Microbiologia e parasitologia

Microbiologia e parasitologia

Microbiologia e parasitologia

ENF:SARAI

Microbiologia e Parasitologia:

  • É a ciência que estuda as relações entre os seres vivos, suas principais características e formas de associação, como as infecções parasitárias e a transmissão dos agentes infecciosos; a seguir, analisaremos as vias de penetração e de eliminação destes agentes.

Cadeia de transmissão dos agentes infecciosos

  • Para que ocorram infecções parasitárias é fundamental que haja elementos básicos expostos e adaptados às condições do meio. Os elementos básicos da cadeia de transmissão das infecções parasitárias são o HOSPEDEIRO, O AGENTE INFECCIOSO E O MEIO AMBIENTE

Cadeia de transmissão dos agentes infecciosos

  • No entanto, em muitos casos, temos a presença de vetores, isto é, insetos que transportam os agentes infecciosos de um hospedeiro parasitado a outro, até então sadio (não-infectado). É o caso da febre amarela, da leishmaniose e outras doenças.

Agente infeccioso

  • é um ser vivo capaz de reconhecer seu hospedeiro, nele penetrar, desenvolver-se, multiplicar-se e, mais tarde, sair para alcançar novos hospedeiros.

agentes infecciosos

  • Os MICRORGANISMOS são seres muito pequenos que não podem ser vistos a olho nu e, para enxergá-los, precisa-se da ajuda de um MICROSCÓPIO, que nada mais é do que um instrumento que aumenta a imagem de um objeto através de um sistema de lentes.

ONDE OS MICRORGANISMOS VIVEM?

Os microrganismos encontram-se distribuídos em praticamente todos os lugares da natureza. Estão no ar, na água (mares, rios, lagos e água subterrânea) e no solo.

Podem ser encontrados em maiores quantidades em lugares onde existe grande quantidade de alimentos (matéria orgânica e inorgânica), umidade e temperatura apropriada para que possam CRESCER e se REPRODUZIR.

agentes infecciosos

  • micróbios ou germes,

  • bactérias,

  • protozoários,

  • vírus,

  • ácaros e alguns fungos.

-Elementos básicos da cadeia de transmissão:

  • Hospedeiro:

  • Na cadeia de transmissão, o hospedeiro pode ser o homem ou um animal, sempre exposto ao parasito ou ao vetor transmissor, quando for o caso.

  • Na relação parasito-hospedeiro, este pode comportar-se como um portador são (sem sintomas aparentes) ou como um indivíduo doente (com sintomas), porém ambos são capazes de transmitir a parasitose

  • O hospedeiro intermediário :quando os parasitos nele existentes se reproduzem de forma assexuada

  • A Taenia solium, por exemplo, precisa, na sua cadeia de transmissão, de um hospedeiro definitivo, o homem, e de um intermediário, o porco.

  • O hospedeiro definitivo quando os parasitos nele alojados se reproduzem de modo sexuado.

  • A Taenia solium, por exemplo, precisa, na sua cadeia de transmissão, de um hospedeiro definitivo, o homem, e de um intermediário, o porco.

  • HOSPEDEIRO DEFINITIVO:- é aquele q abriga o parasita de maturidade sexual ou de reprodução sexuada HOSPEDEIRO INTERMEDIARIO:- é aquele q abriga o parasita na fase larval ou de reproduão assexuada

Reprodução assexuada

Reprodução sexuada

Os parasitos são também classificados em endoparasitos e ectoparasitos

  • Endoparasitos: são aqueles que penetram no corpo do hospedeiro e aí passam a viver.

  • Ectoparasitos :são aqueles que não penetram no hospedeiro, mas vivem externamente, na superfície de seu corpo, como os artrópodes - dentre os quais destacam-se as pulgas, piolhos e carrapatos.

Tipos de doenças:

  • Tipos de doenças: Doenças transmissíveis e não- transmissíveis Nem todas as doenças que ocorrem em uma comunidade são transmitidas, ou passadas, de pessoa a pessoa (as “que se pega”). Existem também as que não se transmitem desse modo (as “que não se pega”). Podemos então dizer que as :

doenças transmissíveis:

  • doenças transmissíveis:são causadas somente por seres vivos, chamados de agentes infecciosos ou parasitos. O sarampo, a caxumba, a sífilis e a tuberculose exemplificam tal fato.

As doenças não-transmissíveis

  • As doenças não-transmissíveis :podem ter várias causas, tais como deficiências metabólicas (algum órgão que não funcione bem), acidentes, traumatismos, origem genética (a pessoa nasce com o problema). Como exemplos, temos o diabetes, o câncer e o bócio tireoidiano.AGENTES INFECCIOSOS E ECTOPARASITOS E SUAS DOENÇAS TRANSMISSÍVEIS

Os vírus:

  • características gerais: Os vírus são considerados partículas ou fragmentos celulares capazes de se cristalizar até alcançar o novo hospedeiro. Por serem tão pequenos, só podem ser vistos com o auxílio de microscópios eletrônicos

Principais doenças transmitidas pelos vírus:

  • Os vírus são responsáveis por várias doenças infecciosas, tais como:

  • AIDS,

  • gripes,

  • raiva,

  • poliomielite (paralisia infantil),

  • meningite,

  • febre amarela,

  • dengue,

  • hepatite,

  • caxumba, sarampo, rubéola, mononucleose, herpes, catapora, etc.Sua transmissão ocorre de várias formas

TRANSMISSÃO

  • a) pela picada de mosquitos (vetores), como o Aedes aegypti infectado, responsável pela dengue e febre amarela;

  • b) pela mordida de cães infectados, ocasionando a raiva;

  • c) pela saliva e pelo trato respiratório, podendo gerar herpes,catapora, hepatite, sarampo, etc.;

TRANSMISSÃO

  • d) pelo sangue contaminado: provocando a AIDS e a hepatite B;

  • e) há ainda a transmissão de vírus pelo leite materno, por via oral-fecal, pela urina, placenta, relações sexuais e lesões de pele (rubéola, HIV, vírus da hepatite B).

TRANSMISSÃO

  • Algumas doenças transmitidas por vírus são facilmente controláveis por meio de vacinas, como sarampo, rubéola, caxumba, raiva, poliomielite, febre amarela, hepatite e alguns tipos de meningite.

AS BACTÉRIAS

  • características gerais :

  • as bactérias são organismos muito pequenos, porém maiores que os vírus, mas visíveis somente ao microscópio. Apresentam formas variadas e pertencem ao reino Monera, sendo, portanto, seres unicelulares – procariontes.

Os protozoários:

  • características gerais:

  • Os protozoários são seres unicelulares cuja maioria é extremamente pequena, ou seja, microscópica.

  • A maior parte vive de forma livre em ambientes úmidos ou aquáticos, mas existem protozoários comensais (Entamoeba coli) e os que são parasitos do homem e capazes de causar doenças graves, como a malária e a doença de Chagas.

Comentários