Trabalho - Planejamento - Estrategico

Trabalho - Planejamento - Estrategico

Universidade Católica de Salvador.

Curso: Ciências Contábeis.

Matéria: Contabilidade Gerencial.

Prof.: Dilson. Turno: matutino.

Equipe: Daniela e Maurício.

Trabalho sobre Planejamento Estratégico.

Introdução

Antes de tratar do assunto, planejamento estratégico, faremos uma breve introdução de conceitos relevantes para uma maior compreensão do assunto em destaque.

O primeiro, é o conceito de mercadologia e suas variáveis, já que o planejamento está inserido nesse cenário maior, que é o mercado, e dele não pode ser dissociado.

Mercadologia

Conceito

Performance de um conjunto de atividades empresariais que dirigem o fluxo de bens e serviços do produtor para o consumidor ou usuário.E, que tem como objetivo: criar, verificar e satisfazer os gostos, as vontades, necessidades e expectativas dos consumidores.

Variáveis Mercadológicas

Conceito

Fatores que mudam o comportamento do mercado de formas variadas e interferem no processo de comercialização dos produtos e/ou serviços oferecidos pelas empresas.

Tais mudanças são constantes e afetam o ambiente interno e externo das empresas.

As variáveis mercadológicas classificam-se da seguinte maneira:

Controláveis

Quando as empresas podem exercer sobre elas qualquer espécie de controle através de ações estratégicas ou táticas que alterem o comportamento do mercado.

As variáveis controláveis, entre outras, são, por exemplo:

  • Concorrência;

  • Preço;

  • Distribuição;

  • Propaganda;

  • Promoção de Vendas;

  • Produto.

Incontroláveis

Quando surgem independentes das ações das empresas, provocando significativas alterações no mercado.

Essas variáveis fogem ao controle das empresas, ou seja, são variáveis que surgem sem a intervenção empresarial e que deixam as empresas praticamente sem condições de realizar quaisquer tipos de manobras para modifica-las e/ou inibir tais variáveis.

Entre elas temos:

  • Mudança na Legislação;

  • Ética;

  • Cultura;

  • Política;

  • Religião.

As variáveis mercadológicas podem ocorrer tanto a nível micro quanto a nível macroeconômico.E, agora com o recente processo de globalização tais variáveis tornam-se cada vez mais significativas (exercem influências em áreas geográficas maiores) e surgem cada vez mais rapidamente, influenciando muitas vezes vários países ou regiões simultaneamente, tornado o mercado empresarial cada vez mais competitivo ,surgindo dessa forma a necessidade de um planejamento estratégico cada vez mais eficiente e eficaz, forçando as empresas a desenvolverem soluções criativas e compatíveis com as ligeiras mutações do mercado.

Planejamento Estratégico

“Nenhum vento é bom para quem não sabe para onde ir”.

Aristóteles.

“Na busca da satisfação de necessidades recíprocas organizacionais e de consumidores e clientes, uma instituição precisa planejar o seu futuro. Mais do que isso, precisa ser viável sobrevivendo e crescendo quando possível.”

(COBRA, Marcos. Administração de Marketing, capítulo 2, pg.51. Ed.ATLAS S. A.1992- São Paulo-SP.).

“O planejamento estratégico é o processo administrativo de desenvolver e manter uma viabilidade entre os objetivos organizacionais e os recursos e as oportunidades de mercado em constante mutação.

O alvo do planejamento estratégico é configurar e reconfigurar o negócio da empresa e seus produtos de forma que eles combinem produção de lucros e crescimento.”(Philip Kotler)

Na verdade, as definições e as teorias que envolveram o planejamento estratégico nos últimos anos não foram poucas, praticamente cada autor desenvolveu sua metodologia e suas conceituações adicionais, mas sempre com vistas em um mesmo objetivo: buscar a perpetuação da organização.

É exatamente desse prisma que tem crescido a visão do planejamento estratégico: como dispor de alternativas para fazer frente às ameaças ambientais e ao mesmo tempo como desenvolver o negócio.

OBS.: Definição de Negócio, segundo Derek Abel, tem três dimensões: o grupo de consumidores a serem atendidos, as necessidades desses consumidores e a tecnologia necessária para satisfazer essas necessidades.

Formulação de Estratégias

Os objetivos ajudam a direcionar os esforços e as estratégias estabelecendo os caminhos a serem percorridos para se atingir os objetivos.

