NBR 5413 ATUALIZADA

NBR 5413 ATUALIZADA

(Parte 1 de 2)

Copyright © 1992, ABNT–Associação Brasileira de Normas Técnicas Printed in Brazil/ Impresso no Brasil Todos os direitos reservados

ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas

ABR 1992

Iluminância de interiores NBR 5413

Palavra-chave: Iluminância13 páginas

1 Objetivo

Esta Norma estabelece os valores de iluminâncias médias mínimas em serviço para iluminação artificial em interiores, onde se realizem atividades de comércio, indústria, ensino, esporte e outras.

2 Documentos complementares

Na aplicação desta Norma é necessário consultar:

NBR 5382 - Verificação da iluminância de interiores - Método de ensaio

NBR 5461 - Iluminação - Terminologia 3 Definições

Os termos técnicos utilizados nesta Norma estão definidos em 3.1 e 3.2 e na NBR 5461.

3.1 Iluminância

Limite da razão do fluxo luminoso recebido pela superfície em torno de um ponto considerado, para a área da superfície quando esta tende para o zero.

Nota:A iluminância em serviço é determinada segundo a NBR 5382.

3.2 Campo de trabalho

Região onde, para qualquer superfície nela situada, exigem-se condições de iluminância apropriadas ao trabalho visual a ser realizado.

4 Condições gerais

4.1 A iluminância deve ser medida no campo de trabalho. Quando este não for definido, entende-se como tal o nível referente a um plano horizontal a 0,75 m do piso.

4.2 No caso de ser necessário elevar a iluminância em limitado campo de trabalho, pode-se usar iluminação suplementar.

4.3 A iluminância no restante do ambiente não deve ser inferior a 1/10 da adotada para o campo de trabalho, mesmo que haja recomendação para valor menor.

4.4 Recomenda-se que a iluminância em qualquer ponto do campo de trabalho não seja inferior a 70% da iluminância média determinada segundo a NBR 5382.

5 Tabelas de iluminâncias 5.1 Iluminâncias por classe de tarefas visuais

Ver Tabela 1.

Procedimento

Origem: Projeto 03:340.02-001/1990 CB-03 - Comitê Brasileiro de Eletricidade CE-03:340.02 - Comissão de Estudo de Iluminação Interna NBR 5413 - Interior lighting - Specification Descriptor: L ighting Esta Norma substitui a NBR 5413/1982 Incorpora Errata de JUL 1991 Reimpressão da NB-57, de MAIO 1991

Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 - 28º andar CEP 20003-900 - Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro - RJ Tel.: PABX (21) 210-3122 Fax: (21) 220-1762/220-6436 Endereço Telegráfico: w.abnt.org.br

5.2.2 O procedimento é o seguinte:

a) analisar cada característica para determinar o seu peso (-1, 0 ou +1); b) somar os três valores encontrados, algebricamente, considerando o sinal; c) usar a iluminância inferior do grupo, quando o valor total for igual a -2 ou -3; a iluminância superior, quando a soma for +2 ou +3; e a iluminância média, nos outros casos.

5.2.3 A maioria das tarefas visuais apresenta pelo menos média precisão.

5.2 Seleção de iluminância

Para determinação da iluminância conveniente é recomendável considerar os procedimentos de 5.2.1 a 5.2.4.

5.2.1 Da Tabela 1 constam os valores de iluminâncias por classe de tarefas visuais. O uso adequado de iluminância específica é determinado por três fatores, de acordo com a Tabela 2.

Nota: As classes, bem como os tipos de atividade não são rígidos quanto às iluminâncias limites recomendadas, ficando a critério do projetista avançar ou não nos valores das classes/tipos de atividade adjacentes,dependendo das características do local/tarefa.

ClasseIluminânciaTipo de atividade
A20 - 30 - 50Áreas públicas com arredores escuros
Iluminação geral para áreas50 - 75 - 100Orientação simples para permanência curta

usadas interruptamente ouRecintos não usados para trabalho contínuo;

Tarefas com requisitos visuais limitados, trabalho bruto de maquinaria, auditórios

BTarefas com requisitos visuais normais, trabalho médio de maquinaria, escritórios

Tarefas com requisitos especiais, gravação manual, inspeção, indústria de roupas.

