27084835 - Guia - Rapido - Autodesk - Inventor

27084835 - Guia - Rapido - Autodesk - Inventor

(Parte 2 de 11)

Autodesk Inventor | 9

A imagem seguinte mostra uma peça de um único corpo na parte superior da imagem, e uma peça de multicorpos na parte inferior da imagem. Observe os diferentes ícones de peça em cada imagem.

Arquivos de Montagem (.iam)

No Autodesk Inventor, colocamos os componentes que agem como uma única unidade funcional em um documento da montagem. As restrições de montagem definem a posição relativa que estes componentes ocupam em relação um ao outro. Um exemplo é o eixo de um eixo que se alinha com um furo em um componente diferente.

Quando criamos ou abrimos um arquivo de montagem, estamos no ambiente de montagem. As ferramentas de montagem manipulam as submontagens e as montagens inteiras. Podemos agrupar as peças que funcionam em conjunto como uma única unidade e em seguida inserimos a submontagem em outra montagem.

Podemos inserir peças em uma montagem ou utilizar um sketch e ferramentas de peça para criar peças no contexto de uma montagem. Durante estas operações, todos os outros componentes na montagem ficam visíveis. Para completar um modelo, podemos criar as features de montagem que afetam vários componentes, como por exemplo, furos que atravessam várias peças. As features de montagem freqüentemente descrevem processos específicos de fabricação como posusinagem.

O browser Assembly - montagem - é uma maneira conveniente de ativar os componentes que desejamos editar. Utilizamos o browser para editar os sketches, as features, e as restrições, ativar e desativar a visibilidade de componente, e fazer outras tarefas. Na seguinte imagem de uma montagem, dois dos componentes exibem um ícone indicando são peças de um conjunto de contato.

Autodesk Inventor | 10

Os componentes que pertencem a um conjunto de contato comportam-se como se comportariam no mundo físico.

Arquivos de Apresentação (.ipn)

Os arquivos de apresentação são um tipo de arquivo de várias utilidades. Use um arquivo de apresentação para:

Criar uma vista explodida de uma montagem para usar em um arquivo de desenho.

Criar uma animação que mostra a ordem de montagem passo a passo. A animação pode conter mudanças de vista e o estado de visibilidade dos componentes em cada passo no processo de montagem. Podemos salvar a animação em um formato de arquivo .wmv ou .avi.

Arquivos de Desenho (.idw, .dwg)

Depois de criar um modelo, você pode criar um desenho para documentar seu projeto. Em um desenho, você coloca as vistas de um modelo em uma ou mais folhas de desenho. Em seguida você adiciona as cotas e outras anotações de desenho para documentar o modelo.

Autodesk Inventor | 1

Um desenho que documenta uma montagem pode conter uma lista automatizada de peças e balões indicadores de item além das vistas necessárias.

Os templates para usar como o ponto de partida para os nossos desenhos tem a extensão de arquivo de desenho padrão (.idw,. dwg).

O Autodesk Inventor mantém links entre os componentes e desenhos. Por isso podemos criar um desenho a qualquer momento, durante a criação de um componente. Por definição padrão, o desenho se atualiza automaticamente quando editamos o componente. No entanto, é uma boa idéia esperar até que um desenho do componente esteja quase completo antes de criar um desenho. Edite os detalhes do desenho (adicione ou exclua as cotas e as vistas, ou mude os locais das anotações e dos balões) para refletir as revisões.

Mais informações Local

Tópico do Help

Search: “Autodesk Inventor file types” “Set file names”

Autodesk Vault

Implementation Guide Manual in PDF format.

Comportamento Associativo das Peças

Diferentemente dos panos de trabalho da origem, eixos de trabalho, ponto de centro, e pontos de trabalho fixos - grounded, todas as features de trabalho são associadas às features ou a geometria utilizada para criá-las. Se você modificar ou excluir a geometria de localização, a feature de trabalho muda conseqüentemente. Contrariamente, as modificações feitas à feature de trabalho afetam qualquer feature ou geometria que é dependente de uma feature de trabalho para sua definição.

