experiencias 2ano

experiencias 2ano

(Parte 1 de 7)

D ED ED ED E
2º A N O 2º A N O 2º A N O 2º A N O
PROF. AGAMENON ROBERTOPROF. AGAMENON ROBERTOPROF. AGAMENON ROBERTOPROF. AGAMENON ROBERTO

E X P E R I Ê N C I A SE X P E R I Ê N C I A SE X P E R I Ê N C I A SE X P E R I Ê N C I A S < 2007 >< 2007 >< 2007 >< 2007 >

Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto 2º ANO 2º ANO 2º ANO 2º ANO ---- EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS 2 1ª EXPERIÊNCIA

OBJETIVO: Transformar uma solução saturada, sem corpo de fundo, em uma solução saturada com corpo de fundo.

MATERIAIS: • Água.

• Sal de cozinha.

• Álcool etílico.

• 2 copos transparentes.

• Palito de sorvete.

Prepare cerca de meio copo de uma solução saturada de sal de cozinha em água. Quando você não conseguir dissolver mais sal na água, por mais que você agite a solução, ela está saturada. Deixe os cristais de sal irem para o fundo do copo. Transfira a solução com cuidado, não deixando os cristais de sal passarem para o segundo copo. Acrescente agora, aos poucos, meio copo de álcool etílico. Após a adição, agite o conteúdo do copo com o palito de sorvete. O que você observa?

Uma solução saturada de sal em água está utilizando a água disponível para solubilizar a máxima quantidade possível de sal naquela temperatura. O que aconteceria se tirássemos um pouco desta água? Com certeza não poderíamos dissolver a mesma quantidade de sal. Ficaria sobrando uma certa quantidade e este excesso iria para o fundo do copo. Foi exatamente isto que aconteceu ao colocarmos o álcool na solução saturada do sal. O álcool etílico é completamente solúvel na água em qualquer proporção. Isto ocorre devido à interação intermolecular, conhecida como ponte de hidrogênio. Desta forma uma parte da água da água contida na solução salina irá dissolver o álcool, abandonando o sal, que irá se depositar no fundo do recipiente.

Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto 2º ANO 2º ANO 2º ANO 2º ANO ---- EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS 3

2ª EXPERIÊNCIA

DETERMINAÇÃO DO TEOR DE ÁLCOOL NA GASOLINA OBJETIVO: Verificar a interação intermolecular entre as moléculas de água e álcool.

MATERIAIS: • Proveta de 100 mL.

• Água destilada.

• Gasolina.

• NaCl.

MODO DE FAZER: • Coloque 50 mL de gasolina em uma proveta de 100 mL.

• Complete o volume com água destilada ou solução 10% p/V (5g de NaCl em 50 mL de solução).

• Após a agitação e o repouso da mistura (em torno de 15 min) verifique o volume de cada componente

Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto 2º ANO 2º ANO 2º ANO 2º ANO ---- EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS 4

Aplicações:

1)(UNAERP-SP) Sabendo-se que no Brasil o álcool produzido nas usinas e destilarias é, em grande parte, adicionado à gasolina, fez-se a seguinte experiência:

água gasolina

Pede-se a porcentagem em volume de etanol na amostra de gasolina.

Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto 2º ANO 2º ANO 2º ANO 2º ANO ---- EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS 5

3ª EXPERIÊNCIA

Pressão

Temperatura (°C)

Observando o diagrama de fases acima, podemos observar que a região “BT” corresponde ao equilíbrio “sólido líquido”. Esta curva se encontra ligeiramente inclinada para a esquerda. Isto significa que, numa dada temperatura, se aumentarmos a pressão sobre o gelo, ele tenderá a se transformar em líquido.

O efeito da pressão sobre o gelo pode ser verificado suspendendo-se um arame, com dois pesos, ao redor de um bloco de gelo (figura acima). A pressão do arame irá fundir o gelo, de modo que o arame afundará no bloco.

Além da água, apenas bismuto e antimônio se comportam dessa maneira.

Geralmente, o aumento da pressão tende a solidificar um líquido.

A medida que o arame vai passando pelo bloco de gelo, a água volta a sofrer uma solidificação.

Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto 2º ANO 2º ANO 2º ANO 2º ANO ---- EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS 6

Aplicações:

1) (UFPR) Pode-se atravessar uma barra de gelo usando-se um arame com um peso adequado (experiência de Tyndall) conforme a figura, sem que a barra fique dividida em duas partes. Qual a explicação para este fenômeno?

Gelo

PesoPeso

Gelo

Peso Peso a) A pressão exercida pelo arame sobre o gelo abaixa seu ponto de fusão. b) O gelo, já cortado pelo arame, devido à baixa temperatura se solidifica novamente. c) A pressão exercida pelo arame sobre o gelo aumenta seu ponto de fusão, mantendo a barra sempre sólida. d) O arame, estando naturalmente mais aquecido, funde o gelo; este calor, uma vez perdido para a atmosfera, deixa a barra novamente sólida. e) Há uma ligeira flexão da barra e as duas partes, já cortadas pelo arame, são comprimidas uma contra a outra, soldando-se.

Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto Prof. Agamenon Roberto 2º ANO 2º ANO 2º ANO 2º ANO ---- EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS EXPERIÊNCIAS 7

4ª EXPERIÊNCIA

EFEITO COLIGATIVO: EBULIOSCOPIA (I) OBJETIVO: Verificar que a adição de um soluto não volátil a um solvente puro aumenta a sua temperatura de ebulição. MATERIAIS:

• 2 copos de béquer.

• Termômetro.

• Fonte de calor.

• Água destilada.

• Sal grosso. MODO DE FAZER: Marque os dois copos de béquer, de forma a poder reconhecê-los.

Coloque 30 mL água destilada em um dos copos de béquer.

(Parte 1 de 7)

Comentários