A Geoeconomia Brasileira- apresentação

A Geoeconomia Brasileira- apresentação

A Geoeconomia Brasileira

  • Universidade Federal de Minas Gerais

  • Instituto de Geociências - IGC

  • Geografia Bacharelado – Graduação – EAD

  • Geografia do Brasil – Profª. Marly Nogueira

  • Alunas: Márcia Fradico e Tatiana Lourenço

Artigos :

  • Regiões geoeconômicas: Divisão do Brasil por critérios econômicos

  • Secas X Enchentes. Quem causa maior dano a geoeconomia do RN

  • Geoeconomia Agrícola

  • Agronegócio Brasileiro: Uma Oportunidade de Investimentos

  • A nova geoeconomia do emprego

  • Os efeitos da globalização na economia: sua relação com o emprego, a educação e a família brasileira

  • Economia Brasileira

  • Geoeconomia do Brasil e China em contraste

1- Regiões geoeconômicas: Divisão do Brasil por critérios econômicos Adriana Furlan

  • A divisão oficial do Brasil em 5 regiões foi criada, em 1969 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Mas, antes disso, em 1967 o geógrafo brasileiro Pedro Pinchas Geiger já havia proposto uma outra divisão regional do país, em três regiões geoeconômicas ou complexos regionais. Ela se baseia no processo histórico de formação do território brasileiro, levando em conta, especialmente, os efeitos da industrialização. Dessa forma, ela busca refletir a realidade do país e compreender seus mais profundos contrastes. De acordo com Geiger, são três as regiões geoeconômicas: Amazônia, Centro-Sul e Nordeste.Essa organização regional favorece a compreensão das relações sociais e políticas do país, pois associa os espaços de acordo com suas semelhanças econômicas, históricas e culturais.

Diferentemente da divisão proposta pelo IBGE, os complexos regionais não se limitam apenas às fronteiras entre os Estados. Nessa regionalização, o norte de Minas Gerais, por exemplo, encontra-se no Nordeste, enquanto o restante do território mineiro está localizado no Centro-Sul. Observe os três complexos no mapa abaixo:

2- Secas X Enchentes. Quem causa maior dano a geoeconomia do RN Sinopse preliminar do aspecto geoeconômico do RN Eugênio Fonseca Pimentel

  • A concepção antiga e ainda acreditada por muitos, de que a ocorrência periódica da “seca” é o principal entrave para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte e também outros estados nordestinos, é uma concepção arcaica, errônea e deve ser modificada. De um modo simples e pragmático podemos deduzir que esta concepção não é correta respondendo de forma simples e resumida as seguintes indagações: O turismo no qual o nosso RN possui extraordinário potencial e que nos últimos anos tem contribuído bastante para o bom desempenho social e econômico do RN no cenário nordestino se coaduna com a presença de chuvas em período de tempo longo? Não. Chovendo muito as atividades turísticas em todo estado diminui consideravelmente. Assim sendo, a ocorrência periódica das secas não é o entrave para o desenvolvimento

Conclusão:

  • Os artigos selecionados para este trabalho fazem referência à Geoeconomia do Brasil. Buscamos por artigos com temas mais atuais sobre o Brasil e sua economia refletida no mundo. O Brasil por ser um país emergente, que está na periferia do mundo capitalista, representa uma economia dinâmica, que atrai os países que hoje ocupam o centro e que formam o oligopólio, países desenvolvidos tecnologicamente, mais que precisam de mão de obra e recursos naturais, ambos encontrados nos países periféricos, no caso em questão, o Brasil.

  • A Geoeconomia do Brasil, como colocada num dos artigos apresentados está bem desenvolvida, contudo, precisa desenvolver mais tecnologia e passar a exportar mais produtos industrializados ou semi-industrulializados, para de fato, avançar geoeconomicamente e geopoliticamente.

Referências Bibliográficas:

  • 1 - Regiões geoeconômicas:Divisão do Brasil por critérios econômicos - Adriana Furlan* - Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação

  • http://educacao.uol.com.br/geografia/ult1694u384.jhtm

  • 2- Secas X Enchentes. Quem causa maior dano a geo economia do RN - SINOPSE PRELIMINAR DO ASPECTO GEO ECONOMICO DO RN- Eugênio Fonseca Pimentel- Geólogo pesquisador da Agenda 21 Local e Semi árido do Brasil.

  • http://blogln.ning.com/forum/topics/secas-x-enchentes-37

  • 3- Geoeconomia Agrícola

  • http://fernandonogueiracosta.wordpress.com/2011/04/21/geoeconomia-agricola/

  • 4- Agronegócio Brasileiro: Uma Oportunidade de Investimentos

  • http://www.geomundo.com.br/geografia-30105.htm

Comentários