(Parte 1 de 13)

Instituto Superior de Engenharia do Porto SECÇÃO DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO

ANO : 2º. , 1º. SEMESTRE /2º. SEMESTRE

CURSO DE ENGENHARIA INFORMATICA 1

CÁLCULO FINANCEIRO
E
CONTABILIDADE

ANO LECTIVO : 2005/2006 DOCENTE RESPONSÁVEL : ROLANDO RODRIGUES

Instituto Superior de Engenharia do Porto SECÇÃO DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO

ANO : 2º. , 1º. SEMESTRE /2º. SEMESTRE

CURSO DE ENGENHARIA INFORMATICA 2 i) Objectivos e metodologias i) Programa Geral i) Bibliografia recomendada iv) Planificação das aulas v) Apontamentos de Cálculo Financeiro vi) Exercícios de Cálculo Financeiro vii) Apontamentos de Contabilidade viii) Exercícios de Contabilidade

Instituto Superior de Engenharia do Porto SECÇÃO DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO

ANO : 2º. , 1º. SEMESTRE /2º. SEMESTRE

CURSO DE ENGENHARIA INFORMATICA 3

OBJECTIVOS E METODOLOGIAS

1-ENQUADRAMENTO

De forma resumida, nos pontos seguintes descrevem-se, os objectivos da disciplina e as metodologias para os atingir no final do semestre lectivo.

2- OBJECTIVOS ( Conteúdo programático)

- Proporcionar conhecimentos essenciais sobre o funcionamento das organizações e evidenciar as necessidades de informação sobre a actividade das mesmas para, sob diversas ópticas, dar a conhecer os seus resultados e evolução.

- Evidenciar a importância da contabilidade no sistema de informação das organizações

- Transmitir conhecimentos básicos sobre a ciência e técnicas contabilísticas, tanto ao nível da sua concepção, como da sua articulação e funcionamento.

- Familiarizar os alunos com os procedimentos contabilisticos correntes, nas suas diferentes fases de processamento, desde a abertura até ao encerramento das contas, de modo a possibilitar a assimilação do conteúdo e significado das mesmas.

- Dotar os alunos de conhecimentos elementares de Matemática Financeira que lhes possibilite

apreender e interpretar os conceitos essenciais e habilitá-los com capacidades para o manuseamento dos mesmos, nomeadamente nas aplicações comuns e na avaliação de aplicações alternativas ou situações comparadas

3- METAS A ATINGIR PELOS ALUNOS

meios diferenciados
- Conhecer e dominar as técnicas contabilísticas elementares e as diferentes fases do trabalho
contabilístico
- Saber elaborar, ler e interpretar as peças contabilísticas fundamentais e apreender as interligações
mais relevantes entre as mesmas

- Criar agilidade na identificação e escolha dos suportes de registo contabilistico mais adequados e de .

contabilidade
- Dotá-los de treino e agilidade que lhes possibilitem o manuseamento dos conceitos e técnicas de

- Habilitá-los a localizar e identificar os dados e a ler as informações proporcionadas pela Matemática Financeira e das suas aplicações mais relevantes

- Apreender a importância do Cálculo Financeiro na actividade quotidiana das organizações e dos indivíduos .

- Familiarizar-se com algumas aplicações de Cálculo Financeiro em computador

- Habilitar-se a desenvolver análise comparada de valores ou grandezas financeiras

Instituto Superior de Engenharia do Porto SECÇÃO DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO

ANO : 2º. , 1º. SEMESTRE /2º. SEMESTRE

CURSO DE ENGENHARIA INFORMATICA 4

4-METODOLOGIA ( DE ENSINO ) A metodologia de ensino apoiar-se-à nos seguintes vectores :

2.1)- Aulas teóricas

Apresentação, explanação das matérias e enquadramento temático dos assuntos em articulação Com as aplicações desenvolvidas nas aulas práticas.

2.2)- Aulas práticas

posteriormente objecto de debate em sala

Recorrer-se-à a exemplos e exercícios de aplicação relativos às matérias expostas para debate, resolução nas aulas e trabalhos curriculares Dar-se-à prioridade ao debate em pequenos grupos e ao confronto das soluções ou ideias força avançadas pelos alunos. Far-se-à também apelo aos trabalhos individuais ou de grupo sobre temas a seleccionar e a serem Procurar-se-à ainda, diversificar os suportes técnicos de aprendizagem, de acordo com as possibilidades de meios existentes.

