Fisiologia muscular

Fisiologia muscular

(Parte 1 de 2)

3/16/10

Picture Source: http://chem.ch.huji.ac.il/~eugeniik/history/duchenne.html

Guillaume Duchenne (1806-1875) Respostas musculares com a estimulação diretamente sobre o músculo

3/16/10

Músculo esquelé6co: cuja força mecânica é aplicada sobre ossos; move e estabiliza as ar9culações proporcionando a relação com o ambiente externo. Nascido para sobreviver

3/16/10

Características gerais dos músculos esqueléticos

Outras funções dos músculos esqueléticosTermorregulaçao Neoglicogenese durante o jejum prolongado

! 40% do peso corporal ! Associados ao esqueleto ! Propriedade contrátil ! Contração rápida e lenta ! Metabolismo aeróbico/ anaeróbico ! Diferenças interssexuais

CONTRAÇÃO ISOTÔNICA CONTRAÇÃO ISOMÉTRICA A contração muscular proporciona desenvolvimento de força mecânica ou ( tensão). Essa força causa movimento ou se opõe a uma carga (peso).

Músculos fásicos Músculos tônicos

As fibras musculares cardíacas estão eletricamente acopladas

Músculo cardíaco: cuja contração rítmica ejeta liquido (sangue) – bombeamento.

3/16/10

Músculo Liso : cuja contração mistura , move ou esvazia um conteúdo. Interactive Physiology: visite o site e conheça os movimentos relacionados à mastigação, deglutição e à motilidade do TGI

Córtex motor primárioGiro pré-central Origem da via córtico- espinhal

Núcleos Motores do tronco encefálico

Músculos extrínsecos dos olhos Músculos da mas9gação

Músculos da expressão facial Músculos do pescoço Músculos da língua

3/16/10

Músculos axiais Músculos proximais e distais dos membros superiores e inferiores

Núcleos Motores da Medula

Córtex motor primárioGiro pré-central Origem da via córtico- espinhal

Músculos axiais e proximais Músculos distais

Aferências Aferências Núcleos motores somáticos da medula (cervical)

Músculos axiais e proximais Músculos distais

Musculatura esquelética e os neurônios motores da medula

GRUPO MEDIAL m. axial do tronco e m apendicular proximal (antebraço e ombros) Equilíbrio postural GRUPO LATERAL m. apendicular distal (braços, pernas, mãos e pés) Movimentos finos das extremidades

3/16/10

O SNC envia impulsos nervosos (determinada freqüência de PA) para as fibras musculares que respondem às alterações do potencial de membrana e contração.

O encurtamento das fibras musculares

gera tensão mecânica nas extremidades que aplicadas aos ossos, através dos tendões e ligamentos pode estabilizar ar9culações (postura) ou move- ‐lo ( movimento) .

3/16/10

Organização morfológica do músculo esquelé6ca

Os filamentos finos deslizam- ‐se sobre os grossos na presença de Ca.

SARCÔMERO: unidade contrá9l da fibra muscular Músculo

Células musculares

Miofibrilas

O deslizamento dos filamentos finos sobre os grossos causam a contração do sarcômero, ou seja, a contração das fibras musculares.

O sarcômero é cons6tuído de moléculas com propriedades mecânicas ATP e Ca dependentes

3/16/10

Fibra Muscular

Terminal axonico

Inervação motora

Músculo

Unidade motora: o motoneurônio e as fibras musculares por ele inervadas.

Um músculo é controlado por mais de um motoneurônio; possui várias unidades musculares.

3/16/10

9 http://www.fcm.unicamp.br/deptos/anatomia/musnlinervmot.html

3/16/10

- ‐Excitáveis como os neurônios (geram e propagam PA ). - ‐ Contráteis (encurta- ‐se quando es9mulado)

- ‐ Extensiveis (pode ser es9rado)

- ‐ Elás9cos (retorna ao seu comprimento de repouso após o es9ramento)

(Parte 1 de 2)

Comentários