Pesquisa Experimental

Pesquisa Experimental

Alunos

Alunos

Bruna Fernanda Garcia Vieira

Drian Guilherme dos Santos Sebastião

Gianna Rosália Vittoretti 

Jonatan Henrique dos Santos

Viviane Nilcéia Pereira

Instrumentos de pesquisa de satisfação do cliente

Introdução

Empresas sobreviventes são aquelas que escutam seus clientes, dando atenção ao que eles realmente esperam da empresa e seu determinado produto.

  • Pesquisa Quantitativa – é aquele em que os dados são recolhidos e analisados variáveis quantitativas;

  • Pesquisa Qualitativa – Evita quantificação, atuando através da observação participante e entrevistas não estruturadas.

Quantitativo versus Qualitativo

  • Qualitativa – que mensura em termos de descrições e categorias gerais.

  • Quantitativa – que mensura em termos numéricos.

Diferenças qualitativa versus quantitativa

Método Quantitativo

O método quantitativo simplesmente descobre a partir dos desejos dos clientes, exatamente o que deve ser medido a cada passo dos seus negócios. (WHITELEY, 1992)

  • Atua nos níveis de realidade

  • Características: Dados, indicadores.

Traduz em números as opiniões e informações para serem classificadas e analisadas – uso de técnicas de estatística para mostra de resultados.

Pesquisa Experimental

  • Um experimento é um método em que o pesquisador coloca os entrevistados em uma situação que não ocorre normalmente, para observá-los e registrar suas respostas. (SHETH, MITTAL, NEWMAN, 2008)

  • Pesquisas experimentais são aquelas que investigam uma pesquisa empírica, com o objetivo testar hipóteses relacionadas à causa e efeito do estudo. (LAKATOS & MARCONI, 1991)

Pretende mostrar de que modo ou por que o fenômeno é produzido, afim de, descobrirmos qual o efeito que a variável independente tem sobre a variável dependente.

Pesquisa Experimental

Segundo Karsaklian:

  • Variável independente

Condição que se supõe causadora ou influenciadora do comportamento

Ex: Variável do ambiente ou do indivíduo (estímulo)

  • Variável dependente

Comportamento que está sendo estudado e que se supõe seja afetado pelas alterações da variável independente.

Ex: Comportamento do indivíduo (resposta)

Pesquisa Experimental

Etapas para realização da Pesquisa Experimental

  • Definir o problema ou fazer uma pergunta;

  • Formular uma hipótese;

  • Realizar o experimento para comprovar a hipótese;

  • Analisar os dados obtidos no experimento;

  • Concluir e generalizar o experimento a respeito da hipótese

A pesquisa experimental na prática

1. Definir o problema ou fazer uma pergunta

2. Formular uma hipótese

Com base na informação:

Será que a luz realmente pode afetar o comportamento humano?

3. Experimento para comprovação da hipótese

3. Experimento para comprovação da hipótese

4. Analisar os dados obtidos

  • Alunos se sentiram incomodados, nervosos

  • Luz apagada atrapalha a visão

  • Sensações negativas

5. Conclusão e generalização do experimento a respeito da hipótese

Considerações Finais

  • Empresa que não escuta o cliente – fadada à falência

  • Não focar somente em um método

  • Pesquisa quantitativa só é possível se for integrada ao método qualitativo

  • Empresa deve investir ou qualificar para obtenção da qualidade total

Bibliografia

  • KARSAKLIAN, Eliane. Comportamento do consumidor. 1. ed. 3ª tiragem. Ed. Atlas. São Paulo. 2000.

  • WHITELEY, Richard C. A empresa totalmente voltada para o cliente: do planejamento à ação. 18. ed. Editora Campus.; tradução Ivo Korytowski. Rio de Janeiro.1992.

  • SHETH, Jagdish N., MITTAL, Banwari., NEWMAN. Bruce I. Comportamento do cliente: indo além do comportamento do consumidor. 1. ed. 2. reimpr. Tradução: Lenita M. R. Esteves. Editora Atlas. São Paulo. 2008

Bibliografia

  • SILVA, Jeferson. A luz e seus diversos tipos podem afetar o comportamento humano. Disponível em: <http://jeferson.silva.nom.br/a-luz-e-seus-diversos-tipos-podem-afetar-o-comportamento-humano/#.T5qSV7NSSGE>. Acesso em: 25 abr. 2012.

  • MAZUR, S. A. A.. Métodos Científicos de Pesquisa. Cola da Web. Disponível em: <http://www.coladaweb.com/administracao/metodos-cientificos-de-pesquisa>. Acesso em 20 abr. 2012.

  • BELLO, José Luiz de Paiva. Metodologia Científica – 4. Tipos de Pesquisa. Disponível em: <http://www.pedagogiaemfoco.pro.br/met04.htm>. Acesso em 20 abr. 2012.

Bibliografia

  • PITA FERNANDEZ, S., PERTEGÁS DIAZ, G. Investigación cuantitativa y cualitativa. Unidad de Epidemiología Clínica y Bioestadística. Complexo Hospitalario Universitario de A Coruña (España). Disponível em: <http://www.fisterra.com/mbe/investiga/cuanti_cuali/cuanti_cuali.asp>. Acesso em 30 abr. 2012.

  • KERLINGER, F. N. Metodologia da pesquisa em Ciências Sociais. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária, 1979.

  • SEGALOTTO, Devanil. Análise da satisfação dos clientes em uma locadora de filmes. Trabalho de conclusão do curso. Trabalho de conclusão de curso apresentado à Faculdade XV de Agosto, curso de Administração. Socorro. 2006.

Bibliografia

  • TAETS, Gunnar Glauco de Cunto. FIGUEIREDO, Nebia Maria Almeida de. A linguagem do corpo da pessoa em coma: uma pesquisa experimental sobre os cuidados de enfermagem. Ver. Pesq. Cuid. Fundam. Online. UNIRIO. 2011.

  • VALENTIM, M. L. P. (Org.). Métodos qualitativos de pesquisa em Ciência da Informação. São Paulo. Editora Polis, 2008. (Coleção Palavra-Chave, 16).

  • MONTEIRO, M SANTOS, M., Psicologia. 1ª Parte, Porto Editora. Porto. 2005.

Comentários