Universidade Regional do Cariri-URCA Centro de Ciência e Tecnologia-CCT Departamento da Construção Civil Prof: Janeide Diciplina:Topografia I

Visita técnica ao canteiro de obras da transnordestina.

Thaís Bento da Silva curso:Topografia Salgueiro-PE 18/05/2011

1.Resumo. Para realizar a construção da ferrovia que liga os estados de Pernambuco,Piauí e Ceará, as empresas Transnordestina e Odebrecht uniram-se e aprimoraram a infraestrutura ferroviária para tornar possível o sonho do nordeste brasileiro. Todo material utilizado no canteiro de obras localizado em Salgueiro-PE,é produzido por ele mesmo, como as britas,dormentes,etc. É a obra que tem a maior produção de dormentes do país. Dentro do próprio canteiro foi onde especializaram a mão de obra para o trabalho,visto que não havia qualificação suficiente para suprir as necessidades de obra. A parte topografica da obra em geral é de extrema importância,visto que tudo deve ser milimetricamente calculado pois um minimo erro poderia desencarrilhar o trem.Daí a extrema importância topográfica,cuja segue a obra até a infraestrutura.

a fim de suportar até 30 mil toneladas por ano. Será uma Ferrovia de classe mundial

2.Introdução. O projeto em realização pelas empresas Transnordestina e Odebrecht em acordo com o Governo Federal,a ferrovia transnordestina,tem cerca de 1.728 km. A mesma ligará os portos de Suape/PE,e Pecém/CE ao município de Eliseu Martins/PI. Há cerca de 100 km de Recife, há uma região muito montanhosa,lá a equipe topográfica agi com bastante precisão assim como em toda a extensão ferroviária. Uma vez que um dos principais objetivos da obra é otimizar os valores do trem,para que o mesmo possa mover-se com maior facilidade e economizar o máximo possível de combustível,além de diminuir ao máximo os cortes e aterros da obra em geral.Assim cada ponto é milimetricamente calculado, para que não haja riscos do trem desencarrilhar dos trilhos por algum erro na construção da ferrovia. Dessa forma a equipe topográfica segui a obra até a sua infroestrutura. Essa construção ferroviária irá dar ênfase a economia brasileira. A obra está sendo criada

3.Considerações iniciais. A construção da ferrovia vem auxiliando muito o mercado de trabalho. Uma vez que a obra busca empregar a mão de obra local, para facilitar todo o processo de deslocamento de cada funcionário. O transporte ferroviário é um dos principais elementos catalisadores do desenvolvimento econômico, social e ambiental integrado e sustentável de uma região. Sob esse enfoque foi projetada a Ferrovia Transnordestina, que vem permitindo uma integração continua e acelerada da estrutura produtiva do Nordeste com as demais regiões do país. Além de propiciar a articulação da hidrovia do São Francisco, principalmente, com os portos de Recife/PE e Suape/PE, consolidando o desenvolvimento sustentável do estado de Pernambuco. A ferrovia contribuirá, também, para a dinamização da atividade econômica nas áreas próximas à malha, aumentando, assim, a geração de empregos e renda e reduzindo as desigualdades sociais. Apenas no canteiro de obras localizado em Salgueiro/PE há em torno de 600 pessoas empregadas. E na obra toda estima-se um total de 120 engenheiros. Para melhor organizar o canteiro, há na fábrica de dormentes duas equipes de trabalhadores. A primeira equipe entra as 07:0 e sai às 17:20, e a segunda entra as17:20 e sai às 02:48, além da equipe de manutenção e limpeza,que fica responsável pela limpeza da central,dos equipamentos,etc. Como a segurança vem em primeiro lugar,cada funcionário trabalha devidamente trajado com equipamentos de proteção,para que seja evitado qualquer tipo de acidente.

4.Experiência. A obra em si é de bastante proveito para a economia brasileira,tendo em vista agora o terminio da ferrovia até o primeiro semestre de 2013. A experiência foi de bastante incentivo para que pudéssemos verificar a importância de projetos construtivos como esse ao qual fomos visitantes. A evolução e desenvolvimento do país está aí.Na construção de novos projetos que nos proporcione uma evolução significativa em direção ao novo mundo. Foi e é de grande importância para o conhecimento, saber como funciona todas as áreas construtivas do setor da Construção Civil.Em grande parte é notório o desenvolvimento dos canteiros de obra.Com a Transnordestina não é diferente,é fato que o canteiro localizado em Salgueiro está mais do que apto para suportar a construção ferroviária a qual foi imposto.

5.A palestra. Para nos recepcionar, a engenheira Julia Fadul organizou uma palestra . Palestra essa que teve por finalidade nos apresentar a construção da Ferrovia Transnosdestina por completo. Como funciona cada área da obra,quais são os pontos que se ligam entre si,a construção de dormentes, habilitação de mão de obra,operações em geral,foram alguns dos temas por ela tratado. A palestra foi de extrema importância pois assim conseguimos ter uma noção mais detalhada da obra antes de ir em campo.

6.Os acontecimentos. Após a palestra dada pela engenheira fomos visitar o canteiro.Primeiramente fomos até o ponto onde já estão concluindo a infroestrutura dos trilhos, que é a parte da topografia do terreno,montagem dos dormentes,etc. Em sequência conhecemos a fábrica de dormentes,conhecendo passo a passo como são produzidos, indo da limpeza das formas,aplicação de desmoldantes,colocação das ombrelas,aplicação dos fios de aço,protenção,concretagem indo até a cura e desmoldes dos dormentes. Para a cura do concreto, expõem-se o mesmo em vapor d’água que chega até 60ºC,e descansa numa mesa vibratória.Após um intervalo de 6 à 8 horas usa-se o condisco de corte para cortar os dormentes com uma média de 24 metros. Ao sairmos da fábrica de dormentes fomos visitar a pedreira, de onde são retirados o granito para a produção da brita.O granito encontrado na região é o não-reativa, que não reagi com nenhum elemento nele utilizado.

7.Os equipamentos.

Conhecemos,pistolas de proteção;condisco de corte,máquina que corta os dormentes depois da cura do concreto;máquinas a vácuo,que é utilizada para desenformar os dormentes,etc.

8.Conclusões. A obra em geral trata da construção da Ferrovia Transnordestina. A mesma liga os estados de Ceará,Pernambuco e Piauí. Depois de pronta a ferrovia dará nova forma ao seu redor. Sua construção trará para o nordeste brasileiro uma nova forma de vivência social,dando um novo rumo a economia local e internacional. Como será capaz de transportar cerca de 30 toneladas por ano,se tornará uma ferrovia de classe mundial. Bem, aos poucos podemos notar a evolução nacional,essencialmente a do nordeste brasileiro,que aos poucos está sendo conquistada. Com projetos assim, torna-se cada vez mais possível a implantação de novas descobertas e tecnologias no setor da Construção Civil.

Mapa que mostra por onde passa a ferrovia Transnordestina. Inicio do canteiro de obras em Salgueiro(PE).

Inicio da construção da infroestrutura da ferrovia. Formas de dormentes.

Formas de dormentes concretadas. Visão externa da fábrica de dormentes.

Pilha de dormentes prontos. Visão da pedreira de onde é retirado o granito para a produção de brita.

Parte da ferrovia já britada

Parte da ferrovia onde há uma divisão para que possa haver passagens para dois trens em mesma direção com sentido contrário.

Pessoas trabalhando na ferrovia. Parte da ferrovia onde tem a divisão dos trilhos. Pessoas trabalhando na ferrovia. Parte da ferrovia onde tem a divisão dos trilhos.

Comentários