CTarefas visuais exatas e prolongadas, eletrônica de tamanho pequeno

Tarefas visuais muito exatas, montagem de microeletrônica

10000 - 15000 - 20000Tarefas visuais muito especiais, cirurgia

5000 - 7500 - 10000

2000 - 3000 - 5000

1000 - 1500 - 2000

500 - 750 - 1000

200 - 300 - 500 100 - 150 - 200depósitos

Iluminação adicional para tarefas visuais difíceis

Iluminação geral para área de trabalho com tarefas visuais simples

Tabela 1 - Iluminâncias por classe de tarefas visuais

Tabela 2 - Fatores determinantes da iluminância adequada

IdadeInferior a 40 anos40 a 5 anosSuperior a 5 anos
Velocidade e precisãoSem importânciaImportanteCrítica
Refletância do fundoSuperior a 70%30 a 70%Inferior a 30%

Características da tarefaPeso -1 0 +1 da tarefa e do observador

5.2.4 Em 5.3, para cada tipo de local ou atividade, três iluminâncias são indicadas, sendo a seleção do valor recomendado feita da seguinte maneira:

5.2.4.1 Das três iluminâncias, considerar o valor do meio, devendo este ser utilizado em todos os casos.

5.2.4.2 O valor mais alto, das três iluminâncias, deve ser utilizado quando:

a) a tarefa se apresenta com refletâncias e contrastes bastante baixos; b) erros são de difícil correção; c) o trabalho visual é crítico; d) alta produtividade ou precisão são de grande importância; e) a capacidade visual do observador está abaixo da média.

Nota: Como exemplo de precisão, pode-se mencionar a leitura simples de um jornal versus a leitura de uma receita médica, sendo a primeira sem importância e a segunda crítica.

5.2.4.3 O valor mais baixo, das três iluminâncias, pode ser usado quando:

a) refletâncias ou contrastes são relativamente altos; b) a velocidade e/ou precisão não são importantes; c) a tarefa é executada ocasionalmente.

5.3 Iluminâncias em lux, por tipo de atividade (valores médios em serviço)

5.3.1 Acondicionamento

e empacotamento100 - 150 - 200
- tribuna300 - 500 - 750
- platéia100 - 150 - 200
- sala de espera100 - 150 - 200
- bilheterias300 - 150 - 750
- atendimento ao público300 - 500 - 750
- máquinas de contabilidade300 - 500 - 750
- estatística e contabilidade300 - 500 - 750
- salas de datilógrafas300 - 500 - 750

- engradamento, encaixotamento 5.3.2 Auditórios e anfiteatros 5.3.3 Bancos

gerentes300 - 500 - 750
- salas de recepção100 - 150 - 200
- salas de conferências150 - 200 - 300
- guichês300 - 500 - 750

- salas de

importância)200 - 300 - 500
- arquivos200 - 300 - 500
- saguão100 - 150 - 200
- cantinas100 - 150 - 200

- arquivos (incluindo acomodações para trabalhos de menor 5.3.4 Barbearias

- geral150 - 200 - 300

5.3.5 Bibliotecas

- sala de leitura300 - 500 - 750
- recinto das estantes200 - 300 - 500
- fichário200 - 300 - 500

5.3.6 Centrais elétricas

para fuligem e cinza100 - 150 - 200

- equipamento de ar condicionado, instalação de ventilação, condensadores de cinza, instalação ventiladora

de instrumentos afins100 - 150 - 200
- plataformas de caldeiras100 - 150 - 200
- alimentação de combustível100 - 150 - 200

- ferramentas acessórias, como baterias acumuladoras, tubulações alimentadoras de caldeiras, compressores e jogos

ra pó de carvão100 - 150 -200
- embasamento da turbina100 - 150 - 200
- sala da turbina100 - 150 - 200

- transportadores de carvão, trituradores e instalação pa- - instalações de hidrogênio e CO.100 - 150 - 200

água100 - 150 - 200
- laboratório químico300 - 500 - 750

- salas para amolecimento de

controle centralizado300 - 500 - 750

- salas de controle (quadro distribuidor) e salas grandes de

- salas pequenas de controle simples..........................................200 - 300 - 500

distribuição (vertical)100 - 150 - 200

- parte posterior dos quadros de

automáticos100 - 150 - 200

- salas de centros telefônicos 5.3.7 Cervejarias

- câmara de fermentação100 - 150 - 200
- fervura e lavagem de barris150 - 200 - 300
barris)150 - 200 - 300

