SAPONIFICAÇÃO E DETERGÊNCIA

SAPONIFICAÇÃO E DETERGÊNCIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS

Introdução

Do ponto de vista da química, o sabão é um produto obtido a partir de uma hidrólise alcalina (saponificação) de uma gordura de origem vegetal ou animal (gordura essa cuja função química corresponde a um trialciglicerídeo). A principal característica química do sabão é a formação de micelas (em meio aquoso), que são aglomerados esféricos de ânions carboxilatos que estão dispersos por toda a fase aquosa. Sua utilização na limpeza se baseia na idéia de “semelhante dissolve semelhante”. A cadeias de alquila permanecem em meio apolar, no interior da micela, enquanto que os grupos de carboxilato permanecem no lado de fora da micela, em um ambiente polar (fase aquosa). Dessa forma, a parte apolar da molécula de sabão é responsável por remover a sujeira gordurosa, enquanto que a parte apolar se mistura com a água, dispersando a molécula de sabão junto com a sujeira no meio aquoso.

O sabão pode ser fabricado de forma caseira a partir de óleos de fritura. Este tipo de prática, além de reduzir danos ao meio ambiente causados pelo descarte incorreto desse material, transforma os óleos em materiais biodegradáveis

Materiais e Método

  • 10g de óleo de soja

  • 45 mL da mistura: NaOH, água e etanol

  • 40 mL da solução etanol/água

  • 120 mL de NaCl

  • Béquer de 250 mL

  • Bomba de vácuo

Em um béquer de 250 ml colocou-se 10 g de óleo de soja e adicionou-se 45 ml de solução (NaOH, água e etanol), levando ao banho maria por 10 min, após esse tempo foi adicionado em pequenas porções a solução de etanol e água em constante agitação por 40 min, observando a formação de espuma. Posteriormente adicionou-se 120 mL de NaCl gelado e colocou-se a mistura no banho de gelo, por aproximadamente por 10 min. Em seguida coletou-se o precipitado formado por filtração a vácuo, em funil de buchner e papel. Foi feita a pesagem de uma placa com papel de filtração antes e depois do filtrado.

Resultado e Discussões

O processo químico que ocorre durante a fabricação do sabão é conhecido como saponificação, e consiste na hidrólise de um éster por uma base. As gorduras estão constituídas fundamentalmente de triglicerídeos, ésteres de ácidos carboxílicos de cadeia longa com o álcool (glicerol).

A partir de 10g de óleo de soja foi possível fabricar 15,985g de sabão.

Comentários