Apostila de Biologia 2º ano EJA

Apostila de Biologia 2º ano EJA

(Parte 2 de 2)

As principais micoses humanas são: o sapinho, a frieira e as micoses de pele. Nos vegetais os fungos podem causar doenças como: as "ferrugens, e os "carvões".

Ainda temos os fungos do gênero Penicillium, que são empregados na fabricação de antibióticos naturais.

Por que cresce a massa do pão?

O fermento biológico é um tipo de fungo utilizado desde a Antigüidade na produção de pães e bebidas alcoólicas. Somente com o uso do microscópio verificou-se que o fermento é constituído de seres vivos, unicelulares que se produzem por esporos e brotamento.

O fermento colocado na massa do pão alimenta-se dela e produz gás carbônico. Com a formação de bolhas de gás carbônico no interior da massa, esta aumenta de volume e se torna porosa, originando um pão macio.

A técnica de produção de bebidas alcoólicas é semelhante. O fungo presente no caldo da cana, no suco da uva ou em outro líquido açucarado utiliza o açúcar como alimento e realiza sua fermentação. Nesse processo são liberados gás carbônico e álcool. Assim, do suco de uva produz-se vinho e do caldo de cana produz-se cachaça.

Questões para auto-avaliação sobre o Reino dos Fungos

1) Quais os fungos mais conhecidos? Cite duas características principais. 2) Onde podem viver os fungos? 3) Quais as relações que os fungos podem manter com outros seres vivos? $) Como são chamadas as doenças provocadas por fungos?

REINOS DOS aNIMAIS

Atualmente são conhecidas cerca de 1 milhão de espécies pertencentes ao Reino Animal, enquanto outras estão sendo constantemente identificadas. Esses organismos, chamados genericamente de animais, possuem características comuns:

  • São peculiares, eucariontes e heterotróficos (grego hetero = outro, diferente; grego trophé = nutrição). Suas células não possuem parede celular.

  • Como são heterotróficos dependem, para sua nutrição, de outros seres vivos.

  • A maioria dos animais é capaz de se locomover. As espécies que não se locomovem são aquáticas e recebem os alimentos trazidos pela água.

  • A maioria dos animais possui sistema nervoso e é capaz de reagir rapidamente a estímulos.

  • A reprodução geralmente é sexuada (com troca de gametas).

Tabela 1: Os invertebrados: não possuem coluna vertebral, por isso são chamados de Invertebrados. Além desses filos, existe o filo dos Cordados. Os representantes desse filo possuem, durante a vida embrionária, três características: notocorda (eixo esquelético), fendas branquias (perfurações ao lado da faringe) e tubo nervoso dorsal (participa da formação do sistema nervoso).

Filo

Classes 

Representantes 

Características 

1. Poríferos

Calcários  Hexactinélidas  Demospôngias 

Esponjas calcárias 

Esponjas de vidro 

Esponjas de banho 

Aquáticos; Apresentam pontos na parede do corpo. Embora pluricelulares, não formam tecidos 

2. Celenterados

Hidrozoários  Cifozoários  Astozoários 

Hidra e obélia 

Águas-vivas  Corais e anêmonas 

Aquáticos, formam tecidos, mas não formam órgãos.  Possuem cnidoblastos 

3. Platelmintos

Turbelários  Trematódeos  Cestóides 

Planária 

Esquistossomo 

Cestóideo 

Vermes de corpo achatado dorsoventralmente. De vida livre e parasitas 

4. Nematoda

Nematódeos 

Lombriga, ancilóstomo 

Vermes de corpo cilíndrico. De vida livre e parasitas 

5. Anelídeos

Oligoquetos  Poliquetos  Hirudíneos 

Minhocas 

Nereis 

Sanguessugas 

Vermes anelados. Vida livre em solos úmidos, água doce ou salgada. 

6. Artrópodos

Insetos 

Moscas, barbeiros, borboletas 

Corpo com cabeça, tórax e abdômen. Um par de antenas e três pares de patas. 

Crustáceos 

Camarões, siris, caranguejos 

Corpo com cefalotórax e abdômen. Dois pares de antenas e vários pares de patas. Maioria marinho 

Aracnídeos 

Aranhas, escorpiões e carrapatos 

Corpo com cefalotórax e abdômen. Não possuem antenas. Quatro pares de patas 

Quilópodos 

Centopéias e lacraias 

Anelados, um par de patas por anel e com um par de antenas. 