- enchimento (garrafas, latas, 5.3.8 Cinemas e teatros

- sala de espetáculos:

(luz de guia)1
. durante o intervalo30 - 50 - 75
- sala de espera, “foyer”100 - 100 - 200
- bilheterias300 - 500 - 750

. durante o espetáculo 5.3.9 Consultórios médicos (ver 5.3.28)

5.3.10 Corredores e escadas

- geral75 - 100 - 150

5.3.1 Correios e telégrafos (ver 5.3.3)

5.3.12 Encadernação de livros

gem, etc200 - 300 - 500
- corte, perfuração e costura200 - 300 - 500
- gravação e inspeção750 - 1000 - 1500

- dobragem, montagem, cola- 5.3.13 Escolas

- salas de aulas200 - 300 - 500
- quadros negros300 - 500 - 750
- salas de trabalhos manuais200 - 300 - 500
. geral150 - 200 - 300
. local300 - 500 - 750
. platéia150 - 200 - 300
. tribuna300 - 500 - 750
- sala de desenho300 - 500 - 750
- sala de reuniões150 - 200 - 300
- salas de educação física100 - 150 - 200

- laboratórios - anfiteatros e auditórios:

lhantes300 - 500 - 750
- artes culinárias150 - 200 - 300

- costuras e atividades seme- 5.3.14 Escritórios

registros, cartografia, etc.......750 - 1000 - 1500
desenho, engenharia mecâni-
ca e arquitetura750 -1000-1500

- escritórios de:

. desenho decorativo e esboço..300 - 500 - 750 5.3.15 Esportes (salão para)

. geral100 - 150 - 200
. mesas300 - 500 - 750
- bocha150 - 200 - 300
local de arremesso e pista......150 - 200 - 300
. local dos pinos300 - 500 - 750
. local de jogos150 - 200 - 300

- bilhares: - boliche: - bola ao cesto e voleibol:

mento100 - 150 - 200
- esgrima300 - 500 - 750
- frontão300 - 500 - 750
- ginástica150 - 200 - 300
locais grandes..........................300 - 500 - 750

. locais recreativos e de treina- - hóquei:

mento150- 200 - 300
. quadra150 - 200 - 300

. locais recreativos e de treina- - futebol de salão:

. locais recreativos e de treina- mento...................................100 - 150 - 200

. quadra150 - 200 - 300

- tamborete:

mento100 - 150 - 200
- piscina (iluminação geral)100 - 150 - 200
. corridas150 - 200 - 300
. recreação100 - 150 - 200
ringue.....................................750-1000- 1500

. locais recreativos e de treina- - patinação: - pugilismo e luta livre:

mento150 - 200 - 300
quadra de jogos......................300 - 500 - 750

. locais recreativos e de treina- - tênis:

mento150 - 200 - 300

. locais recreativos e de treina- 5.3.16 Estações ferroviárias e rodoviárias

- sala de espera100 - 150 - 200
guichês300 - 500 - 750
- sala de refeições100 - 150 - 200
- depósitos de bagagens150 - 200 - 300
- plataformas100 - 150 - 200
- lavatórios100 - 150 - 200

- escritórios e 5.3.17 Estações de tratamento de águas e esgotos

. geral150 - 200 - 300
mesa de trabalho....................300 - 500 - 750

- operações químicas (laboratórios): 5.3.18 Estaleiros

- salão de montagem150 - 200 - 300
- modelagem300 - 300 - 750
- oficina de solda150 - 200 - 300
. guindastes100 - 150 - 200
. zonas de trabalho150 - 200 - 300
. zonas de transporte100 - 150 - 200

- rampa de lançamento: 5.3.19 Fabricação manual de tapetes ou similares

- geral300 - 500 - 750

5.3.20 Farmácias e drogarias (ver 5.3.28)

mento100 - 150 - 200

- área de carregamento e enchi-

chos (trabalho fino)300 - 500 - 750

- fabricação de moldes e ma-

chos (trabalho grosseiro)150 - 150 - 300
- moldagem grosseira150 - 200 - 300

- fabricação de moldes e ma-

ças fundidas200 - 300 - 500
- limpeza e acabamento150 - 200 - 300

- fundição e classificação de pe- - inspeção (material de precisão)...750-1000 - 1500