As estratégias precisam ser detalhadas em programas para que as metas, que são a quantificação dos objetivos, sejam realizadas.

Estratégias de Mercado

Matriz Estratégica de Ansoff

Ajuda no direcionamento produto/mercado, através de quatro modelos básicos:

  • Penetração de mercado – usa produtos atuais para incrementar a participação nos mercados existentes;

  • Diferenciação de produtos – significa introduzir novos produtos no mercado atual;

  • Desenvolvimento de mercado – objetiva abrir novos mercados com os produtos atuais;

  • Diversificação – visa abrir novos mercados com novos produtos.

Planejamento Estratégico

O planejamento estratégico relaciona-se com objetivos de longo prazo e com maneiras e ações para alcançá-los (afetando a empresa como um todo).E, planejamento tático relaciona-se a objetivos de curto prazo e com maneiras e ações que geralmente afetam somente uma parte da empresa.

Através do planejamento estratégico a empresa espera:

•Conhecer melhor e utilizar seus pontos fortes;

•Conhecer e eliminar ou adequar seus pontos fracos;

•Conhecer e usufruir as oportunidades externas;

•Conhecer e evitar as ameaças externas;

•Ter um efetivo plano de trabalho estabelecendo:

-as premissas básicas que devem ser consideradas no processo;

-as expectativas de situações almejadas para a empresa;

-os caminhos, inclusive os alternativos, a serem seguidos pela empresa.

•O que fazer, como, quando, para quem, por que, por quem e onde devem ser realizados os planos de ação;

•Como e onde alocar recursos.

O planejamento estratégico deverá apresentar os seguintes pontos finais:

  • Direcionamento de esforços para pontos comuns;

  • Consolidação do entendimento de todos os funcionários da missão da empresa;

  • Estabelecimento de uma agenda de trabalho que permita à empresa trabalhar em cima das prioridades estabelecidas e das exceções justificadas.

Aspectos de Atuação:

  • O que a empresa pode fazer em termos de ambiente esterno;

  • O que a empresa pode fazer em termos de capacidade e competência;

  • O que a alta administração da empresa quer fazer, consideradas as expectativas pessoais e grupais;

  • O que a empresa deve fazer, consideradas as restrições sociais e éticas.

O assunto planejamento estratégico envolve uma gama de conceitos econômicos-administrativos e, ao mesmo tempo, contábeis (no momento em que trata de conceitos importantes como o de curva de experiência que relaciona custo, preço e participação no mercado, mostrando que existe uma correlação entre custos unitários baixos e o domínio de mercado, permitindo entender de que maneira, através de uma economia de escala, se obtém redução de custos e, por conseguinte, maiores vendas e maiores lucros; efeito escala, que se refere à possibilidade existente em boa parte do mundo dos negócios de se operar com custos unitários baixos, pois permite barganhar na compra preços mais baixos em função do volume grande de compras que são realizados por empresas de grande porte, diminuir também através desse poder de barganha os custos com publicidade,o preço dos produtos e serviços comprados ou contratados pela empresa, etc).

Como já foi mencionado no parágrafo anterior deste trabalho sobre planejamento estratégico, que abrange a empresa como um todo, muitos itens devem ser levados em consideração, para que seus custos possam ser mensurados e sua viabilidade possa ser avaliada em termos de mercado.Mas, é importante deixar claro a importância do contador como um agente indispensável para a elaboração e controle do planejamento estratégico, pois o contador é que tem a possibilidade de avaliar o patrimônio da empresa, inclusive em termos de análise histórica para verificar se houve ou não uma expansão no setor que ela atua e, se a mesma acompanhou esta expansão.

Diante de uma série de dados a serem analisados contabilmente para que informações úteis sejam geradas e sejam analisadas na elaboração, execução e controle do planejamento estratégico da empresa, é impossível negar a grande importância que a contabilidade tem dentro de uma empresa como um forte instrumento para uma boa gestão empresarial.

BIBLIOGRAFIA:

KWASNICKA, Eunice Laçava. Introdução a Administração.Ed.Atlas –1990-São Paulo–SP.

COBRA, Marcos. Administração de Marketing. Ed.Atlas-1992-São Paulo-SP.

OLIVEIRA, Djalma Pinho Rebouças de. Planejamento Estratégico: conceitos, metodologia e práticas. Ed. Atlas- 2002-São Paulo-SP.

Comentários