Questões de História Moderna

Questões de História Moderna

(Parte 1 de 9)

Questões de História Moderna – da formação do Sistema Internacional

Herbert Schutzer – Matr 14005204

1. São características do Sistema Colonial preponderante na Idade Moderna:

a) a implantação por parte das metrópoles de uma política liberal que facilitou a emancipação das colônias;

b) a não-ingerência do Estado na economia que favoreceram às atividades naturais;

c) o monopólio comercial da metrópole, que favoreceu o florescimento da burguesia e no desenvolvimento do capitalismo; X

d) a manutenção do trabalho servil como base do desenvolvimento econômico das áreas coloniais;

e) a economia voltada para o mercado interno e para a acumulação capitalista no setor colonial.

2.O sistema de colonial empreendido pela política mercantilista tinha como objetivo:

a) criar condições para o enfraquecimento do Estado Absolutista;

b) alcançar o máximo de auto-suficiência econômica e situá-la vantajosamente no comércio internacional, pela criação de complementos à economia nacional; X

c) evitar conflitos internos, resultantes dos choques entre feudalismo e capitalismo, que entravavam o desenvolvimento dos países europeus;

d) restabelecer o modo de produção feudal como forma de exploração colonial;

e) garantir o acesso às fontes de matérias-primas e aos mercados consumidores no ultramar, principalmente na África.

3.A expansão marítima da Península Ibérica (Espanha e Portugal) nas Américas foi orientada por um projeto colonizador que, além da exploração econômica das terras, tinha por objetivo a imposição de uma cultura européia e cristã. Qual foi o papel da Igreja Católica nesse projeto colonizador?

R – Nesse empreendimento colonial a Igreja contribuiu com a conversão dos gentios, adaptando-os a cultura ocidental, o que favoreceu a utilização dos nativos como mão-de-obra nas atividades econômicas. Por outro lado, o clero também utilização os convertidos como mão-de-obra nas reduções, o que acabou por ocasionar certa animosidade com os colonos europeus.

4.Comente a relação entre expansão marítima e formação dos Estados Nacionais no início da "Época Moderna".

R – O desenvolvimento do comércio provocou um novo ordenamento social e político, a burguesia emergente e empreendedora exigiu um novo ordenamento político. As atividades econômicas expansionistas dessa classe necessitaram de investimentos cada vez maiores e normas legais que prevalecessem em todo o território e o Estado Nacional o organismo capaz de regulamentar e garantir a eficácia das regras que facilitavam as atividades econômicas dela.

5. O Tratado de Tordesilhas, assinado em 7 de junho de 1494 e confirmado nos seus termos pelo Papa Júlio II em 1506, representou para o século XVI um marco importante nas dinâmicas européias de expansão marítima. O tratado visava:

a) demarcar os direitos de exploração dos países ibéricos, tendo como elemento propulsor o desenvolvimento da expansão comercial marítima. X

b) estimular a consolidação do reino português, por meio da exploração das especiarias africanas e da formação do exército nacional.

c) impor a reserva de mercado metropolitano espanhol, por meio da criação de um sistema de monopólio que atingia todas as riquezas coloniais.

d) reconhecer a transferência do eixo do comércio mundial do Mediterrâneo para o Atlântico, depois das expedições de Vasco da Gama às Índias.

e) reconhecer a hegemonia anglo-francesa sobre a exploração colonial, após a destruição da Invencível Armada de Filipe II, da Espanha.

6. Durante o reinado de Elisabete I (1558-1603), o absolutismo inglês atingiu o auge. Analise as afirmações abaixo, sobre esse período, assinalando V (verdadeiro) ou F (falso) no parêntese.

( ) Houve uma Reforma religiosa que unificou o reino, e a religião católica tornou-se oficial, ocorrendo uma intensa perseguição aos protestantes.

( ) Ocorreu a colonização de .territórios .no Novo Mundo, com a fundação da primeira colônia, chamada "Virgínia", na América do Norte.

( ) Estimulou-se a educação humanista que oportunizou o florescimento cultural inglês, principalmente a produção teatral a partir das obras de William Shakespeare.

