estruturalismo e funcionalismo

estruturalismo e funcionalismo

AULA 2

Teorias e sistemas em psicologia Estruturalismo e Funcionalismo

A fundação oficial da Psicologia

 Psicologia CulturalOs processos mentais superiores(aprendizagem, memória, etc.)

Wilhelm Wundt foi o fundador da psicologia como disciplina acadêmica formal. Psicologia Experimental: O estudo da experiência consciente.

A consciência tem um papel ativo na organização de seu conteúdo.

Introspecção: Auto-exame do estado mental. Percepção interna.

Estruturalismo

Edward Bradford Titchener

Titchener foi aluno de Wundt e levou a proposta de se desenvolver uma psicologia científica nos Estados Unidos, criando o Estruturalismo.

Wundt estudava a capacidade de síntese dos conteúdos mentais por meio da apercepção a partir de uma organização voluntária dos elementos mentais.

Titchener também se concentrava nos elementos ou conteúdos mentais, mas focava sua atenção aos elementos da consciência.

Interessava ao Estruturalismo de Titchener descobrir a natureza das experiências conscientes elementares, determinar a estrutura da consciência, através da análise de suas partes componentes.

O objeto de estudo da psicologia é a experiência consciente.

Conteúdo consciente elementar da experiência.

A psicologia é uma ciência pura, náo se preocupa com a aplicação do conhecimento psicológico.

O estruturalismo utilizava como método a introspecção experimental sistemática, valendo-se de observadores rigorosamente treinados para descrever os elementos de seu estado consciente.

As propostas do estruturalismo para a psicologia

Reduzir os processos conscientes aos seus componentes mais simples; Determinar as leis de associação desses elementos da consciência;

Conectar os elementos às suas condições fisiológicas.

Os elementos mentais podem ser categorizados e agrupados em classes que estão presentes em toda experiência: Qualidade, intensidade, duração e nitidez.

Funcionalismo

Influências anteriores: Teoria da Evolução de Charles Darwin Hipótese de que os seres vivos mudam com o tempo;

Luta pela sobrevivência e sobrevivência do mais apto.

O trabalho de Darwin, influenciou a psicologia contemporânea mediante: -O enfoque na psicologia animal, que formou a base da psicologia comparativa;

-A ênfase nas funções e não na estrutura da consciência;

-A aceitação da metodologia e dos dados de diversas áreas;

-O enfoque na descrição e mensuração de diferenças individuais.

A proposta funcionalista

O enfoque desse movimento concentrava-se na seguinte questão: Quais são as realizações dos processos mentais?

O que e como a mente produz? Que uso o organismo faz dela para adaptar-se ao ambiente?

William James (1842-1910): Precursor da Psicologia Funcional

A psicologia não tem como meta a descoberta dos elementos da experiência, mas o estudo da adaptação dos seres humanos ao seu ambiente.

A função da nossa consciência é guiar-nos aos fins necessários para a sobrevivência.

A consciência é vital para a necessidade dos seres complexos em um ambiente complexo.

A vida mental consiste em uma unidade, em uma experiência total que se modifica.

A consciência é um fluxo constante, não é possível experimentar um mesmo pensamento ou a mesma sensação mais de uma vez.

A função da consciência é proporcionar a capacidade de adaptação ao ambiente, permitindonos escolher.

Diferença entre hábitos e escolha

O método de investigação da psicologia deve ser a introspecção.

“A observação introspectiva é o método em que devemos nos basear primeiramente e sempre a visão de nossa mente e a descrição do que observamos. Todos concordam que é em nossa mente que descobrimos os estados da consciência”.

Na luta pela sobrevivência, tanto a consciência como o comportamento trabalham para o organismo;

A consciência gera o comportamento adequado que permite ao organismo sobreviver;

Como consequência, a psicologia funcional deve dedicar-se ao estudo do organismo em funcionamento.

James Rowland Angell (189-1949) É função da consciência a melhoria da capacidade de adaptação do organismo.

A psicologia funcional é a psicologia da operação mental, sua tarefa é descobrir o modus operandi do processo mental, as suas realizações e as condições sob as quais ocorre.

A psicologia funcional é a psicologia das utilidades fundamentais da consciência. A consciência é vista como um instrumento utilitário, já que faz a mediação entre as necessidades do organismo e as condições do ambiente.

A psicologia funcional é a psicologia das relações mente-corpo e dedica-se ao estudo de todas as relações entre o organismo e seu ambiente.

O objeto de estudo da psicologia é a atividade mental representada pelos processos mentais: memória, percepção, sentimento, imaginação, julgamento e vontade.

A função da atividade mental é a adaptação.

O estudo do comportamento objetivo e patente deve ser o fim último da psicologia.

Herança do Funcionalismo: Psicologia Aplicada

Granville Stanley Hall (1844-1924): Teoria da Recapitulação do Desenvolvimento.

James Mckenn Cattel(180-1944): Aplicação de testes no estudo dos processos mentais. Estudo das capacidades humanas.

Movimento dos Testes Psicológicos;

Movimento da Psicologia Clínica

Movimento da Psicologia Industrial-Organizacional

Psicologia Forense

Entre outras….

Comentários