(Parte 1 de 7)

André M. Sarmento

Este manual foi criado com o intuito disseminar o uso do software Pajek, que até o momento dispõe de poucos manuais/tutoriais práticos, e a sua grande maioria em inglês.

Através de um contato direto com o programa tem como objetivo proporcionar ao usuário um rápido aprendizado das principais funções do software.

Para fins didáticos está dividido em Parte I e I, a primeira é a iniciação ao programa e aos seus comandos básicos. A parte I já vem através de exemplos aplicar recursos mais avançados do programa.

O manual foi desenvolvido com base na versão 1.28 do Pajek.

Apresentação Tela principal

Lendodados de um arquivo

Exemplo – Tutorial:

Criando uma rede Comandosmais comuns

Configurandoo layout

Criando uma rede direto no Pajek

Partições (Partitions)

Vetores (Vectors)

Recapitulando (exemploresumo)

Propriedadesdos Vértices Partições

ConfigurandoLayout

Gerenciandoa Rede

VisãoGlobal e Contextual

Vetores

Análise da Rede

Os arquivos-exemplo utilizados nesse tutorial se encontram na pasta “data” dentro da pasta onde o Pajekfoi instalado.

Pajek(“aranha” emesloveno) é um programade Windows paraanálisede grandesredes.

Começoua ser desenvolvidoem1996.

O programaestádisponívelgratuitamenteno site para uso não-comercial:

http://vlado.fmf.uni-lj.si/pub/networks/pajek/

Alémdos seusprópriosformatosde arquivo, o programaaceita diversos outros como:

UCINET DL, genealogical GED, e algunsformatosmoleculares: BS (Ball and Stick), MAC (Mac Molecule) e MOL (MDL MOLfile).

Rode o Pajek. Apareceráa janelaprincipal (vejano próximo slide). O programaé organizadocomoumacalculadorapara dados de redes.

Network (rede)-objetoprincipal (linhase vértices); Partition(partição) –paraqualcluster o vérticepertence;

Vector (vetor) - valores dos vértices;

Permutation(permutação) – reordenação dos vértices;

Cluster(“grupo”)–subconjuntode vértices(porexemplo, o cluster de umapartição);

Hierarchy(hierarquia) – clusters (“grupos”) e vértices ordenadoshierarquicamente

Clique no primeiro ícone de ‘Network’ e na caixa de diálogo selecione o tipo de arquivo desejado. Por exemplo,

para ‘Ucinet data’, escolha o tipo: “UCINET DL files (*.dat)”

Encontre seu arquivo, selecione e clique em open para abri-lo. Se tudo estiver certo, aparecerá uma nova network (rede) no ‘Network’ e uma abrirá uma nova janela com as informações do processo de leitura do arquivo.

Agora, pode-se traçar a rede usando indo no menu

Draw e clicando em draw. Fazendo isso aparecerá uma tela com a representação gráfica da rede.

Pode-se montar uma rede por diversas formas no

Pajek, a seguir alguns exemplos básicos de sua utilização.

Linhas vazias no programa indicam fim da rede, não crie parágrafos.

Não separar as palavras com tabulação (botão Tabdo teclado)

O espaço normal entre os dados pode ser usado livremente

Erros de leitura as vezes requerem que o programa seja reaberto.

Os “comandos” do Pajek são iniciados com *.

*Vertices5 define uma rede com 5 vértices.

Abaixo colocam-se os vértices numerados

Se preciso cada vértice pode ser nomeado, basta colocar entre aspas o nome desejado.

Salve o arquivo anterior com um nome qualquer.

Abra o arquivo salvo no Pajek.

(Parte 1 de 7)

Comentários