- inspeção (material grosseiro)300 - 500 - 750

5.3.2 Funilaria

perfuradoras200 - 300 - 500

- bancada, prensa, tesoura, estampagem, máquinas para formar cilindros a frio, máquinas

pas de metal750 - 1000 - 1500

- inspeção de chapas de metal estanhado e galvanizado, riscagem de desenhos em cha- 5.3.23 Gabinetes dentários (ver 5.3.28)

- banho100 - 150 - 200
- polimento150 - 200 - 300

5.3.24 Galerias de artes (ver 5.3.58 e 5.3.61) 5.3.25 Galvanoplastia e operações similares 5.3.26 Garagens

- oficinas150 - 150 - 300
- bancadas300 - 300 - 750
- áreas de lubrificação100 - 100 - 200

- poços de lubrificação...............150 - 200 - 300

- lavagem150 - 200 - 300
- estacionamento interno100 - 150 - 200
- loja300 - 500 - 750
- consertos e manutenção300 - 500 - 750
- revisão de motores300 - 500 - 750

5.3.28 Hospitais

. geral100 - 150 - 200
mesa de trabalho....................300 - 500 - 750
- quarto de preparação150 - 200 - 300
- arquivo100 - 150 - 200
. geral150 - 150 - 300
mesa de trabalho....................300 - 500 - 750
. laboratório radioquímico300 - 300 - 750
salão de medidas...................150 - 200 - 300
mesa de trabalho....................300 - 500 - 750
. sala de exame300 - 300 - 750
. geral300 - 500 - 750
depósitos de cadáveres..........100 - 150 - 200
física......................................150 - 200 - 300
aplicada.................................150 - 200 - 300
- lavabos100 - 150 - 200
radiografias, fluoroscopia e
câmara100 - 150 - 200

- sala dos médicos ou enfermeiras: - farmácia: - trabalho com radioisótopos: - otorrinolaringologia: - autópsias: - terapia: - raio-X:

superficial100 - 150 - 200
. exames de provas150 - 200 - 300
arquivos de filmes revelados...150 - 200 - 300
estocagem de filmes sem
revelações100 - 150 - 200
. geral100 - 150 - 200
. mesa300 - 500 - 750
depósito de remédios.............100 - 150 - 300
geral100 - 150 - 200

. radioterapia profunda e - dispensário: - banheiros:

mentar)200 - 200 - 500
- biblioteca300 - 500 - 750
. geral300 - 500 - 750
- corredores e escadas75 - 100 - 150

. espelhos (iluminação suple- - pronto-socorro:

- escritórios (ver 5.3.14)

- cozinhas150 - 150 - 300
sala de pesquisa....................150 - 200 - 300
mesa de trabalho...................300 - 500 - 750
. geral150 - 200 - 300
. mesa de diagnóstico300 - 500 - 750
sala de operação (iluminação
geral)300 - 500 - 750
. sala de esterilização300 - 500 - 750
sala de dentista

- laboratórios de análises: - salas de diagnósticos e terapêuticas: - departamento cirúrgico: - departamento dentário: (iluminação

geral)150 - 200 - 300
- lavatórios100 - 150 - 200
sala de partos (iluminação
geral)150 - 200 - 300
. berçário75 - 100 - 150
sala de atendimento ao
berçário150 - 200 - 300

- departamento de maternidade: - lavanderia (ver 5.3.5)

. geral100 - 150 - 200
. cama150 - 150 - 300

- quartos particulares para pacientes: 5.3.29 Hotéis e restaurantes

- banheiros100 - 150 - 200
tar)200 - 300 - 500
- corredores e escadas75 - 100 - 150

- espelhos (iluminação suplemen-

. geral100 - 150 - 200
. mesa200 - 300 - 500
. geral150 - 200 - 300
local.......................................300 - 500 - 750
. geral100 - 150 - 200
cama (iluminação suplemen-
tar)150 - 200 - 300
escrivaninha............................200 - 300 - 500
. penteadeiras200 - 300 - 500
salão de conferências.............100 - 150 - 200
. tablados300 - 150 - 750

- sala de leitura: - cozinha: - quartos: - salão de reuniões: - exposições e demonstrações...200 - 300 - 500

- sala de reuniões de hóspedes...100 - 150 - 200

- restaurantes100 - 150 - 200
- lanchonetes150 - 200 - 300
- auto-serviço150 - 200 - 300
- portaria e recepção150 - 200 - 300
- centro telefônico150 - 200 - 300

