Tipos de Vistas de Desenho

Tipos de Vistas de Desenho

Tipos de vistas de desenho

Vista base

A primeira vista criada no desenho. A vista base é a origem das vistas posteriores e determina sua escala e alinhamento.

Você pode criar uma ou mais vistas base em um folha de desenho.

Você seleciona a orientação da vista quando esta é criada. As orientações padrão têm base na origem do protótipo digital.

Vista projetada

Um vista ortogonal ou isométrica que é gerada a partir de uma vista base ou outra vista existente. Você pode criar múltiplas vistas projetadas em uma única operação. A posição do cursor relativa a vista principal determina a orientação da vista projetada.

As vistas projetadas herdam a escala e exibem as configurações da vista principal. As vistas projetadas ortogonais conservam o alinhamento em relação a vista principal. A norma de desenho ativa define a projeção do primeiro ou do terceiro ângulo.

Vista auxiliar

A vista projetada perpendicular a uma linha ou aresta selecionada pelo usuário. Utilize a vista auxiliar para documentar as operações das faces inclinadas.

A posição do cursor relativa a vista principal determina a orientação da vista auxiliar. As vistas auxiliares herdam a escala e exibem as configurações da vista principal.

Vista de corte

Vista criada ao criar o esboço de uma linha que define um plano usado para cortar através de uma peça ou de uma montagem. Você desenha a linha de corte quando cria a vista ou seleciona-a em um esboço associado com a vista principal. A linha de corte pode ser um segmento reto único ou múltiplos segmentos. As pontas de seta da linha de corte da vista base são orientadas automaticamente para refletir a posição da vista de corte em relação à vista base.

A hachura cruzada, a linha de corte e as legendas são automaticamente colocadas.

Vista de detalhe

A vista ampliada de um parte específica de outra vista do desenho. Por padrão, a escala da vista de detalhe é o dobro da escala da vista principal, mas você ainda pode especificar qualquer escala. Uma vista de detalhe é criada sem nenhum alinhamento em relação a vista principal.

O Autodesk Inventor legenda a vista de detalhe e a área que é derivada de sua vista principal. Você pode configurar uma borda circular ou uma borda retangular para o detalhe.

Vista subjacente

Uma vista única que mostra um montagem em múltiplas posições. As subjacências estão disponíveis para as vistas auxiliares, projetadas e base. A vista subjacente é criada no topo da vista principal.

Vista de rascunho

A vista criada a partir de um esboço 2D no arquivo de desenho. Você pode inserir uma vista de rascunho e criar um desenho sem um modelo associado. A vista de rascunho pode fornecer os detalhes que faltam em um modelo.

Arquitetura e Engenharia Civil

A aplicação mais comum de cortes na Arquitetura e na Engenharia Civil é nas plantas baixas (SCALCO, 2004). Para determinar essas representações, as edificações podem ser seccionadas com planos horizontais (Figura 1), gerando as plantas baixas (Figura 2), ou com planos verticais, gerando elevações em corte (SCALCO, 2004). No caso das plantas baixas, o plano secante atravessa a edificação na altura de 1,5m a partir do piso, permitindo que sejam observadas as paredes, portas e janelas, e suas características (SCALCO, 2004).

Figura 1 - Processo de geração de uma planta (SCALCO, 2004, p. 1).

Figura 2 - Corte horizontal de uma casa (REZENDE; GRANSOTTO, 2007, p. 6).

As construções também podem ser seccionadas na vertical (Figura 3), gerando então cortes longitudinais e transversais que são desenhos nos quais a construção é representada como se tivesse sido cortada por um ou mais planos (REZENDE; GRANSOTTO, 2007). Ainda na Arquitetura, na disciplina Desenho Técnico foi encontrada outra aplicação de seção plana. Em muitos casos a representação da realidade por meio de um desenho não é uma tarefa fácil, devido à dificuldade de interpretação do desenho, principalmente em peças complexas, com um grande número de linhas (BERNARDES, et. al., 2009). Para evitar essas dificuldades, se utiliza nos desenhos técnicos a representação de peças através de vistas seccionadas (cortes ou seções) juntamente com as representações em vistas ortográficas (Figura 1.7), buscando facilidade de representação, rapidez e eficiência de interpretação dos desenhos (BERNARDES, et al., 2009).

Figura 3 - Corte vertical de uma casa (REZENDE; GRANSOTTO, 2007, p. 8).

Fig ura 4 - Peça seccionada (BERNARDES, et al., 2009, p.8).

Comentários