Resumo. ligações covalentes

Resumo. ligações covalentes

Ligações Covalentes

Ocorre entre átomos de não metais; Definição:

É o compartilhamento de um par de elétrons entre dois átomos; Seguem a regra do octeto;

Valência: geralmente é o número de ligações que pode se formar;

Pares isolados: são pares de elétrons de valência que não participam diretamente das ligações;

Estrutura de Lewis: representa os átomos por seus símbolos químicos as ligações covalentes por traços e os pares isolados por pares de pontos;

A ordem de resolução e montagem da estrutura de Lewis é: Contar o número total de e- disponíveis, em seguida distribui-se estes entre os átomos, até que ele atingiam o equilíbrio (regra do octeto); Ligações simples: é um par de elétrons emparelhados;

Ligações duplas: é o compartilhamento de dois pares de e-;

Ligações triplas: é o compartilhamento de 3 pares de e-;

Ligações múltiplas: são as ligações duplas e triplas;

Ordem de ligação: é o número de ligações que une um par especifico de átomos;

Átomo central: elemento com menor energia de ionização;

Ressonância:

São estruturas com o mesmo arranjo de átomos e arranjos diferentes de elétron;

Cada ligação apresenta características intermediárias; A fusão de estruturas é chamada de ressonância, e a estrutura resultante desse acontecimento é um híbrido de ressonância;

Elétrons deslocalizados: são os elétrons que podem ocupar posições diferentes em cada substancia de ressonância; Essas estruturas afetam a reatividade e abaixam o máximo da energia;

Carga formal:

Leva em consideração o número de elétrons que um átomo “possui” na molécula;

Carga formal de um átomo é a carga que o átomo teria se a ligação fosse perfeitamente covalente, e cada átomo tivesse exatamente a metade dos elétrons compartilhados usados para formar as ligações;

Uma estrutura de Lewis representa, tipicamente, o arranjo de menos energia, ou seja, arranjos com menor carga formal;

Exceções da regra do octeto:

Radicais: apresentam um elétron desemparelhado; Birradicais: é uma molécula com 2 radicais desemparelhados, usualmente em átomos diferentes;

Expansão da camada de valência: são elementos que apresentam expansão do octeto(mais de 8 e- na camada de valência), são chamados de hipervalentes, e apresentam covalência variável, isto é, capacidade de formar um número diferente de ligações químicas;

Ligação covalente coordenada: ligação na qual ambos os elétrons vem de um dos átomos, porém, este par é compartilhado igualmente pelos dois átomos que participam da ligação;

Ligações iônicas X ligações covalentes:

Comprimento de ligação (ou distância de ligação): Distância internuclear entre os dois átomos que formam a ligação química, na posição de equilíbrio;

Força de ligação: Medida pela energia necessária para quebrar uma ligação química,isto é, separar os átomos que formam a ligação química;

Fatores que influenciam a força de ligação: Ordem de ligação: quanto maior a ordem de ligação, maior será a força de ligação;

Raios atômicos:Qu anto maiores os raios atômicos dos átomos da ligação,mais fraca é a ligação;

Presença de pares isolados:Havendo pares de elétrons isolados em átomos vizinhos, eles se repelem e,como conseqüência,há enfraquecimento da ligação;

Momento de dipolo elétrico:

Os dois átomos em uma ligação covalente polar formam um dipolo elétrico, que é representa do pelo momento de dipolo elétrico( ): É um vetor que aponta para a carga parcial negativa;

Magnitude do vetor é uma medida das cargas parciais;

Momento de dipolo de moléculas diatômicas: o é igual ao momento de dipolo da ligação entre os dois átomos;

Moléculas poliatômicas: momento de dipolo ( ) da molécula resultante da soma vetorial dos momentos de dipolo das ligações da molécula (depende da geometria e da simetria da molécula).

Ligações covalentes polares:ligações em que há cargas parciais nos átomos; forma-se entre átomos com diferentes eletronegatividades

Obs.:tem contribuição do caráter iônico na ligação;

Ligações covalentes apolares:ligações em que não há cargas parciais nos átomos;forma-se entre átomos com a mesma eletronegatividade Obs.:contribuição do caráter iônico é nula

Eletronegatividade ( ): Medida do poder de atração de um átomo sobre o par de elétrons da ligação.

Polarização: Como as cargas positivas dos cátions atraem os elétrons do ânion,ocorre distorção da nuvem eletrônica do ânion na direção do cátion.

Essa distorção seria a formação incipiente de uma ligação covalente;

Ligações em compostos que contenham íons altamente polarizáveis associados a íons polarizantes, acabam possuindo elevado caráter covalente;

Comentários