Dor no Recém Nascido

Dor no Recém Nascido

(Parte 1 de 3)

CENTRO EDUCACIONAL SÃO CAMILO

NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM EM NEONATOLOGIA

Ilane A. Martins da Silva

Pauliceia Gomes L. Moraes

A DOR NO RECÉM- NASCIDO – ESTUDO DAS MEDIDAS DE INTERVENÇÃO

Brasília

2012

Ilane A. Martins da Silva

Pauliceia Gomes L. Moraes

A DOR NO RECÉM-NASCIDO – ESTUDO DAS MEDIDAS DE INTERVENÇÃO

Monografia apresentada ao curso de especialização em Enfermagem em Neonatologia de Centro Educacional São Camilo. Orientado pela professora Mestre Tainá Pizzignacco, como requisito parcial para obtenção do título de especialista em Enfermagem em Neonatologia.

Brasília

2012

Ilane A. Martins da Silva

Pauliceia Gomes L. Moraes

A DOR NO RECÉM-NASCIDO – ESTUDO DAS MEDIDAS DE INTERVENÇÃO

Brasília, 26 de Outubro de 2012

___________________________________________________________________

Profª Msc.Tainá Pizzignacco

Orientadora

________________________________________________________________

Examinador

Resumo

A dor no recém – nascido – Estudo das medidas de intervenção.

O objetivo deste estudo é descrever, através da revisão da literatura nacional, os métodos de intervenção para controle e alivio da dor no RN hospitalizado em UTIN. Este estudo teve como questões norteadoras: como vem sendo a evolução histórica da dor? O que se sabe sobre as repercussões fisiológicas da dor? Quais as medidas de intervenção utilizadas no alivio do recém – nascido? Foram utilizados nesta pesquisa 15 artigos e 3 livros que atenderam os objetivos deste estudo, utilizando como ferramenta de busca a Bibliografia virtual em saúde e acervo particular. Dentre os achados da pesquisa quanto aos mecanismos fisiológicos envolvidos na dor do RN destacaram-se as alterações das frequências cardíacas e respiratórias, pressão arterial, saturação de oxigênio, vaso constrição, sudorese, alterações das pupilas e aumento da liberação de catecolaminas e hormônios adrenocorticosteróides.Quanto aos instrumentos utilizados na avaliação da dor, destacou-se as escalas de NFCS e NIPS. Quanto as intervenções utilizadas no tratamento e alivio da dor no RN, os autores estudados citaram as medidas não farmacológicas, tais como: ambiente, posicionamento, sucção não nutritiva, uso de solução adocicada e amamentação entre as intervenções farmacológicas foi ressaltado o uso de analgésicos não opóides, analgésicos opióide, anestésico local e sedativos. Na análise dos resultados foi possível verificar que nenhuma medida é eficaz se aplicada de forma isolada, sendo necessário profissionais treinados e sensibilizados para uma boa avaliação da dor no RN e consequentemente para a utilização de medidas adequadas garantindo desta forma uma qualidade na assistência ao RN nas UTINs.

Palavras – chave: Dor. Recém-Nascido. Tratamento. Intervenção

Abstract

Pain in the new - born - Study of intervention measures.

The objective of this study is to describe, through integrative literature review, methods of intervention to control and pain relief in infants hospitalized in the NICU. This study questions: how has been the historical evolution of pain? What is known about the physiological effects of pain? What intervention measures used in the relief of the new - born? Used in this research were 15 articles and 3 books that met the objectives of this study, using as a search tool in health and Bibliography virtual private collection. Among the research findings regarding the physiological mechanisms involved in pain RN stood out changes in heart rate and breathing, blood pressure, oxygen saturation, vasoconstriction, sweating, pupillary changes and increased release of catecholamines and hormones adrenocorticosteroids. as the instruments used to assess pain, stood out scales NFCS and NIPS. As the interventions used in the treatment and relief of pain in newborns, the authors studied cited the nonpharmacological measures such as: environment, positioning, nonnutritive sucking, use of sweetened solution between breastfeeding and pharmacological interventions was highlighted using analgesics opóides, opioid analgesics, local anesthetics and sedatives. Analyzing the results we found that no measure is effective if applied in isolation, requiring trained and sensitized to good pain assessment in infants and hence the use of appropriate measures thus ensuring a quality in assisting the RN in NICUs.

Keywords: Pain. Newborn. Treatment. Intervention.

Lista de Abreviaturas

BVS - Biblioteca Virtual da Saúde

CONANDA – Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente

EMLA - Eutectic Mixture of Local Anesthetics

et al- E outros

G6PD- Glucose – 6 – fosfato desidrogenase

IMIP- Instituto Materno Infantil do Pernambuco

LILACS- Literatura Latino Americana em Ciências da Saúde

NFCS- Neonatal Facial Coding System

RN- Recém – Nascido

RNTP- Recém nascido pré-termo

SCIELO- Scientific Eletronic Library Online

UTIN- Unidade de Terapia Intensiva Neonatal

Sumário

Resumo

Abstract

1 Introdução...............................................................................................................9

1.1 Problemáticas da pesquisa................................................................................9

1.2Justificativa........................................................................................................11

2 Objetivos...............................................................................................................12

2.1 Objetivo Geral...................................................................................................12

2.2 Objetivos específicos. ......................................................................................12

3 Metodologia..........................................................................................................13

3.1 Tipo de pesquisa..............................................................................................13

3.2 Questões Norteadoras da pesquisa.................................................................13

3.3 Localização e seleção dos estudos..................................................................13

3.4 Avaliação crítica dos estudos...........................................................................13

3.5 Coleta de dados...............................................................................................14

3.6 Análise,interpretação e síntese de dados........................................................14

4 Revisão da Literatura...........................................................................................15

4.1 Evolução histórica da dor.................................................................................15

4.2 Fisiologia da dor...............................................................................................16

4.3 Instrumentos para avaliação da dor no RN......................................................17

4.4 Intervenções na dor do RN...............................................................................20

4.4.1 Intervenções não farmacológicas..................................................................20

4.4.2 Intervenções farmacológicas.........................................................................22

5 Discussão..............................................................................................................25

6 Considerações da pesquisa................................................................................28

(Parte 1 de 3)

Comentários