(Parte 1 de 5)

Curso Técnico de Serviços de Apoio Escolar

MMULTIMEIOS DIDÁTICOS

Aluno.: ALTAMIR MARTINS ALVES

Tutor.: HELTON ROBERTO REAL

Descrição da atividade: MEMORIAL - AULA DO DIA 16/10/2010

Módulo: 1 Data de solicitação: Data de entrega:

Primeiro dia de aula, curso de Mutimeios Didáticos, PROFUNCIONÁRIO, expectativa enorme, difícil formar uma idéia sobre o futuro do curso porém minha expectativa é boa, talvez um pouco frustrado com a proposta de trabalhos (visitas), onde há a necessidade de se deslocar para outros locais, e pra falar a verdade confesso que não gosto muito de ficar andando por ai de um lado pro outro. Excluindo esse detalhe, acredito que vai ser muito produtivo, vou me dedicar bastante para alcançar os objetivos imaginados.

"Para se alcançar o topo é necessário começar pela base e enfrentar os obstáculos existentes no caminho"

Para próxima aula (23/10), apresentar BANDEIRA PESSOAL

  1. O que você considera que foi o maior sucesso em sua vida até agora?

  2. O que você mais gosta em sua família ?

  3. Cite duas coisas ou atividades em que você se considera bom?

  4. O que você gostaria de melhorar em si mesmo?

  5. Se você fosse um animal que bicho seria?

  6. Desenhar símbolo da expectativa do curso PROFUCIONÁRIO.

(Uma carta) texto da expectativa mais o que dizem , o que você ouviu falar .

Ficha de cadastro de aluno com local de PPS.

Descrição da atividade: MEMORIAL - AULA DO DIA 23/10/2010

Módulo: 1 Data de solicitação: Data de entrega:

Começamos com a distribuição dos Kits. Gostei muito do nosso encontro desse sábado, foi muito produtivo pois consegui entender melhor o curso quanto as partes de Memorial, PPS, visitas, reposições de aulas, enfim... foi bem explicado e consegui sanar todas as dúvidas que eu tinha.Apresentação do trabalho da aula anterior. (conforme agendado)

Muito boa nossa apresentação das "BANDEIRAS", achei muito criativo a forma que a colega usou para fazer sua bandeira (UMA BANDEIRINHA PRA CADA UM), genial; vou tentar guardar a minha junto com meu material. (será um detalhe inesquecível). Pena que a apresentação da minha bandeira não foi tão genial quanto a da colega, mas tudo bem, na próxima eu vou tentar de novo... Resumindo, eu estava um pouco confuso e chateado (meio que pensando em desistir), então realmente esse encontro foi muito bom (Memorável) tenho certeza que no final do curso vou lembrar desse dia e agradecer por não ter desistido.

CARTA DE EXPECTATIVA E O QUE DIZEM DO CURSO

Qualquer coisa no início é novidade e às vezes assusta um pouco, comigo não foi diferente com relação ao curso, quando ouvi comentários fiquei animado, depois assustado e por fim curioso, resolvi encarar como um desafio pois todos que participam do curso alegam que é bem puxado, muito trabalho para fazer (parece que eles tem razão...), ouvi também comentários sobre a gratificação, avanço, aumento de salário etc... Tudo isso é ótimo, quanto a minha expectativa é aproveitar ao máximo e espero que consiga alcançar ótimos resultados, na minha opinião, o conhecimento é mais importante que qualquer aumento de salário, o dinheiro se acaba, o conhecimento é perpétuo e posso utilizar quando quiser.

Curitiba, 23 de Outubro de 2010

“O mundo é um livro aberto de pouca utilidade para quem não sabe ler.”

