(Parte 2 de 10)

2 OBJETIVOS

Este texto tem como objetivo orientar a instalação de equipamentos de refrigeração para a conservação de imunobiológicos e assim, garantir o seu perfeito e contínuo funcionamento, minimizando ao máximo os riscos de perda de imunobiológicos pela exposição à temperaturas inadequadas, como também proporcionando uma maior longevidade desses equipamentos a partir de procedimentos corretos de manutenção

O operador/usuário do sistema de refrigeração, ar acondicionado e grupos motores geradores diesel deve possuir noções básicas de funcionamento destes equipamentos, podendo diagnosticar e se possível, realizar pequenos reparos, até a chegada de um técnico habilitado de manutenção.

Secretaria de Vigilância em Saúde/MS •

3 MANUTENÇÃO

3.1 Conceito

É o conjunto de atividades técnicas destinadas a garantir a disponibilidade e a confiabilidade de equipamentos e sistemas segundo condições operacionais específicas.

3.2 Tipos de manutenção

3.2.1 Manutenção Preventiva 3.2.1.1 Sistemática É toda intervenção programada, com base em padrões preestabelecidos, visando manter a disponibilidade de equipamentos e sistemas.

3.2.1.2 Preditiva (sob condições) É toda intervenção programada e subordinada a um acontecimento oriundo de acompanhamento de parâmetros preestabelecidos.

3.2.2 Manutenção Corretiva É toda intervenção efetuada após falha, visando o restabelecimento das condições normais de operação de equipamentos e sistemas.

3.3 Política

A manutenção será a mais respeitada e admirada pelos usuários internos e externos pela excelência de seus produtos e serviços e por sua atuação responsável perante a comunidade.

3.4 Princípios

• Valorização e melhoria contínua da qualidade e da produtividade nos serviços prestados; • Busca de parcerias visando ao desenvolvimento das relações técnicas e humanas;

• Garantia do desenvolvimento das atividades do setor;

• Auto-avaliação constante visando o aumento da produtividade;

• Desenvolvimento profissional do quadro funcional através de treinamento contínuo; • Segurança e valorização do patrimônio.

4 DIAGRAMA FUNCIONAL

Manutenção Gerenciar Planejar Programar Executar

Controlar manutenção Elaborar estudos

Inspecionar

4.1 Gerenciar

• Estabelecer filosofias e políticas de manutenção; • Elaborar plano estratégico global da manutenção;

• Estabelecer diretrizes, metas, prioridades e níveis de eficiência;

• Sugerir medidas administrativas;

• Elaborar e acompanhar orçamento de manutenção;

• Definir e propor investimentos;

• Manter padrões éticos assegurando a imagem do órgão;

• Elaborar e propor plano de carreira e treinamento da unidade operacional sugerindo aproveitamento e desenvolvimento pessoal; • Solicitar estudos e desenvolvimento;

• Avaliar desempenho e corrigir desvios assegurando as interfaces;

• Garantir e apresentar resultados estabelecidos no planejamento do órgão;

• Aprovar documentação técnica produzida;

• Analisar documentação técnica dos contratos;

• Fazer cumprir normas e procedimentos da empresa.

4.2 Planejar

• Estabelecer metas de trabalho para o período; • Desenvolver o plano de trabalho para a consecução das metas estabelecidas;

• Analisar e identificar serviços passiveis de planejamento;

Secretaria de Vigilância em Saúde/MS • 1

• Estudar e estabelecer métodos e processos de planejamento; • Definir seqüências e períodos de intervenção;

• Definir parâmetros de gestão da manutenção;

• Estabelecer os programas de treinamento da área operacional;

• Propor métodos, parâmetros e orientação para elaboração da programação;

• Avaliar relatórios gerenciais de modo a aprimorar continuamente os processos e métodos de planejamento.

4.3 Programar

• Elaborar e priorizar relação de serviços a executar; • Definir junto ao cliente as paradas dos equipamentos e/ou instalações;

• Alocar recursos;

• Programar os serviços de manutenção;

• Emitir as ordens de manutenção programadas.

4.4 Executar

(Parte 2 de 10)

Comentários