5.3.30 Igrejas e templos

ofício30 - 50 - 75

- nave, entrada, auditórios, sem

ofício100 - 150 - 200
- púlpito, com ofício200 - 300 - 500

- nave, entrada, auditórios, com 5.3.31 Indústrias alimentícias

- seleção de refugos150 - 200 - 300
- limpeza e lavagem150 - 200 - 300
cortes)750 - 1000 - 1500

- classificação pela cor (sala de

e sementes150 - 200 - 300
mecânico (correia
transportadora)150 - 200 - 300
manual...................................200 - 300 - 500

- cortes e remoção de caroços - enlatamento:

(amostras para ensaios)750 - 1000 - 1500
. inspeção750 - 1000 - 1500
. selagem das latas150 - 200 - 300

. inspeção de latas cheias - trabalho com latas:

. arranjo de latas e acondiciona- mento em caixas de papelão..100 - 150 - 200

5.3.32 Indústria de artigos de ourivesaria e joalheria

- geral750 - 1000 - 1500
- local1500 - 2000 - 3000

5.3.3 Indústria de automóveis

tes componentes200 - 300 - 500

- construção de carrocerias e chassis, montagem das par-

chassis300 - 500 - 750
- montagem de carrocerias200 - 300 - 500
- acabamento e inspeção750 - 1000 - 1500

- linha de montagem dos 5.3.34 Indústrias de aviões

perfuração, rebitagem e
pivotagem200 - 200 - 500
. cabines de pulverização300 - 500 - 750

- fabricação:

. riscagem de chapas de alu- mínio, fabricação de gaba- ritos ou modelos de braçadeiras, parte da fuselagem, peças das asas, etc...............300 - 500 - 750

iluminação geral.....................150 - 200 - 300
iluminação suplementar
sobre o trabalho1500 - 2000 - 3000
trem de aterrissagem, monta-
grandes300 - 500 - 750
colocação dos motores,
aterrissagem, etc300 - 500 - 750

- solda: - montagem: gens, peças das asas, casco de fuselagem e outras peças - montagem final: peças das asas, trem de

completa e equipamentos300 - 500 - 750

. inspeção da fuselagem

ferramenta300 - 500 - 750

. consertos das máquinas- 5.3.35 Indústrias de borrachas

- processamento de matérias-primas:

. trituração, vulcanização100 - 150 - 200
. calandragem150 - 200 - 300
máquinas para pneumáticos
extrusão, refinação150 - 200 - 300
- inspeção final750 - 1000 - 1500

- outras operações: de veículos, mangueiras de borracha, moldagem por compressão, moldagem por 5.3.36 Indústrias de calçados

- couros:

e classificação750 - 1000 - 1500
pregação com tachas, colo-
mento750 - 1000 - 1500

. riscagem de modelos, cortes, costuras, formação de pares cação de solas, pregueação, colocação nas fôrmas, colo- cação de vira, enrijecimento, limpeza, tingimento e poli- - borracha:

de lençóis de borracha100 - 150 - 200
envernizamento, vulcanização,
superior e solas150 - 200 - 300
rolamentos de solas, colagem
tagem e acabamento300 - 500 - 750

. lavagem, tratamento de com- posto de borracha, confecção calandragem, corte da parte do revestimento interno, mon- 5.3.37 Indústrias de cerâmicas

secagem100 - 150 - 200

- trituração, filtragem e prensa,

limpeza100 - 150 - 200

- moldagem, acabamentos e

(grosseira)300 - 500 - 750

- coloração e vitrificação

(delicada)750 - 1000 - 1500
- decoração manual750 - 1000 - 1500

- coloração e vitrificação 5.3.38 Indústrias de chapéus

limpeza e refinação300 - 500 - 750

- tingimento, impermeabilização,

gem a ferro750 - 1000 - 1500
- costuras e guarnecimento1500 - 2000 - 3000

- formação, dimensionamento, perfuração, confecção de aba, acabamento e passa- 5.3.39 Indústrias de cimentos

- moagem, fornos100 - 150 - 200
- ensacamento100 - 150 - 200

- escalas, painéis e instrumentos..300 - 500 - 750 5.3.40 Indústrias de confeitos

quebra, seleção, extração de
cação, transporte150 - 200 - 300
- fabricação de balas300 - 500 - 750
mistura, fervura, amassamento.150 - 200 - 300
decoração manual..................300 - 500 - 750