Ficha de Identificação do Cursista – Profuncionário

Nome: ALTAMIR MARTINS ALVES RG: 10.032.463-6/PR

Fone Residencial: 33472505 Fone Celular: 8440-5908 Email: altamirkind@gmail.com

Local de Trabalho: COLÉGIO ESTADUAL PROFESSORA MARLI QUEIROZ AZEVEDO

Endereço: Rua Cyro Correa Pereira, 3506 – Vitória Régia - CIC. - Curitiba –PR

CEP 84260-050

Fone : 3347-2602 Fax: 3347-2606 Email: colégio.marli@gmail.com

Turnos: Tarde – Noite

Descrição das atividades profissionais desempenhadas no local de trabalho:

Rotina diária de secretaria .:

- Atendimento ao público

- Digitação de documentos

- Atendimento telefônico

- Auxílio aos professores

- Auxílio aos Pedagogos

Local onde pretende realizar as atividades de Prática Profissional Supervisionada (PPS)

Estabelecimento: C E DIRCE CELESTINO DO AMARAL

Endereço: Rua Pedro Gusso, 2020

Fone : 3246-0257 Fax: 3246-0257 Email: colegiodirceamaral@netescola.pr.gov.br

Pessoa responsável pela assinatura da Ficha de PPS: Neusa Buch

PPS MODULO 1

2h Entrega da Carta de Apresentação para a Direção (local de trabalho)

6h Autobiografia (local de trabalho)

4h Visita a Escola Especial Privada (PPS)

4h Visita a Escola Inclusiva Pública (PPS)

Agenda do dia 23/10/2011 - para próxima aula.

Linha do tempo (com foto)

Fatos marcantes - Alegrias - Futuro

Pratiques da semana - Pág 36 – 46 – 58

Carta de Apresentação do Cursista – Profuncionário

Sr.(a) Diretor(a): TÂNIA MARIA SUGAMOSTO HENNEQUIN, Temos a satisfação de apresentar-lhe o aluno / funcionário: ALTAMIR MARTINS ALVES

como aluno do Curso Técnico em Serviços de Apoio Escolar na habilitação Multimeios Didáticos.

Histórico do curso:

O Profuncionário é um curso de educação a distância, em nível médio, voltado para os trabalhadores que exercem funções administrativas nas escolas da rede pública estadual de Educação Básica.

O curso foi criado por proposição junto ao Conselho Nacional de Educação, da 21ª área de Formação Técnica Profissional. Homologada, em 28 de outubro de 2005, a Resolução nº05/2005 cria a área Profissional de Serviços de Apoio Escolar, com 5 habilitações:

*Secretaria Escolar;

*Alimentação Escolar;

*Multimeios Didáticos;

*Meio Ambiente e Manutenção de infra-estrutura Escolar;

*Biblioteconomia.

  • Organização do curso:

Os encontros presenciais ocorrem aos sábados, pela manhã, e os momentos a distância através da realização de trabalhos. O curso é composto por três eixos, Eixo de Formação Pedagógica, Eixo de Formação Específica, Eixo de Prática Profissional Supervisionada com carga horária de 300 horas, essa cumpridas 50% no local de trabalho (no horário de trabalho) e 50% em instituições afins (fora do horário de trabalho). Para funcionários SEED/NRE 60% em instituições afins e 40% no local e horário de trabalho.

A equipe de professores tutores estão a disposição dos senhores para eventuais esclarecimentos e consultas, desde já agradecemos sua compreensão e colaboração.

Amélia Ciscato Chuchene Witiuk – Secretaria Escolar

Helton Roberto Real – Multimeios Didáticos

Roseli Maria Pieckoch – Meio Ambiente e Manutenção de Infra-estrutura Escolar

Descrição da atividade: AUTOBIOGRAFIA

Módulo: 1 Data de solicitação: Data de entrega:

