Classificação Floral

Classificação Floral

(Parte 2 de 3)

b) Heterodínamos: Estames diferentes.

- Tetradínamos: 6 estames: 2 menores e 4 maiores.

- Didínamos: 4 estames: 2 menores e 2 maiores.

4. Quanto ao número de estames em relação às pétalas:

a) Isostêmone: Número de estames = número de pétalas.

b) Oligostêmone: Número de estames < número de pétalas.

c) Polistêmone: Número de estames > número de pétalas.

d) Diplostêmone: Número de estames = 2X o número de pétalas.

5. Quanto à presença de epipetalia (estame parcialmente fundido á pétala): presente ou ausente.

6. Quanto à posição dos estames em relação à corola (para as corolas tubulosas):

a) Inclusos: dentro

b) Exertos: fora

7. Quanto à inserção do filete na antera:

a) Apicefixa: Preso no ápice.

b) Dorsifixa ou Medifixa: Preso no meio.

c) Basifixa: Preso na base.

8. Quanto à deiscência (abertura) das anteras:

b) Longitudinal ou Rimosa: Fenda longitudinal.

c) Transversal: Fenda transversal.

d) Valvar: Tampa.

a) Poricida: Poros.

9. Posição da antera de acordo com a deiscência:

a) Introrsa: Face da deiscência para dentro.

b) Extrorsa: Face da deiscência para fora.

10. Quanto ao número de tecas:

a) Monoteca:

b) Biteca ou Diteca:

c) Tetrateca:

11. Quanto à presença de estaminódios (estame que perdeu a função de reprodução): presente ou ausente

FLOR - GINECEU

ESTIGMA:

1. Quanto à forma: variável

- Capitado: Semelhante à cabeça.

- Clavado: Em forma de clava.

- Cristado: Com terminação ondulada ou em penacho, tufos.

- Decurrente: alongado, prolongando-se para baixo.

- Difuso: Espalhado sobre uma ampla superfície.

- Discóide: Semelhante a disco.

- Fimbriado: Franjado.

- Linear: Em fileiras ou linhas, superfície estigmática linear.

- Lobado: Dividido em lobos.

- Plumoso: semelhante à pluma.

- Tentacular: Cilíndrico ou alongado.

2. Quanto à ramificação:

a) Ramificado (quantidade de ramificações):

b) Não ramificado:

ESTILETE:

1. Quanto à forma: variável

2. Quanto à ramificação:

a) Ramificado (quantidade de ramificações):

b) Não ramificado:

3. Quanto á inserção do estilete no ovário:

a) Ginobásico: Na base do ovário.

b) Lateral: No meio do ovário.

c) Terminal ou Apical: No ápice do ovário.

OVÁRIO:

1. Quanto à posição do ovário:

a) Súpero - Flor Hipógina: Sem hipanto. O ovário está abaixo do gineceu.

c) Ínfero - Flor Epígina: Com hipanto. O ovário está abaixo do cálice, corola e androceu e é totalmente fundido com o hipanto.

c) Semiínfero - Flor Perígina: Com hipanto. O ovário está abaixo do cálice, corola e androceu e não é totalmente unido ao hipanto.

2. Quanto ao número de lóculos (corte transversal do ovário, olhar os septos):

a) Unilocular:

b) Bilocular:

c) Trilocular:

d) Tetralocular:

e) Pentalocular:

f) Plurilocular:

3. Quanto ao número de carpelos (o número de carpelos é dado pelo número de ramificações do estilete do estigma e/ou pelo número de lóculos e/ ou pelo número de placentações):

(Parte 2 de 3)

Comentários