- seção de chocolates: gordura, alisamento e purifi- - recheios: - confeitos consistentes:

mento150 - 200 - 300

. mistura, fervura, amassa-

acondicionamento300 - 500 - 750

. corte, classificação e 5.3.41 Indústrias de conservas de carnes

- abate de gado100 - 150 - 200

- limpeza e corte........................300 - 500 - 750

mento e acondicionamento150 - 200 - 300
- tanques100 - 150 - 200

- cozimento, moagem, enlata- 5.3.42 Indústrias de couros

tingimento100 - 150 - 200

- limpeza, curtimento, estriagem,

preparação150 - 200 - 300
- acabamento e inspeção300 - 500 - 750

- divisão, descarnamento e 5.3.43 Indústrias de fumos

mistura150 - 200 - 300

- secagem, rasgamento, corte e

essências e goma150 - 200 - 300
- inspeção e classificação750 - 1000 - 1500

- preparação de melados,

charutos e filtros300 - 500 - 750

- máquinas para cigarros,

tamento300 - 500 - 750
- geral150 - 200 - 300
- geral1500 - 2000 - 3000

- encarteiramento e empaco- 5.3.4 Indústrias de gelo 5.3.45 Indústrias de gravação de desenhos e dizeres 5.3.46 Indústrias de luvas

perfuração750 - 1000 - 1500

- cortes, prensagem,

classificação300 - 500 - 750

- confecção de malhas,

- costuras, guarnecimento,

inspeção1500 - 2000 - 3000
- impregnação150 - 200 - 300
- isolação300 - 500 - 750
- enrolamento, bobinagem300 - 500 - 750
- ensaios, inspeção300 - 500 - 750

5.3.47 Indústrias de materiais elétricos e telecomunicações

- trabalhos mecânicos e de montagem (ver 5.3.3) 5.3.48 Indústrias metalúrgicas

de ajustador150 - 200 - 300

- usinagem grosseira e trabalhos

de plainas, tornos e polimento300 - 500 - 750

- usinagem média e trabalhos de ajustador, trabalhos grosseiros

limento de alta qualidade750 - 1000 - 1500

- usinagem de precisão de trabalhos de ajustador, máquinas de precisão automática, plainamento, tornos de precisão e po-

trabalhos de ajustador1500 - 2000 - 3000

- usinagem de alta precisão e 5.3.49 Indústrias de papéis

dragem150 - 200 - 300

- abertura e trituração, calan-

usinagem e refinação150 - 200 - 300

- máquinas de papel, cortes,

úmido150 - 200 - 300

- máquinas de papel - lado

seco, inspeção, laboratório300 - 500 - 750

- máquinas de papel - lado 5.3.50 Indústrias químicas

ção150 - 200 - 300

- fornos de operação manual, secadores estacionários, caldeiras e tanques de cristaliza-

mento150 - 200 - 300

- fornos mecânicos e tanques de cristalização, vasos de evaporação, filtragem, alveja-

mento de filtração, eletrólise150 - 200 - 300

- caldeiras de engrossamento, extração, filtragem e equipa-

- indústria e reparação de relógios, cronômetros e equipamento de precisão:

. geral1500 - 2000 - 3000

5.3.50.1 Indústrias de sabão

pó e flocos150 - 200 - 300

- fervura, cortes, fabricação de

das caixas150 - 200 - 300

- prensagem, acondicionamento e embalagem, enchimento das caixas de papelão com sabão em pó e acondicionamento 5.3.51 Indústrias têxteis

- algodão:

. abertura de fardos, batedores, misturas, classificação...........150 - 200 - 300

cardação, estiragem, engoma-
e carretéis, fiação200 - 300 - 500

10NBR 5413/1992 gem, enrolamento de bobinas

urdimento300 - 500 - 750
preparação dos rolos de
urdume300 - 500 - 750
. tecelagem300 - 500 - 750

. espulagem, classificação,

nárias)300 - 500 - 750

. inspeção (peças estacio-

mento rápido)750 - 1000 -1500
engrupagem automática.........750 - 1000 - 1500
engrupagem manual...............300 - 500 - 750
desengomagem, tingimento,
secagem150 - 200 - 300