Altamir Martins Alves, nascido em São Jerônimo da Serra, em oito de março de hum mil novecentos e cinqüenta e oito, branco, sexo masculino. Não há lembranças deste lugar, também não conheço, nunca fui lá. Não sei ao certo com quantos anos fui morar em Ibaiti/PR., o que sei é que minhas primeiras lembranças começam por esse lugar. Os primeiros anos de minha vida foram um pouco sofridos, lembro que meu pai estava no exército, e eu ficava com minha mãe que trabalhava no cafezal. Saíamos todos os dias 4 ou 5 horas da manhã e voltávamos 7 ou 8 horas da noite, acho que eu tinha uns 4 anos, me lembro que minha mãe colhia café e quando era preciso subir na escadinha para colher os frutos do alto, (os fazendeiros não gostavam que surrassem os frutos com pedaços de pau) quem subia era eu, e colhia todos. A lembrança marcante dessa época foi o café frio, que até hoje quando paro pra pensar, ainda sinto o gosto em minha boca. Acho que deve ter durado uns 3 ou 4 meses, depois minha mãe foi trabalhar na beneficiadora de café, ela trabalhava na escolha do café “seleção dos frutos”, eu sempre junto, éramos só nos dois, acho que deve ter durado 1 ou 2 anos, foi quando meu pai saiu do exército e veio morar com a gente (Viramos uma família), mudamos para Figueira/PR meu pai foi trabalhar na mina de carvão, morávamos numa casinha pequena, alugada; as lembranças que tenho dessa época são meio desastrosas, acho que devia ter uns 5 ou 6 anos, tinha um menino mais velho que eu e morava no mesmo quintal, me pegou para saco de pancadas, era só me encontrar que já ia dando chutes e sopapos. Duraram algum tempo esses castigos, até que um dia, quando estava indo na padaria, ele tentou me bater, corri, porém ele jurou me pegar na volta..., comprei o pão e quando estava voltando, ele estava esperando no portão, não tive dúvidas, peguei uma pedra e atirei nele, acertei no alto da cabeça do infeliz, cortou, sangrou..., fui pra casa contei pro meu pai e o resto ele resolveu com o pai do menino. Nunca mais ele me bateu. Nessa época, nasceu minha irmã, tudo ia bem, de repente meu pai viajou de novo, foi pra Monte Alegre hoje Telêmaco Borba, procurar emprego na fábrica de papel Klabin do Paraná. Ficamos eu minha mãe e minha

irmã, ele deve ter ficado uns três meses longe, foi quando minha mãe arrumou nossas coisas e fomos atrás dele. Fomos morar em Telêmaco Borba, comecei a estudar.

Lembro com saudades das minhas professoras do primário (1º ao 5º ano), uma delas muito especial Dona Requilda, minha professora do 3º ano, sempre ia a casa dela assistir televisão. Minha estada pelo colégio estadual, no 1º ano ginasial, foi menos de um ano, nem terminei, fui estudar no SENAI, terminei meu curso ginasial em 1975, e fui trabalhar na fábrica, trabalhei dois anos, resolvi morar sozinho, fui embora para São Bernardo do Campo/SP, fui trabalhar numa construtora como apontador de cartão, muitas lembranças agradáveis, trabalhei durante 8 anos lá, depois trabalhei nos correios e na BASF. Em 2000 vim para Curitiba, em 2004 comecei a trabalhar na Secretaria da Educação, como PSS. Já trabalhei no colégio Ivo Leão, no CEEBEJA SESI CIC, no colégio Dirce e atualmente no Marli Queiroz.

Aqui em Curitiba, já fui micro-empresário fabricante de granola, cantineiro de escola, vendedor de salgadinhos e até candidato a vereador em 2008, em 2012 vou tentar novamente.

Meus passatempos preferidos são: corridas de fórmula um futebol e um bom filme.

Gosto de leituras diversas e adoro escrever poesias. (meu site de escritor, recanto das letras/altamir.)

Uma frase que gosto muito é:

Para saber que o céu é azul em toda parte, não é preciso dar volta ao mundo.” Goethe.

Descrição da atividade: INCLUSÃO ESCOLAR (PPS)

Módulo: 1 Data de solicitação: Data de entrega:

Para termos um sistema educacional inclusivo, é preciso partir do princípio de que todas as crianças podem aprender, que se respeite as diferenças de, idade, sexo, etnia, língua, deficiências ou inabilidades, que o sistema metodológico atenda às necessidades de todas as crianças. Para conseguirmos reformar a instituição escolar, primeiramente temos que reformar as mentes, entretanto, não conseguiremos reformar mentes, sem que se realize uma prévia reforma de instituições. Para que a escola seja um espaço vivo de formação para todos e um ambiente verdadeiramente inclusivo é preciso que as políticas públicas de educação sejam direcionadas á inclusão, que os educadores desacomodem-se, deixem de lado o pessimismo e mostrem que a inclusão é um momento oportuno para professores e a comunidade escolar demonstrarem sua competência e principalmente suas responsabilidades educacionais.

(Parte 1 de 5)

Comentários