Diplópodos 

Piolho-de-cobra 

Anelados, com dois pares de patas por anel 

7. Moluscos

Gastrópodos  Pelecípodos  Cefalópodos 

Caramujos 

Ostras e mariscos 

Lulas e polvos 

Animais de corpo mole, geralmente com concha calcária. Marinhos, de água doce e terrestre. 

8. Equinodermos

Asteróides  Ofiuróides  Equinóides  Holoturóides  Crinóides 

Estrelas-do-mar 

Ofiúro 

Ouriço-do-mar 

Pepino-do-mar 

Lírio-do-mar 

Exclusivamente marinhos. Espinhos na superfície do corpo. Esqueleto interno formado por placas calcárias. 

Tabela 2: O filo dos cordados divide-se em 4 subfilos, dos quais veremos apenas o subfilo dos Vertebrados.

Subfilo

Classes 

Representantes 

Características 

Vertebrados

Peixes cartilaginosos       

Peixes ósseos 

Tubarão, cação, raia, quimera.           

Cavalo-marinho, bagre, dourado, cavalinha. 

Esqueleto cartilaginoso. Pecilotérmicos. Marinhos e dulcículas       

Esqueleto ósseo. Pecilotérmicos. Marinhos e dulcículas. 

Anfíbios 

Sapos, rãs, pererecas. 

Na fase larval são aquáticos e, quando adultos, terrestres. Pecilotérmicos. 

Répteis 

Cobra, jacaré, tartaruga. 

Andar rastejante. Pecilotérmicos. Escamas ou placas córneas, adaptados ao ambiente terrestre. 

Aves 

Ema, pingüim, tuiuiú, canário. 

Capazes de voar. Dípedes. Homeotermos. Possuem bicos e penas. 

Mamíferos 

Baleia, golfinho, morcego, homem, cachorro, vaca. 

Tetrápodos. Possuem pêlos e glândulas mamárias. Homeotermos. 

Pecilotérmico: Temperatura do corpo varia conforme o ambiente.

Homeotérmico: Temperatura do corpo não varia conforme o ambiente, temperatura do corpo é estável.

Questões para auto-avaliação dos Animais

1) Qual o critério para classificar os dois grandes grupos de animais? Dê exemplos de animais desses grupos. 2) Qual a diferença entre animal vertebrado e invertebrado?

3) Quais são as 5 classes de Cordados?

4) O que é uma ser dípede?

5) o que é um ser tetrápode?

6) Quais são os seres vivos Pecilotérmicos?

7) Quais são os Homeotérmicos?

Reino das Plantas

O Reino Plantae compreende seres eucariontes, pluricelulares, autotróficos, que realizam fotossíntese.

A exemplo dos animais, o organismo vegetal é constituído por células. Contudo, sua organização é bastante diferente. Se seus órgãos têm funções paralelas às dos sistemas animais, o mesmo não pode se dizer da sua estrutura. Em relação aos animais falamos em sistemas digestório, respiratório, reprodutor, etc.; no que diz respeito às plantas, tratamos de órgãos: a raiz, o caule, a folha, a flor, o fruto e a semente.

A classificação dos vegetais possui ligeiras diferenças em relação à classificação animal. Ao invés de usar o termo Filo, usa-se o termo Divisão.

As plantas são divididas em dois grandes grupos:

  • Criptógamas (kripto, escondido): plantas que possuem as estruturas produtoras de gametas pouco evidentes

  • Fanerógamas(phanero, evidente):possuem as estruturas produtoras de gametas bem visíveis.

Os órgãos e suas funções:

A raiz tem por função fixar a planta ao solo e retirar dele água e sais minerais, essenciais à vida vegetal. O caule mantém a planta ereta. Em seu interior encontram-se vasos condutores de seiva. Por seiva entende-se o líquido absorvido pelas raízes (seiva bruta) e as substâncias produzidas pela fotossíntese (seiva elaborada). Há vegetais que não possuem vasos condutores (algas e musgos). Nesse caso, a distribuição da seiva se faz de célula a célula. A maioria, porém, é dotada de vasos condutores. Do caule partem ramos onde se prendem as folhas, levando a seiva bruta e trazendo a seiva elaborada. As folhas são, portanto, a parte dos vegetais onde ocorre a fotossíntese. A seiva elaborada por ela produzida é distribuída todas as partes do vegetal, garantindo a sua sobrevivência. Nas folhas também acontecem os processos de respiração e transpiração vegetal. Flores e sementes são órgãos que se relacionam com a reprodução vegetal.

