DIDÁTICA - SIMULADO 2011

DIDÁTICA - SIMULADO 2011

(Parte 3 de 5)

27 O uso do conceito de inclusão no contexto das políticas educacionais está longe de se concretizar em práticas educativas includentes no interior dos sistemas de ensino. Isso implica dar outra lógica para a escola, de forma que não seja admissível pensar na possibilidade de criança alguma permanecer fora dela. É condição fundamental para a materialização de uma política de inclusão:

(A) reformular o espaço escolar, o conteúdo programático e controlar o ritmo de aprendizagem dos estudantes com deficiência.

(B) ampliar vagas para pessoas com deficiência física, visual e auditiva, pessoas autistas e psicóticas, além de propiciar atualização para os professores.

(C) desconstruir práticas segregacionistas, questionar concepções e valores que discriminem pessoas com deficiência e invalidar soluções paliativas.

(D) adequar prédios escolares, rompendo barreiras arquitetônicas e acolher pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida temporariamente.

28 Segundo Claudino Piletti, são quatro as etapas do planejamento de ensino.

“Consiste no desenvolvimento das atividades previstas.” No texto acima o autor refere-se a seguinte etapa do planejamento:

(A) Avaliação e aperfeiçoamento do plano. (B) Conhecimento da realidade. (C) Execução do plano. (D) Elaboração do plano.

SIMULADO DIDÁTICAE-mail: valdecicorreia@ig.com.br VC SIMULADOS 9

29 Sobre interacionismo, analise as alternativas abaixo:

I. É fundamental que um indivíduo se insira em determinado meio cultural para que aconteça mudanças em seu desenvolvimento.

I. No interacionismo existem conhecimentos ou princípios práticos e inatos, ou seja, se desenvolvem naturalmente.

I. Para que um indivíduo se constitua como pessoa é fundamental que ele se inclua em determinado ambiente.

IV. As mudanças que ocorrem com o individuo estão ligadas a interação dele com a história da sociedade da qual faz parte.

Estão corretas as alternativas: (A) I, I e II (B) I, II e IV (C) I, I e IV (D) I, I e IV

30 Os conceitos ou as notas exercem um papel central no processo escolar, pois a avaliação vai definir a possibilidade ou não de o aluno prosseguir seus estudos nas séries seguintes. Tornam-se, assim, fins em si mesmos e passam a ser alvo perseguido pelo aluno com vistas à aprovação, enquanto a aprendizagem propriamente dita fica comprometida nesse processo. É em busca das notas que são geradas tensões e ansiedades nos alunos e é sobretudo nos períodos destinados às provas que se observa a centralidade da avaliação no cotidiano escolar. Esta realidade tem origem e desenvolvimento na

(A) Escola Tradicional. (B) Escola Nova. (C) Escola Progressista. (D) Escola Construtivista.

31 Vygotsky acreditava que a aprendizagem na criança podia ocorrer através:

(A) Do diálogo, da avaliação e da memória. (B) Do jogo, da brincadeira e da instrução formal. (C) Da participação, do trabalho e da iniciativa. (D) Das relações, do jogo e da cooperação.

SIMULADO DIDÁTICAE-mail: valdecicorreia@ig.com.br VC SIMULADOS 10

32 Na elaboração de itens de prova, é comum os professores proporem um contexto para que o estudante situe o conteúdo abordado no decorrer dos estudos em classe. Pode-se também propor um bom texto ligado ao assunto tratado na questão, possibilitando ao examinando buscar dados no texto e, a partir deles, responder à questão. Este tipo de questão também possibilita utilizar informações de fontes variadas, tais como textos literários, jornais, revistas, almanaques, sites da internet, tirinhas ou até mesmo textos de outras áreas do conhecimento, possibilitando o diálogo com outros conteúdos do currículo. Instrumentos avaliativos com estas características fazem parte de uma ação pedagógica predominantemente

(A) disciplinar. (B) fragmentada. (C) Hierárquica (D) integradora.

3 Na definição e elaboração de instrumentos avaliativos é preciso observar alguns cuidados para que a avaliação possibilite ao professor analisar se os seus objetivos foram alcançados e como os estudantes estão se envolvendo com os conteúdos trabalhados. Para que os momentos destinados à avaliação também constituam novas oportunidades de aprender, os instrumentos avaliativos precisam ser planejados

(A) de modo a coordenar adequadamente os conteúdos e o tempo destinados às provas, evitando-se que alguns alunos as terminem antes do prazo estipulado.

