Overview

INSTRUÇÕES DE USO PLANILHA DE CÁLCULO TABELA AWG


Sheet 1: INSTRUÇÕES DE USO

INSTRUÇÕES PARA USO DA PLANILHA DE CÁLCULO DE TRANSFORMADOR MONOFÁSICO:
- NOS CAMPOS IDENTIFICADOS, DIGITAR OS VALORES DAS VARIÁVEIS DE ACORDO COM A SEQÜÊNCIA ABAIXO:
1º: INSIRA O VALOR DA TENSÃO DO PRIMÁRIO;
2º: INSIRA O VALOR DA(S) TENSÃO(ÔES) DO(S) SECUNDÁRIO(S)
3º: INSIRA O VALOR DA(S) CORRENTE(S) DO(S) SECUNDÁRIO(S)
4º: INSIRA O VALOR DA FREQÜÊNCIA
5º: INSIRA O VALOR DA LARGURA DA TORRE CENTRAL DA CHAPA - NÚCLEO (cm)
6º: NÃO PREENCHA OS OUTROS CAMPOS!
7º: OBSERVE O RESULTADO NA POSSIBILIDADE DE EXECUÇÃO, QUE DEFINE SE O TRANSFORMADOR É MECANICAMENTE VIÁVEL.
8º: O DESENHO NO CANTO INFERIOR DIREITO DA FOLHA SERVE PARA ORIENTAR O ENROLAMENTO.
9º: A RELAÇÃO DE ESPIRAS E AS TENSÕES SÃO ATUALIZADAS NO DESENHO.
10º: CONVERTA COM O USO DA TABELA ANEXA O(S) VALORE(S) EM mm² PARA AWG OU MCM DAS SECÇÕES DOS FIOS.

Sheet 2: PLANILHA DE CÁLCULO

PLANILHA DE CÁLCULO PARA TRANSFORMADOR MONOFÁSICO:
DADOS DO TRANSFORMADOR:
VALOR POR ENROLAMENTO ENROLAMENTO:
VARIÁVEL: PRIMÁRIO: SECUNDÁRIO 1: SECUNDÁRIO 2: SECUNDÁRIO 3: SECUNDÁRIO 4: SECUNDÁRIO 5:
TENSÃO (V): 220 7
CORRENTE (A): 0.028 0.8
FREQÜÊNCIA (Hz): 60 60
LARGURA DO NÚCLEO - "a" - (cm): 1.9 cm.
DENSIDADE DE CORRENTE -"d" - (A/mm²): 3 A/mm². CÓDIGO (INDEL) DA CHAPA: CONFORME TRAFO T2
DETERMINAÇÃO DA POTÊNCIA DO TRANSFORMADOR (P):
Pp (POTÊNCIA DO PRIMÁRIO): 6.160 VA.
Pp (POTÊNCIA DO SECUNDÁRIO): 5.6 VA.
DETERMINAÇÃO DA BITOLA DOS CONDUTORES:
BITOLA DO PRIMÁRIO (mm²): 0.00933 mm².
BITOLA DO SECUNDÁRIO 1 (mm²): 0.26667 mm². DIAGRAMA ELÉTRICO DO TRANSFORMADOR:
BITOLA DO SECUNDÁRIO 2 (mm²): 0.00000 mm². PRIMÁRIO: SECUNDÁRIO:
BITOLA DO SECUNDÁRIO 3 (mm²): 0.00000 mm². TENSÃO (V): Nº DE ESPIRAS: BITOLA (AWG):
BITOLA DO SECUNDÁRIO 4 (mm²): 0.00000 mm². 0 -
BITOLA DO SECUNDÁRIO 5 (mm²): 0.00000 mm². -
DETERMINAÇÃO DA ÁREA DO NÚCLEO: 7 92 23
SECÇÃO MAGNÉTICA (cm²): 2.56 cm². 0 0 -
SECÇÃO GEOMÉTRICA (cm²): 2.82 cm². -
DETERMINAÇÃO DA RELAÇÃO DE ESPIRAS POR VOLT (ESP/V): 0 0
ESPIRAS POR VOLT (ESP/V): 13.08 1661 ESPIRAS
DETERMINAÇÃO DA RELAÇÃO DE ESPIRAS POR ENROLAMENTO (Nlx): 127 VOLTS -
QUANTIDADE DE ESPIRAS NO ENROLAMENTO PRIMÁRIO: 2877 Espiras. 37 AWG 0
QUANTIDADE DE ESPIRAS NO ENROLAMENTO SECUNDÁRIO 1: 92 Espiras. 0
QUANTIDADE DE ESPIRAS NO ENROLAMENTO SECUNDÁRIO 2: 0 Espiras. 2877 ESPIRAS 0 -
QUANTIDADE DE ESPIRAS NO ENROLAMENTO SECUNDÁRIO 3: 0 Espiras. 220 VOLTS 0
QUANTIDADE DE ESPIRAS NO ENROLAMENTO SECUNDÁRIO 4: 0 Espiras. 37 AWG 0 0
QUANTIDADE DE ESPIRAS NO ENROLAMENTO SECUNDÁRIO 5: 0 Espiras.
CÁLCULO DA POSSIBILIDADE DE EXECUÇÃO: 0 -
ÁREA DA JANELA - "Sj" (mm²): 270.75 0 0
ÁREA DO COBRE ENROLADO -"Scu" (mm²): 51.26 0
RELAÇÃO DE EXECUÇÃO: 5.28 É EXECUTÁVEL!
BASEADO NA RELAÇÃO: Sj/Scu>=3.

