Estruturas organizacionais

Estruturas organizacionais

(Parte 1 de 9)

Ponto dos Concursos w.pontodosconcursos.com.br

Atenção.

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo do aluno matriculado, cujo nome e CPF constam do texto apresentado, sendo vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição.

É vedado, também, o fornecimento de informações cadastrais inexatas ou incompletas – nome, endereço, CPF, e-mail - no ato da matrícula.

O descumprimento dessas vedações implicará o imediato cancelamento da matrícula, sem prévio aviso e sem devolução de valores pagos - sem prejuízo da responsabilização civil e criminal do infrator.

Em razão da presença da marca d’ água, identificadora do nome e CPF do aluno matriculado, em todas as páginas deste material, recomenda-se a sua impressão no modo econômico da impressora.

w.pontodosconcursos.com.br 1

Aula Extra – Complemento e exercícios

1. Estruturas organizacionais tradicionais1
1.1. Organização linear2
1.2. Organização funcional2
1.3. Organização linha-staff3
2. Estruturas organizacionais matriciais3
3. Estruturas organizacionais inovadoras4
3.1. Adhocracia4
3.2. Organização em rede4
3.3. Organização virtual4
4. Exercícios5
5. Gabarito24
6. Bibliografia da aula 138

Índice:

Olá, pessoal, tudo bem? Conforme prometido, aqui está a aula 1 – extra, com mais exercícios referentes ao conteúdo da aula 1. Acho que vocês vão ficar felizes com a quantidade de itens de prova. São muitos itens, sei que falta pouco tempo para o concurso, mas creio que, na reta final, a melhor maneira de praticar é resolver itens de prova. É um bom simulado para vocês verem o quanto aprenderam do conteúdo da aula 1, mas ressalto que a ampla maioria dos itens da lista são mais fáceis do que vocês devem esperar para a prova. Os itens estão organizados por data, dos mais antigos aos mais novos.

Além dos exercícios, resolvi incluir um complemento referente aos tipos de estrutura organizacional. Temos, para a prova, que estar preparados para qualquer coisa, né? Assim, este complemento especifica melhor os tipos de estrutura organizacional que podem ser cobrados na prova. Obs.: este complemento de conteúdo não é aula. É apenas um resumo de um trecho do livro do Chiavenato, ok?

Em virtude da quantidade de itens, alguns têm comentários bem sintéticos. Caso haja dúvidas a respeito do complemento ou de algum item específico, utilizem o fórum.

1. Estruturas organizacionais tradicionais

Estruturas tradicionais normalmente são menos flexíveis, mais recomendadas, portanto, a ambientes estáveis, de pouca transformação. Preste atenção a isso: as estruturas tradicionais também podem ser chamadas, na hora da prova, de estruturas mecânicas ou w.pontodosconcursos.com.br 2 estruturas mecanísticas. Em alguns contextos, além disso, estruturas tradicionais podem ser chamadas de estruturas burocráticas, quando a referência for ao alto grau de formalização e padronização e às características que vimos, na aula 0, quando tratamos da teoria da burocracia.

Segundo Chiavenato, são três os tipos tradicionais de organização: linear, funcional e linha-staff. Vamos ver, abaixo, o que são estes tipos, com base no que Chiavenato nos ensina sobre o assunto:

1.1. Organização linear

A organização linear é o tipo mais simples de estrutura organizacional. Este tipo de organização é fundado na idéia de autoridade hierárquica linear. É a famosa estrutura piramidal.

Características: autoridade linear ou única; linhas formais de comunicação; centralização das decisões; formato piramidal.

Vantagens: estrutura simples e de fácil e clara compreensão; clara definição das responsabilidades; facilidade de implantação; estabilidade; ideal para pequenas empresas; ideal para situações de permanência e estabilidade.

Desvantagens: estabilidade e constância das relações formais; autoridade linear baseada no comando único e direto; exagera a função de chefia e de comando; a unidade de comando torna o chefe um generalista; à medida que a empresa cresce, a estrutura linear conduz inexoravelmente ao congestionamento das linhas formais de comunicação; comunicações indiretas.

1.2. Organização funcional

Este tipo de organização é fundado na idéia de especialização ou princípio funcional.

Características: autoridade funcional; linhas diretas de comunicação; descentralização das decisões; ênfase na especialização.