(B) de forma coerente com o modo como as aulas são ministradas, evitando-se que haja uma ruptura entre processos de ensino, aprendizagem e avaliação.

(C) de modo a garantir a cientificidade do processo avaliativo, cumprindo rigorosamente as orientações do coordenador pedagógico da unidade escolar.

(D) de maneira uniforme e padronizada pelos órgãos de gestão dos sistemas educacionais, garantindo-se a qualidade dos instrumentos.

34 A gíria na adolescência, na visão de José Ottoni Outeiral, constitui, EXCETO:

(A) Procura de uma identidade linguística. (B) Identificação com os familiares. (C) Expressão verbal do processo de diferenciação do grupo familiar.

(D) Reconhecer a si e a seu grupo de iguais como portadores de uma identidade própria.

SIMULADO DIDÁTICAE-mail: valdecicorreia@ig.com.br VC SIMULADOS 1

35 “O biólogo e o social compõem, desde o nascimento, uma parceria indissociável na formação do psiquismo. Ocorre daí a construção do eu e do outro, cuja interiorização resultará numa referência efetiva na formação de nossas emoções e sentimentos que num processo dialético se constituirão por sua vez o motor do desenvolvimento.” (Maria Tereza da Cunha Coutinho/Mércia Moreira)

Analisando as ideias principais deste trecho, podemos afirmar que pertencem a teoria cognitiva de:

(A) Piaget. (B) Vygotsky. (C) Gardner. (D) Wallon.

36 Professor e aluno terão de aprender a lidar com as novas tecnologias e também com os modelos tradicionais para adquirir as informações necessárias para sua formação profissional e pessoal. Ensinar ou aprender na era digital exige mudanças nos paradigmas de ensino. É importante utilizar as tecnologias de forma que elas nos ajudem a aprender, levando-nos a transformar informações em conhecimento e sabedoria, aperfeiçoando o pensamento reflexivo como instrumento de emancipação humana. Para alguns pesquisadores as novas tecnologias poderão assumir um papel ativo e coestruturante nas formas de aprender e conhecer. Nesta perspectiva, espera-se que a escola

(A) mantenha a sua tradição, reservando às novas tecnologias um papel secundário.

(B) transforme as salas de aula em modernos laboratórios de informática.

(C) propicie uma unidade orgânica entre o conhecimento, o sujeito e as tecnologias.

(D) utilize as tecnologias da informação para reforçar a competição entre os estudantes.

37 “A nova moral será criada quando também se criar uma nova sociedade humana, mas então é provável que o comportamento moral tenha se diluído totalmente nas formas gerais do comportamento. Globalmente, toda a conduta será moral, porque não existirão fundamentos de nenhuma índole para conflitos entre o comportamento de uma pessoa e o de toda a sociedade.”

Esse texto fala sobre o comportamento moral, e foi escrito por:

(A) Liev S. Vigotski. (B) Jean Piaget. (C) Henri Wallon. (D) Freud

SIMULADO DIDÁTICAE-mail: valdecicorreia@ig.com.br VC SIMULADOS 12

38 Conforme afirma Wallon, o conjunto afetivo são funções responsáveis:

(A) Pela inteligência, neurologia e paixão. (B) Pelos sentimentos, amor e poder. (C) Pelas amizades, emoções e sentimentos. (D) Pelas emoções, sentimentos e paixão.

39 Piaget aborda a moralidade como um sistema de regras cuja essência deve ser procurada no respeito que o indivíduo adquire por elas. No que se refere à evolução da consciência moral, Piaget caracteriza quatro estágios.

“A tendência da criança, nessa fase, é a de projetar no mundo exterior os seus desejos e impulsos. As ordens e proibições são simplesmente obedecidas. A criança é incapaz de julgar suas ações e as alheias, desconhecendo em grande parte, suas intenções e consequências”.

Este texto refere-se a que Estágio? (A) Estágio de moralidade heterônoma.

(B) Estágio de moralidade semi-autônoma. (C) Estágio de moralidade autônoma. (D) Estágio pré-moral.

40 “Quando a gente pensa que sabe todas as respostas, vem a vida e muda todas as perguntas...” Emilly Powell

São considerados pilares da avaliação, EXCETO:

(A) Síntese.

(B) Compreensão. (C) Conhecimento. (D) Objetividade.

41 Para Kramer (2007), com os estudos do historiador Philippe Ariès e do sociólogo

(Parte 3 de 5)

Comentários