Um relacionamento de pai-filho é um termo freqüentemente usado para descrever o relacionamento entre as features. Uma feature filho não pode existir sem a feature pai. Se você excluir uma feature pai, pode escolher a opção de reter o sketch que é originário de uma feature filho. Se criarmos a geometria em um plano de origem ou em um plano de trabalho criado de um plano de origem podemos em muitos casos evitar a criação de relacionamentos pai-filho.

Autodesk Inventor | 12

Uma peça derivada pode manter links associativos com o componente de origem para que ele possa ser atualizado. Também temos a opção de escolher o rompimento do link entre a peça derivada e a peça de origem ou montagem para desabilitar as atualizações.

Para obter mais informações sobre peças derivadas e features de trabalho, veja Peças na página 9 e Features na página 18.

Comportamento Associativo das Montagens

Uma montagem mantém os links ativos com os componentes de origem. Toda vez que você abre uma montagem, o Inventor detecta a última versão dos componentes contidos na montagem.

Quando você abre um arquivo de montagem em que ou mais componentes foram modificados, uma mensagem se exibe perguntando se você quer atualizar a montagem. Responda sim para atualizar a montagem ao último estado salvo dos componentes. Responda não para desconsiderar quaisquer modificações feitas aos componentes referenciados.

Comportamento Associativo dos Desenhos

Os desenhos mantêm associatividade aos componentes contidos nas vistas do arquivo. Se você modificar um componente, a vista do componente automaticamente se atualiza na próxima vez o arquivo de desenho for aberto.

Podemos escolher a opção para desabilitar as atualizações automáticas habilitando Defer

Updates na guia Drawing de Document Settings. Se o desenho contiver uma lista de peças e balões de item, os números do balão são associativos aos números de item na lista de peças. A lista de peças é também associativa à Conta de Materiais - Bill of Materials - na montagem de origem. Se os itens forem excluídos da montagem, eles não mais estão contidos na lista de peças do desenho. A lista de peças é associativa aos iProperties dos componentes sendo detalhado para dados de inserção como número da peça e descrição.

Mais informações Local

Tópico do Help

Search: “3D modeling concepts” “2D to 3D bidirectional associativity” “Assembly components in patterns” “Design view representations in drawings”

Autodesk Inventor | 13

Crie Protótipos Digitais

De maneira tradicional, desenhistas e engenheiros criam um layout, projeta as peças, e em seguida junta tudo em uma montagem. Uma vez que o projeto estiver criado, o próximo passo no processo tradicional é construir e testar um protótipo físico.

OBSERVAÇÃO: Este capítulo descreve como criar protótipos digitais no Inventor LT

Com o Autodesk Inventor® , podemos criar uma montagem em qualquer ponto no processo de elaboração do projeto. É possível explorar virtualmente, testar, e validar um protótipo digital à medida que o projeto se desenvolve. Podemos visualizar e simular o desempenho do mundo real do projeto, por isso há menos confiança em protótipos físicos de alto custo.

O componente básico de um protótipo digital é o arquivo de peça. Um modelo de peça é uma coleção de features ou de corpos sólidos que definem seu protótipo digital. A modelagem paramétrica oferece a possibilidade de aplicar cotas controladas e relacionamentos geométricos ao modelo. Estas cotas e relacionamentos são chamados de parâmetros. Os parâmetros controlam o tamanho e a forma de um modelo. Quando modificamos um parâmetro, o modelo se atualiza para refletir as mudanças. Utilizando os parâmetros, podemos controlar várias peças em uma montagem.

Peças

Um arquivo com uma extensão .ipt representa um arquivo de peça. Uma peça é representada no disco com só um tipo de arquivo. No entanto, há muitos tipos diferentes de arquivos de peças. Podem ser simples a complexo.

Alguns tipos comuns de peças são explicados na seção seguinte. O fluxo de trabalho que utilizamos para criar a peça é o que determina o tipo de peça.

Peças de um Único Corpo

(Parte 2 de 11)

Comentários