Criptógamas

As criptógamas podem ser divididas, com base na organização do corpo, em grupos menores:

1 – Talófitas: são plantas cujo corpo é um talo, estrutura não diferenciada em raiz, caule e folha. São as algas pluricelulares.

A importância das algas: As algas realizam a maior parte da fotossíntese que ocorre no Planeta. São, portanto, os mais importantes produtores de alimento e energia. Grande quantidade de oxigênio existente na hidrosfera e na atmosfera se deve à fotossíntese realizada pelas algas. As algas vermelhas são ricas em iodo e constituem uma valiosa de substâncias como o ágar-ágar (utilizado em laboratório para a cultura de bactérias) e a carragenina (utilizada como estabilizador de sorvetes, pastas de dentes e doces).

2 – Briófitas: são plantas de pequeno porte, sendo que na maioria não ultrapassa 20 cm de altura. Vivem em ambientes úmidos e sombreados, uma vez que não são susceptíveis à dessecação. As briófitas apresentam estruturas chamadas rizóides, caulóides e filóides que desempenham um papel semelhante ao da raiz, caule e folhas. No entanto, não têm vasos condutores de seiva; tanto a seiva elaborada quanto a bruta passam diretamente de uma célula para outra, através de suas paredes. O grupo das briófitas tem os musgos como principal representante. 3 – Pteridófitas: são as primeiras plantas a possuir vasos condutores de seiva. A existência dos vasos possibilitou às plantas a conquista definitiva do ambiente terrestre. Os vasos permitem o transporte rápido da água e sais minerais até as folhas e de seiva elaborada para as demais partes da planta. Os principais representantes do grupo são as samambaias e as avencas.

Fanerógamas

Nas fanerógamas os óvulos e o pólen são os gametas feminino e masculino, respectivamente. As fanerógamas são divididas em dois grandes grupos:

1 – Gimnospermas: são as primeiras plantas a produzirem flores (inflorescências) e sementes, porém não produzem frutos (grego = gymnos = nua, grego = sperma = semente) . As gimnospermas mais conhecidas são os pinheiros, ciprestes e sequóias. No Brasil uma gimnosperma nativa é a araucária, também conhecida como pinheiro-do-paraná. As flores da gimnosperma são chamadas de cones ou estróbilos. Essas flores são de um só sexo, masculino ou feminino.

As gimnospermas estão mais adaptadas às regiões temperadas Chegam a formar vegetações como as taigas no Hemisfério Norte e a mata de araucária no sul do Brasil. As sequóias são gimnospermas de grande porte e ocorrem na Califórnia (Estados Unidos). Essas plantas chegam a atingir 120 metros de altura e seus troncos podem chegar a ter diâmetro de 12 metros. Estima-se que as sequóias atuais tenham aproximadamente 4000 anos de idade.

2 – Angiospermas: possuem como característica exclusiva, a semente contida no interior de um fruto (grego angio = urna; sperma = semente). Por esse motivo são conhecidas como plantas frutíferas.As angiospermas correspondem ao grupo de plantas com maior número de espécies sobre a terra. Ocorrem em ampla diversidade de habitat, existindo desde espécies aquáticas até plantas adaptadas a ambientes áridos, como os cactos.As angiospermas são divididas em dois grandes grupos: o das monocotiledôneas e o das dicotiledôneas.

São exemplos de monocotiledôneas: alho, cebola, aspargo, abacaxi, bambu, grama, arroz, trigo, aveia, cana-de-açúcar, milho, gengibre e palmeiras em geral: coco-da-baía, babaçu, etc.

São exemplos de dicotiledôneas: vitória-régia, eucalipto, abacate, rosa, morango, pêra, maçã, feijão, ervilha, goiaba, jabuticaba, algodão, cacau, limão, maracujá, cacto, mamona, mandioca, seringueira, batata, mate, tomate, jacarandá, café, abóbora, melancia, etc.

Questões para auto-avaliação sobre o Reino das Plantas

1) Quais os grupos em que se divide o Reino Plantae? 2) Quais os principais órgãos de uma planta e quais as funções? 3) Qual a principal característica das algas e a importância desse grupo de organismos? 4) Como se dá a condução de seiva na briófitas? Dê um exemplo de briófita. 5) Quais as plantas que fazem parte do grupo das pteridófitas? 6) Qual a principal característica das fanerógamas e em quais grupos ela se divide? 7) Como se caracterizam as gimnospermas e as angiospermas? Dê exemplos. 8) Qual o nome das flores das gimnospermas? 9) As angiospermas se subdividem em dois grupos; quais são eles? Dê exemplos.

(Parte 2 de 2)

Comentários