Vantagens: fornece o máximo de especialização nos diversos órgãos ou cargos da organização; permite a melhor supervisão técnica possível; desenvolve comunicações diretas e sem intermediação; separa as w.pontodosconcursos.com.br 3 funções de planejamento e de controle das funções de execução, com a especialização do planejamento, do controle e da execução.

Desvantagens: Substituição da autoridade linear pela autoridade funcional pode diluir autoridade; tendência à concorrência entre especialistas; tendência à tensão e conflitos dentro da organização; confusão quanto aos objetivos.

1.3. Organização linha-staff

Também chamada de organização linha-assessoria, é uma evolução da organização linear. Além dos órgãos de linha, executores diretos das tarefas importantes, surgiram órgãos de staff, compostos de especialistas, assessores e consultores, responsáveis por consultoria, monitoração, planejamento e controle.

Características: fusão da estrutura linear com a estrutura funcional; coexistência entre as linhas formais de comunicação com as linhas diretas de comunicação; separação entre órgãos operacionais (de linha ou executivos) e órgãos de apoio (staff).

Vantagens: Assessoria especializada e inovadora; mantém atividade conjunta e coordenada de órgãos de linha e de staff.

Desvantagens: possibilidade de conflitos entre órgãos de linha e de staff; dificuldade de manutenção de equilíbrio entre linha e staff;

2. Estruturas organizacionais matriciais

Estruturas organizacionais matriciais combinam a departamentalização funcional com a departamentalização por projetos ou por produtos. Traz algumas das vantagens das organizações orgânicas, que veremos no tópico 3.

Vantagens: aglutinação de vantagens e neutralização de desvantagens das estruturas matriciais e por projeto/produto; combinação de esforços de especialização e coordenação; foco no lucro e nos recursos; resposta à complexidade dos negócios; resposta à turbulência ambiental.

Desvantagens: viola a unidade de comando; enfraquece a coordenação vertical; depende da colaboração dos participantes.

w.pontodosconcursos.com.br 4

3. Estruturas organizacionais inovadoras

As estruturas inovadoras são formas mais flexíveis de organização, adaptadas para ambientes de rápidas transformações. Na hora da prova, também podem ser chamadas de estruturas inovativas, organizações orgânicas ou pós-burocráticas. Vamos ver, agora, três tipos de estruturas inovativas:

3.1. Adhocracia

Se você gosta de latinês, já deve ter ouvido a expressão ad hoc, que pode significar “aqui e agora”, “para isto”, “especificamente”. Com a necessidade de flexibilização das organizações, surgiu a estrutura ad hoc, nova forma de administração caracterizada por estruturas voltadas para problemas mutáveis.

Características: equipes e grupos cooperativos, geralmente equipes multifuncionais; tarefas efêmeras; formas organizacionais flexíveis e livres; ênfase na missão a cumprir; comunidades de interesses.

3.2. Organização em rede

“As organizações bem-sucedidas na era da globalização estão substituindo os seus tradicionais departamentos funcionais pela estrutura em redes. As redes podem conter unidades organizacionais ou equipes multifuncionais e interdisciplinares”.

Características: elevada flexibilidade, mobilidade, horizontalidade, conectividade, coordenação própria, autonomia auto-suficiência de recursos e competências.

Vantagens: permite a visualização do negócio, permite integrar unidades de negócio, baixíssimo custo operacional.

3.3. Organização virtual

“As redes organizacionais podem ser comunidades presenciais ou virtuais. O conceito de “organização virtual” é utilizado quando é a tecnologia de computação o que mantém conectada a rede de fornecedores e parceiros. Assim, toda organização virtual é uma rede w.pontodosconcursos.com.br 5 organizacional, mas nem toda rede organizacional é uma organização virtual. As tecnologias de informação e comunicação permitem às diferentes unidades da rede compartilhar custos, habilidades e acesso a mercados, ampliando a flexibilidade e a agilidade de resposta da rede”.

Características: alta tecnologia, excelência no desempenho, aproveitamento de oportunidades de mercado, confiança entre os membros e ausência dos limites das organizações tradicionais.

4. Exercícios

(Cespe / SGA_SE-DF 2002) Os tipos de estrutura de organização existentes têm-se desenvolvido acentuadamente. A respeito desse assunto, julgue os itens seguintes.

Item 28 A estrutura de organização funcional é o tipo de estrutura organizacional que tem como base a supervisão funcional proposta por Taylor (administração científica), que aplica o princípio da especialização das funções.

(Parte 1 de 9)

Comentários