despejo de gases que têm a capacidade de absorver o calor. IV. O gráfico mostra um fenômeno que ocorre pela substituição da vegetação por grande quantidade de casas, prédios e outras construções urbanas que diminuem significativamente a irradiação do calor para a atmosfera, em comparação com as zonas rurais, onde geralmente é maior a cobertura vegetal. Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s) a) I. b) I e I. c) I. d) I e IV. e) IV.

(Ufpel 2007) Observe as figuras a seguir.

A figura B se refere a um impacto ambiental que pode ser caracterizado pelo seguinte: I. Instala camadas de ar frio sob a camada de ar mais quente, impedindo a circulação natural ascendente do vento. I. Acontece mais freqüentemente nas áreas urbanas do que nas áreas rurais. I. Faz com que os poluentes fiquem mais concentrados e prejudiquem a saúde humana, causando problemas respiratórios entre outros. IV. Ocorre com mais freqüência durante o inverno. A figura B e as características descritas são típicas do impacto ambiental conhecido como a) chuva ácida. b) efeito estufa. c) aquecimento global. d) ilhas de calor. e) inversão térmica.

A questão está relacionada à figura a seguir:

Sobre a figura, é correto afirmar que representa, de forma esquemática, o fenômeno denominado: a) ilha de calor provocada pela concentração de construções; o ar em 3 quente e seco permanece junto à superfície terrestre, enquanto o ar, em 2, permanece mais frio que em 3. b) ilha de calor que se forma pela associação das condições de poluição local do ar com o avanço de ar 2, que é úmido; 1 e 2 permanecem sobre a cidade devido às baixas temperaturas do ar 3. c) inversão térmica em que o ar 3 é frio e permanece próximo à superfície terrestre porque o ar 2, quente, funciona como um tampão, impedindo a ascensão do ar e dos poluentes. d) frente fria provocada pelo deslocamento de ar polar, indicado pelo número 2, que fica comprimido entre o ar 3, carregado de poluentes, e o ar 1 que também é quente, mas livre de poluentes. e) frente quente provocada pelo deslocamento de ar 3, que é continental e, por sua alta temperatura, é mais pesado e fica impedido de ascender devido ao ar 2, que é frio e não se mistura com o ar 1 que é quente.

Demétrio Magnoli & Regina Araújo, Projeto de ensino de Geografia: Geografia Geral. Adaptado

Comentários