Pesquisa Anual da Industria da Construção 2008

Pesquisa Anual da Industria da Construção 2008

(Parte 1 de 12)

Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva

Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Paulo Bernardo Silva

Presidente Eduardo Pereira Nunes

Diretor-Executivo Sérgio da Costa Côrtes

Diretoria de Pesquisas Wasmália Socorro Barata Bivar

Diretoria de Geociências Luiz Paulo Souto Fortes

Diretoria de Informática Paulo César Moraes Simões

Centro de Documentação e Disseminação de Informações David Wu Tai

Escola Nacional de Ciências Estatísticas Sérgio da Costa Côrtes (interino)

Diretoria de Pesquisas

Coordenação das Estatísticas Econômicas e Classificações Sidnéia Reis Cardoso

Coordenação de Indústria Flávio Renato Keim Magheli

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografi a e Estatística - IBGE

Pesquisa Anual da Indústria da Construção

ISSN 0104-3412 Pesq. anual Ind. Constr., Rio de Janeiro, v. 18, p.1-94, 2008

Instituto Brasileiro de Geografi a e Estatística - IBGE Av. Franklin Roosevelt, 166 - Centro - 20021-120 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil

Elaboração do arquivo PDF Roberto Cavararo

Produção de multimídia

Marisa Sigolo Mendonça Márcia do Rosário Brauns

Capa

Marcos Balster Fiore e Renato J. Aguiar - Coordenação de Marketing/Centro de Documentação e Disseminação de Informações - CDDI

Sumário

Apresentação Notas técnicas

Âmbito da pesquisa Unidade de investigação Classifi cação de atividades Detalhamento geográfi co e de atividade econômica Conceituação das variáveis investigadas e derivadas Aspectos da amostragem Instrumentos de coleta

Disseminação dos resultados Análise dos resultados Tabelas de resultados

1.1 - Variáveis selecionadas das empresas de construção, segundo as divisões, os grupos e as classes de atividades - Brasil - 2007-2008

1.2 - Variáveis selecionadas das empresas de construção, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação da sede da empresa - 2007-2008

2.1 - Dados gerais das empresas de construção, segundo as divisões, os grupos e as classes de atividades - Brasil - 2008

2.2 - Dados gerais das empresas de construção com 5 ou mais pessoas ocupadas, segundo as divisões, os grupos de atividades e as faixas de pessoal ocupado - Brasil - 2008

2.3 - Dados gerais das empresas de construção, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação da sede da empresa - Brasil - 2008

3 - Emprego e salário das empresas de construção, segundo as divisões, os grupos e as classes de atividades - Brasil - 2008

4 - Gastos de pessoal das empresas de construção, segundo as divisões, os grupos e as classes de atividades - Brasil - 2008

5 - Estrutura das receitas das empresas de construção, segundo as divisões, os grupos e as classes de atividades - Brasil - 2008

6 - Estrutura dos custos e despesas das empresas de construção, segundo as divisões, os grupos e as classes de atividades - Brasil - 2008

7 - Estrutura do valor bruto da produção das empresas de construção, segundo as divisões, os grupos e as classes de atividades - Brasil - 2008

8 - Estrutura dos investimentos das empresas de construção, segundo as divisões, os grupos e as classes de atividades - Brasil - 2008

9 - Consumo total e dos principais tipos de materiais de construção, segundo as divisões, os grupos e as classes de atividades - Brasil - 2008

10 - Valor das incorporações, obras e/ou serviços da construção das empresas de construção com 30 ou mais pessoas ocupadas, segundo as classes de atividades e descrição de produtos da construção - Brasil - 2008

1 - Pessoal ocupado, salários, retiradas e outras remunerações, custos e valor das incorporações, obras e/ou serviços da construção, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação de atuação das empresas com 5 ou mais pessoas ocupadas - 2008

Referências

Anexos

1 - Classifi cação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE 1.0 - Seção F

2 - Classifi cação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE 2.0 - Seção F

3 - Correspondência entre a CNAE 2.0 e a CNAE 1.0 - Seção F 4 - PRODLIST-Construção 2008

5 - Questionário da Pesquisa Anual da Indústria da Construção - 2008

Sumário _

Convenções

- Dado numérico igual a zero não resultante de arredondamento;

Dado numérico não disponível;

.. Não se aplica dado numérico; x Dado numérico omitido a fi m de evitar a individualização da informação;

0; 0,0; 0,0 Dado numérico igual a zero resultante de arredondamento de um dado numérico originalmente positivo; e

(Parte 1 de 12)

Comentários