. inspeção (peças em movi- - sedas e fibras sintéticas:

carretéis, retorção150 - 200 - 300
. urdimento, fiação300 - 500 - 750
. tecelagem300 - 500 - 750

. enrolamento de bobinas e - lã:

misturas, classificação150 - 200 - 300
. lavagem, massaroqueiras150 - 200 - 300
. mistura150 - 200 - 300
. inspeção300 - 500 - 750

. abertura de fardos, batedores,

to de espulas150 - 200 - 300
. fiação (branca)150 - 200 - 300
. fiação (colorida)300 - 500 - 750
. tecelagem (branca)300 - 500 - 750
. tecelagem (colorida)750 - 1000 - 1500
. urdimento300 - 500 - 750
. engrupagem150 - 200 - 300

. cardação, estiragem, engo- magem, retorção, enrolamen- 5.3.52 Indústrias de tintas

- geral150 - 200 - 300
na fábrica)750 - 1000 - 1500

- igualação de cores de acordo com os padrões (localmente

- inspeção do material1500 - 2000 - 3000
- corte e passagem750 - 1000 - 1500

5.3.53 Indústrias de vestuário

guarnecimento750 - 1000 - 1500

- costura e 5.3.54 Indústrias de vidros

à maquina150 - 200 - 300

- salas de mistura e salões de fornos, moldagem e pressão, resfriamento e sopramento

dimensional, prateamento300 - 500 - 750

- esmerilhamento, corte

mento, chanframento300 - 500 - 750

- esmerilhamento fino, poli-

inspeção750 - 1000 - 1500

- gravação, polimento e 5.3.5 Lavanderias

- lavagem de roupas150 - 200 - 300
cação150 - 200 - 300
- calandragem, classificação150 - 200 - 300

- passagem de peças a ferro, pesagem, contagem e mar-

las de vestidos)300 - 500 - 750

- passagem manual a ferro de peças delicadas (saias e go- 5.3.56 Lavatórios

- geral100 - 150 - 200
- espelho200 - 300 - 500

5.3.57 Locais de armazenamento

freqüentemente)75 - 100 - 150

- armazéns gerais (não usados - armazéns de fábricas (usados freqüentemente):

grandes150 - 200 - 300

. armazenamento de volumes

pequenos150 - 200 - 300

. armazenamento de volumes

muito pequenos200 - 300 - 500

. armazenamento de volumes 5.3.58 Lojas

- vitrinas e balcões (centros comerciais de grandes cidades):

facho concentrado3000 - 5000 - 7500

. iluminação suplementar com

- vitrinas e balcões (outros locais fora dos centros comerciais):

. geral300 - 500 - 750
facho concentrado1000 - 1500 - 2000
loja de artigos diversos...........300 - 500 - 750
. centros comerciais300 - 500 - 750
outros locais...........................300 - 300 - 750

. iluminação suplementar com - interior de: 5.3.59 Marcenaria e carpintaria

trabalho grosseiro150 - 200 - 300

- serragem e aparelhamento,

folheamento e montagem200 - 300 - 500

- dimensionamento, plainagem, lixamento grosso, aparelhamento semipreciso, colagem,

lixamento fino e acabamento300 - 500 - 750

- aparelhamento de precisão, 5.3.60 Moinhos de farinhas

purificação150 - 200 - 300
- embalagem150 - 200 - 300
- inspeção do produto300 - 500 - 750

- moagem, peneiramento,

inspeção de tanques150 - 200 - 300

- limpeza de peneiras, passagem, 5.3.61 Museus

- geral75 - 100 - 150
tar)150 - 200 - 300
- esculturas e outros objetos300 - 500 - 750

- quadro (iluminação suplemen- 5.3.62 Padarias

- sala de mistura150 - 200 - 300
cal)100 - 150 - 200
- sala de fermentação100 - 150 - 200
- sala de preparação150 - 200 - 300
- espaço de forno150 - 200 - 300
- decoração de moldagem200 - 300 - 500
- sala de embalagem150 - 200 - 300

- porta-massa (iluminação verti- 5.3.63 Pinturas

pintura e acabamento200 - 300 - 500

- imersão, pulverização, remoção de camadas antigas, lixamento,

qualidade300 - 500 - 750

- pintura e acabamento de alta

móvel, piano, etc.)750 - 1000 - 1500
- polimento e brunimento200 - 300 - 500

- pintura e acabamento de qualidade superior (auto- 5.3.64 Produtos de papel (caixas de papelão)

