Manual de configuração básico axf

Manual de configuração básico axf

(Parte 1 de 2)

Página | 1

Conteúdo

1.  Introdução  2 
2.  Comunicação HART  3 
2.1.  Equipamentos necessários:  3 
2.2.  Ligação Elétrica  3 
2.3. Conectando o Instrumento com a interface de comunicação  4 
3.  Configurações Básicas  5 
3.1. Abrindo o DTM Works  5 
3.2.  Configuração do TAG  5 
3.3. Configuração do SPAN e Unidade de Engenharia  6 
3.4.  Configuração do Display  8 
3.5.  Auto Zero  9 
4.  Configurações Avançadas  9 
4.1.  Diâmetro de Medição 10 
4.2.  Meter Factor  11 
5. Estrutura de Parâmetros HART  13 
6.  Alarmes e Erros  16 

Página | 2

1. Introdução

Este manual objetiva demonstrar aos usuários de equipamentos Yokogawa, como efetuar algumas das configurações básicas necessárias para que o equipamento funcione corretamente, conforme necessidades do processo o qual o mesmo será submetido.

Neste manual, utilizaremos como ferramenta de demonstração o Medidor de Vazão Eletromagnético da família ADMAG AXF com o protocolo de comunicação HART e utilizaremos como interface de configuração HART o Software FieldMate.

Configurações mais detalhadas e algumas outras funcionalidades que este manual não contemple, deve‐se consultar o Manual de Instruções do Equipamento e/ou do Software.

Página | 3

2. Comunicação HART

2.1. Equipamentos necessários: ‐ Sistema Operacional: Windows XP Professional SP1 ou superior;

‐ Porta de rede: 1x Porta USB ou 1x Porta RS‐232;

‐ Modem HART (USB ou RS‐232);

‐ Resistor de 250 Ω ou superior (máximo 600 Ω);

‐ Alimentação do Instrumento (Fonte de Alimentação ou Alimentação 110/220V)

2.2. Ligação Elétrica

Alimentação Elétrica

Comunicação HART

Página | 4

2.3. Conectando o Instrumento com a interface de comunicação Os passos que se seguem devem ser seguidos:

1) Conectar o Modem Hart no porta de comunicação (USB ou RS232) 2) Conectar as “garras” do Modem Hart em paralelo ao resistor 3) Inicializar o Software Fieldmate 4) Escolher a opção HART e apertar OK

5) O Fieldmate deverá encontra automaticamente o equipamento a ele conectado

Caso não apareça nenhum equipamento ou aparecer alguma mensagem de erro, os passos acima devem ser repetidos.

Se o problema persistir, contatar o escritório Yokogawa mais próximo.

Página | 5

3. Configurações Básicas

O DTM Works do Fieldmate é onde todos os parâmetros do equipamento podem ser configurados. Esta ferramenta utiliza o padrão FDT/DTM. Baseado nesta ferramenta, demonstraremos às configurações mínimas necessárias para o correto funcionamento do equipamento para o processo em que será submetido.

3.1. Abrindo o DTM Works

Dar um duplo clique na figura do instrumento ou apertando o botão direito do mouse, selecionar a opção DTM Works.

Nesta tela, no canto esquerdo estão dispostas algumas pastas, dentre elas utilizaremos a pasta EASY SETUP.

Os parâmetros da pasta EASY SETUP estão dispostos a fim de facilitar ao usuário um acesso rápido aos principais parâmetros de configuração do instrumento. Os mesmos parâmetros podem ser encontrados em outras pastas.

3.2. Configuração do TAG

TAG é um conjunto de letras e números que se dá ao instrumento para a sua identificação. O mesmo possui uma padronização através de um órgão internacional/nacional ou pode ser seguido o padrão da empresa no qual o equipamento será instalado.

Página | 6

O TAG normalmente identifica a área e/ou principio de medição a qual o equipamento será submetido e seguido de um número seqüencial.

O mesmo pode ser configurado da seguinte forma: 1) Clicar na pasta EASY SETUP 2) Posicionar o cursor do mouse na janela que se encontra após a palavra Tag: 3) Preencher com o TAG definido (ex. FIT‐201) 4) Para confirmar a alteração apertar a tecla ENTER

3.3. Configuração do SPAN e Unidade de Engenharia

SPAN é a faixa de trabalho em que o instrumento será submetido. Para medidores de vazão, normalmente é configurado o valor superior da faixa.

O SPAN é um valor numérico que varia de acordo com o diâmetro do tubo medidor. Para todo SPAN existe uma unidade de engenharia que é uma função de volume por uma

Página | 7 unidade de tempo. Ou seja, é a quantidade volumétrica de um fluido que passa dentro do tubo medidor pelo tempo.

Para fazer a configuração do SPAN devem‐se seguir os seguintes passos: 1) Clicar na pasta EASY SETUP 2) Posicionar o cursor do mouse na janela que se encontra após a indicação PV SPAN: 3) Preencher com o SPAN definido (ex. 5)

4) Para confirmar a alteração apertar a tecla ENTER

Para fazer a configuração da Unidade de Engenharia devem‐se seguir os seguintes passos:

1) Clicar na pasta EASY SETUP 2) Clicar na janela que se encontra após a indicação Base Flow Unit: 3) Selecionar a unidade de volume desejada (ex. m³)

Página | 8

4) Para confirmar a alteração apertar a tecla ENTER

5) Clicar na janela que se encontra após a indicação Base Time unit: 6) Selecionar a unidade de tempo desejada (ex. /h)

7) Para confirmar a alteração apertar a tecla ENTER

De acordo com os exemplos demonstrados, a faixa de medição configurada no medidor é de 0 a 5 m³/h.

3.4. Configuração do Display

O display do Medidor de Vazão Eletromagnético ADMAG AXF possui 3 linhas de indicação que podem ser configuradas de acordo com a necessidade do processo. Sendo que no mínimo uma linha deve estar configurada para indicação.

(Parte 1 de 2)

Comentários