( ) Desenvolveu-se o comércio com a Índia, sendo criada uma companhia mercantil conhecida como “Companhia das Índias Orientais”.

( ) A marinha inglesa foi derrotada pela Incrível Armada espanhola, passando a fornecer recursos e apoio a corsários como Walter Raleigh, Francis Drake e John Knox.

A seqüência correta, de cima para baixo, é

a) F – V – V – V – F X

b) F – F – V – F – V

c) V – V – V – F – F

d) F – V – F – V – F

e) V – F – V – V – V

7. Na Europa, entre os séculos XI e XV, ocorreram transformações sociais, políticas, econômicas e culturais, dentre as quais não se pode citar

a) o desenvolvimento do capital comercial.

b) a dissolução gradual do trabalho servil.

c) a consolidação da influência bizantina na Igreja. X

d) o surgimento de uma cultura antropocêntrica.

e) o início da centralização do poder político.

8. Entre os séculos XV e XVII, a intelectualidade européia cria novas concepções teóricas sobre o poder do Estado e seu exercício legítimo. Uma das mais célebres dessas concepções buscava estabelecer uma explicação racional para o poder absoluto do soberano a partir do conceito de Estado de Natureza, no qual os indivíduos, egoístas e absolutamente livres, viveriam em constante e violento conflito, resultando daí a necessidade de que tais indivíduos cedessem, por contrato, todos os seus direitos ao Estado, abdicando da liberdade para garantir a segurança e a paz social. Trata-se das idéias de

a) Thomas Hobbes. X

b) Jean Bodin.

c) Nicolau Maquiavel.

d) Hugo Grotius.

e) Jacques Bossuet.

9. Sobre a formação do Estado moderno na Inglaterra.

I. O fracasso da reforma protestante no século XVI atrasou o processo de centralização político-administrativa na Inglaterra, pois a Igreja preservou seu poder econômico no país ao longo do período, apoiando o poder privado da alta nobreza.

II. A burguesia e os chamados cavaleiros apoiavam a política centralizadora dos Tudor no século XVI, pois eram grupos sociais particularmente favorecidos pela estabilidade política.

III. O período elizabethano, que se inicia em 1558, marca a consolidação do absolutismo monárquico na Inglaterra, com a supressão legal do Parlamento e a imposição da teoria sobre a origem divina do poder real.

Assinale a alternativa correta

a) apenas a I está correta. X

b) apenas a II está correta.

c) apenas a I e a III estão corretas.

d) apenas a II e a III estão corretas.

e) a I, a II e a III estão corretas.

10. O final da Guerra dos Cem Anos (1337-1453), da Guerra das Duas Rosas (1453-1485) e da Guerra da Reconquista (séculos XII a XV) desencadeou processos diferenciados de

a) fortalecimento da servidão clássica.

b) enfraquecimento das burguesias.

c) centralização política. X

d) afirmação do poder temporal da Igreja.

e) declínio do racionalismo humanista.

11. Leia o texto a seguir e assinale a alternativa que apresenta a proposição incorreta.

“As medidas restritivas (...) produção manufatureira que a Inglaterra impunha as suas colônias (...) tiveram de ser aplicadas de forma muito especial na América do Norte, pelo simples fato de que o sistema de agricultura de exportação não dera resultado nas colônias do norte. As linhas gerais da política inglesa passaram a ser as seguintes: fomentar nas colônias do norte as indústrias que não competissem com as da metrópole, permitindo a esta reduzir suas importações de outros países.”

(FURTADO, Celso. Formação Econômica do Brasil. 14 ed. São Paulo: Nacional, 1976, p.101. In: DIVALTE. História. São Paulo: Ática, 2002, p. 176)

a) A colonização das colônias do norte foi orientada de forma específica para estimular o crescimento da colônia, sem ferir os interesses metropolitanos. X

b) As indústrias desenvolvidas no norte atenderiam, conforme o projeto da metrópole, aos interesses comerciais da Inglaterra.

c) O modelo de colonização das colônias do norte enfrentou dificuldades quando a produção colonial passou a disputar mercados com a Inglaterra.

(Parte 1 de 9)

Comentários