Sheet 3: TABELA AWG

     Tabela de equivalências
www.egeneral.com.br
FIOS E CABOS PADRÃO AWG / MCM FIOS E CABOS
American Wire Gauge e 1000 Circular Mils (1 mil = .0254 mm) PADRÃO MÉTRICO
Bitola Diâmetro Seção Resistência Corrente Seção Corrente
aproximado aproximada aproximada1 máxima2 nominal máxima2
[mm] [mm²] [ohm/m] [A] [mm²] [A]
40 AWG 0.08 0.005 3.4 - - -
39 AWG 0.09 0.006 2.7 - - -
38 AWG 0.1 0.008 2.2 - - -
37 AWG 0.11 0.01 1.7 - - -
36 AWG 0.13 0.013 1.4 - - -
35 AWG 0.14 0.016 1.1 1 - -
34 AWG 0.16 0.02 0.86 - - -
33 AWG 0.18 0.025 0.68 - - -
32 AWG 0.2 0.032 0.54 - - -
31 AWG 0.23 0.04 0.43 - - -
30 AWG 0.26 0.051 0.34 2 0.05 2
29 AWG 0.29 0.064 0.27 - - -
28 AWG 0.32 0.081 0.21 - - -
27 AWG 0.36 0.1 0.17 - - -
26 AWG 0.41 0.13 0.13 - - -
25 AWG 0.46 0.16 0.11 - - -
24 AWG 0.51 0.21 0.084 4 0.2 4
23 AWG 0.57 0.26 0.067 - - -
22 AWG 0.64 0.33 0.053 6 0.3 6
21 AWG 0.72 0.41 0.042 - - -
20 AWG 0.81 0.52 0.033 9 0.5 9
19 AWG 0.91 0.65 0.026 - - -
18 AWG 1 0.82 0.021 11 0.75 10
17 AWG 1.2 1 0.017 - - -
16 AWG 1.3 1.3 0.013 13 1 12
15 AWG 1.5 1.7 0.01 - - -
14 AWG 1.6 2.1 0.0083 16 1.5 15
13 AWG 1.8 2.6 0.0066 - - -
12 AWG 2 3.3 0.0052 22 2.5 21
11 AWG 2.3 4.2 0.0041 - - -
10 AWG 2.6 5.3 0.0033 35 4 28
9 AWG 2.9 6.6 0.0026 - - -
8 AWG 3.3 8.4 0.0021 50 6 36
7 AWG 3.7 10 0.0016 - - -
6 AWG 4.1 13 0.0013 62 10 50
5 AWG 4.6 17 0.001 - - -
4 AWG 5.2 21 0.00082 70 16 68
3 AWG 5.8 27 0.00065 - - -
2 AWG 6.5 34 0.00051 90 25 89
1 AWG 7.4 42 0.00041 110 35 111
1/0 AWG 8.2 54 0.00032 130 50 134
2/0 AWG 9.3 67 0.00026 170 - -
3/0 AWG 10.4 85 0.00021 190 70 171
4/0 AWG 11.7 107 0.00016 210 95 207
250 MCM 12.7 120 - 225 - -
300 MCM 13.8 150 - 250 120 240
400 MCM 15.4 185 - 300 185 310
500 MCM 17.5 240 - 340 - -
600 MCM 19.5 300 - 380 240 365
800 MCM 22.6 400 - 450 300 420
1000MCM 25.2 500 - 480 400 500
- - - - - 500 580
Na tabela são mostradas algumas equivalências comumente consideradas
entre os padões métrico e AWG/MCM, em tabelas de fabricantes nacionais.
1 Considerando fios e cabos de cobre. Para alumínio, multiplicar os valores de resistência por 1,62.
2 Corrente máxima aproximada, recomendada para as utilizações mais comuns, ~10.D1,2

Comentários