- sala de fabricação200 - 300 - 500
- armazenamento100 - 150 - 200

5.3.65 Residências

. geral100 - 150 - 200

- salas de estar:

etc.)300 - 500 - 750
. geral100 - 150 - 200
. local (fogão, pia, mesa)200 - 300 - 500
. geral100 - 150 - 200

. local (leitura, escrita, bordado, - cozinhas: - quartos de dormir:

cama)200 - 300 - 500
. geral75 - 100 - 150
local.......................................200 - 300 - 500
. geral100 - 150 - 200
. local (espelhos)200 - 300 - 500

. local (espelho, penteadeira, - hall, escadas, despensas, garagens: - banheiros: 5.3.6 Restaurantes (ver 5.3.29)

5.3.67 Siderúrgicas

- depósito de matérias-primas100 - 150 - 200

- áreas de carregamento.............150 - 200 - 300

poço de resíduos....................150 - 200 - 300
aberturas para inspeções........150 - 200 - 300
- fundição de lingotes150 - 200 - 300
- depósitos de lingotes150 - 200 - 300

- enchimento de fornos:

material refratário150 - 200 - 300
- depósito de refugo150 - 200 - 300
- fabricação de aço150 - 200 - 300
- compartimento de trituração150 - 200 - 300

- conserto de portas do forno e 5.3.68 Soldas

- iluminação geral150 - 200 - 300
(manual)1500 - 2000 - 3000

- solda de arco de precisão 5.3.69 Tapeçarias

- estofamento de móveis300 - 500 - 750

5.3.70 Terminais de vídeo

datilografia)300 - 500 - 750
- teclado300 - 300 - 300

- leitura de documentos (para 5.3.71 Tinturarias

gem e limpeza150 - 200 - 300

- marcação, classificação, lava-

chas1500 - 2000 - 3000

- inspeção e remoção de man-

(a máquina ou manual)300 - 500 - 750
- consertos e modificações750 - 1000 - 1500

- passagem de roupas 5.3.72 Tipografias

confecção de matrizes............300 - 500 - 750

- fundição de tipos:

ou manual), classificação200 - 300 - 500
inspeção de cores..................750 - 1000 - 1500

. fundição de tipos (mecânica - oficinas tipográficas:

manual de tipos200 - 500 - 750
. impressão200 - 300 - 500
mesas de fôrmas....................300 - 500 - 750
. revisão300 - 500 - 750

. montagem de tipos na máquina, sala para a montagem - seção eletroquímica:

mento de matrizes300 - 500 - 750
. estereotipagem200 - 300 - 500
gravação, tiragem de provas..200 - 300 - 500
retocagem e inspeção............300 - 500 - 750
preparação de cores..............300 - 500 - 750
cobrimento (máscaras)...........300 - 500 - 750

. gravação, retocagem e acaba- - litografia: 5.3.73 Trabalhos com couros

polimento750 - 1000 - 1500

- prensagem, enrolamento e

corte e costura750 - 1000 - 1500

- inspeção, classificação, 5.3.74 Tratamento de carvão

lavagem150 - 200 - 300

- trituração, peneiramento,

portadora)200 - 300 - 500

- classificação (correia trans- 5.3.75 Usinas de aço

- forjas150 - 200 - 300

- laminação:

chapas150 - 200 - 300
trefilação de tubos, verga-
lhões e fios150 - 200 - 300
estanhagens, galvanização,
laminação a frio150 - 200 - 300
- salas de máquinas150 - 200 - 300
chapas pretas, chapas lamina-
das300 - 500 - 750
chapas estanhadas e outras

. uma fase de laminação, la- minação a quente de tiras, laminação a frio de tiras e - fabricação de chapas: - inspeção: superfícies claras...................300 - 500 - 750

5.3.76 Usinas de açúcar

transporte150 - 200 - 300

- moagem, mistura, fervura,

ção, peneiramento300 - 500 - 750
- Inspeção de cor750 - 500 - 750
- armazenamento100 - 150 - 200

- usinagem centrífuga, purifica- 5.3.7 Usinas de leite

- sala de esterilização, armazenamento de garrafas, instalações de lavagem de latas pa-

(Parte 1 de 2)

Comentários