Vertentes processos e formas

Vertentes processos e formas

Vertentes: Processos e formas

Professora Lucimar Marques da Costa Garção

Vertente: Superfície inclinada

  • Importância geológica desse estudo

  • Sucessivas fases geológicas com dobramentos, falhamentos, soerguimentos, intenso tectonismo alternado provocando sedimentação em áreas de interflúvio.

Morfogênese das vertentes

  • Ação da dinâmica externa sobre as vertentes

  • Evolução e forma que a matéria pode tomar

  • Processos mais importantes na morfogênese

Dinâmica das vertentes

  • 1- rocha se decompõe

  • 2- forma o solo- aumenta a espessura

  • 3- movimento do regolito – retira os detritos da vertente

  • 4- diminui a espessura do regolito

  • 5 – rebaixamento do modelado

Sistema aberto

  • Recebendo e perdendo energia e matéria

  • Processos que atuam na vertente: escoamento, meteorização, movimento do regolito, eluviação e coluviação

Vertentes e a rede hidrográfica

  • Relação direta com a rede hidrográfica

  • Fornece matéria, detritos par os cursos de água

  • Transporte pelos rios – ajustamento

  • Capacidade do rio transportar

  • Comprimento do rio

  • Vertentes muito ou pouco inclinadas

Vertente é a fonte de material para os rios

Balanço morfogenético de uma vertente: Tricart (1957) demonstra que é comandado principalmente pelo:

  • A) valor do declive;

  • B) pela natureza da rocha;

  • C) pelo clima

1- Meteorização ou intemperismo

  • 1- Produção de detritos – pré-requisito

  • 2- Química e bioquímica – decomposição e meteorização – fragmentação

  • 3- Fragmentação- oscilação do calor entre o dia e a noite – deserto – varia de acordo com as rochas

  • 4 - Transfere-se essa matéria para o sistema fluvial

2- Movimento do regolito

  • A) rastejamento: pisoteio de gado, crescimento de raízes, escavamento de buracos – auxiliado pela presença de água

  • B) fluxo de lama: regolito cheio de água, encontra c/ camada impermeável, desloca centímetro por dia- movimento lento

  • C) avalancha- fluxo coletivo rápido, volume grande materiais: pode ser de gelo, neve e fragmento rochosos – ar aquecido provoca gases explodem (poros do solo)

  • D) deslizamento- provocado por prolongada ação chuvosa

  • E) desmoronamento – deslocamento rápido do bloco de terra

3-Processo morfogenético fluvial

  • Impacto da gota de chuva: energia

  • Arrancamento e deslocamento de partículas

  • Distância percorrida pelo arraste

  • Cai mais água do que se infiltra, cobertura vegetal, concentração de água, enxurrada, impacto da gota sentido jusante e montante

  • Depende da topografia

4- Ação biológica

  • Raízes das plantas: deslocamento permeabilidade do solo

  • Produção de humus

  • Ação das minhocas, formigas, galerias, deslocamento de partículas

  • A ação dos animais é mais ativa e a dos vegetais mais passiva.

Inclui- -se ainda o comprimento e a forma geométrica da vertente

Sistemas morfogenéticos: condição de clima que produz as formas de relevo

  • Estrutura: todos atuam num determinado lugar

  • Um pode atuar mais que o outro ou auxiliar

  • Relação variável

  • Determinada condição climática: processos geomorfológicos diferentes

Várias classificações consideram as bacias de drenagem e as relações entre clima, processos e formas.

  • Côncava

  • Convexa

  • Retilínea

  • Ver processos que atuam sobre ela

  • Aumento das escarpas

Comentários