5- TRABALHOS PRÁTICOS

Em complemento das aulas práticas, serão distribuídos aos alunos trabalhos específicos para desenvolvimento em grupo, com indicação de prazos para a sua apresentação e debate em sala.

Em princípio, cada grupo de trabalho deverá elaborar dois (2) trabalhos desta natureza no decurso do semestre, obedecendo ao conteúdo e objectivos previamente definidos e serão elaborados e apresentados em conformidade com o modelo de relatório publicado.

6- AVALIAÇÃO A avaliação dos alunos processar-se-à de acordo com o estatuido na respectiva ficha de Disciplina.

Instituto Superior de Engenharia do Porto SECÇÃO DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO

ANO : 2º. , 1º. SEMESTRE /2º. SEMESTRE

CURSO DE ENGENHARIA INFORMATICA 5

1- Conceitos Básicos 1.1- Capital, Tempo e Juro 1.2- Taxa de Juro

2- Regimes de Juro 2.1- Regime de juro simples ( fórmula geral de capitalização, desconto ) 2.2- Regime de juro composto ( capitalização ou acumulação e actualização )

3- Equivalência de Valores 3.1- Equivalência de Capitais 3.1.1- Equação do valor (para os diferentes regimes de juro) 3.1.2- Capital único 3.1.3- Vencimento médio 3.2- Equivalência de Taxas 3.2.1- Taxas de juro nominais e taxas de juro efectivas 3.2.2- Taxas equivalentes e taxas proporcionais

4- Rendas 4.1- Noção e classificação 4.2- Rendas inteiras de termos constantes ( imediatas, diferidas, finitas, infinitas ) 4.3- Rendas fraccionadas de termos constantes 4.4- Rendas de termos variáveis

5- Amortização/Reembolso de Empréstimos 5.1- Tipos de Empréstimos 5.2- Modalidades de Reembolso 5.3- Reembolso em regime de juro simples 5.4- Reembolso em regime de juro composto

1.2- A evolução e o papel da contabilidade como instrumento de gestão

1- A Contabilidade com sistema de informação 1.1- Requisitos, conteúdo e suportes da informação contabilistica 1.3- As divisões da contabilidade

2- Conceitos fundamentais de contabilidade 2.1- O Património 2.2- Inventário e Balanço 2.3- A Conta 2.4- Métodos de Registo Contabilistico 2.5- Lançamentos 2.6- Diário e Razão 2.7- Balancetes e Balanços 2.8- Sistemas Contabilisticos

Instituto Superior de Engenharia do Porto SECÇÃO DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO

ANO : 2º. , 1º. SEMESTRE /2º. SEMESTRE

CURSO DE ENGENHARIA INFORMATICA 6

3- Normalização Contabilistica. A normalização contabilistica e o Plano Oficial de

Contabilidade 3.1- Introdução 3.1- Vantagens da normalização contabilistica 3.2- A normalização contabilistica em Portugal 3.4- O P. O . C. – Plano Oficial de Contabilidade 3.4.1- Aspectos gerais 3.4.2- Princípios Contabilísticos

4- Estudo das Contas 4.1- Contas de Balanço (ou Patrimoniais) 4.1.1- Classe 1 – Disponibilidades ( Valorimetria das disponibilidades, Provisões) 4.1.2- Classe 2 –Terceiros ( Contas bipolares, IVA, Acréscimos e Diferimentos,

Provisões) 4.1.3- Classe 3 – Existências ( Sistemas de Inventário, Valorimetria, Descontos e

Abatimentos, Adiantamentos, Regularizações, Provisões ) 4.1.4- Classe 4 – Imobilizações ( Valorimetria, Amortizações e Reintegrações,

4.1.5- Classe 5 – Capital, Reservas e Resultados Transitados (Reservas de

Provisões ) Reavaliação, Resultados Transitados)

4.2- Contas de Resultados 4.2.1- Classe 6 – Custos e Perdas 4.2.2- Classe 7 – Proveitos e Ganhos 4.2.3- Classe 8 – Resultados 4.3- Outras Contas 4.3.1- Classe 9 – Contas de Contabilidade Analítica 4.3.2- Classe 0 – Livre ( Contas de Ordem)

(Parte 1 de 13)

Comentários