FUNDAÇÕES

FUNDAÇÕES

(Parte 1 de 2)

SENAI – SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM E INDÚSTRIA

JOÃO VITOR DA SILVA SOUZA

MATEUS DUARTE FELIX

VANIELLY FIDELES DA SILVA

AXEL FALCÃO

STEFANE DAIANE

FUNDAÇÕES

Porto velho

2012.

JOÃO VITOR DA SILVA SOUZA

MATEUS DUARTE FELIX

VANIELLY FIDELES DA SILVA

AXEL FALCÃO

STEFANE DAIANE

FUNDAÇÕES

Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), apresentado ao serviço Nacional de Aprendizagem Indústria SENAI como requisito para elaboração do trabalho de conclusão do curso Técnico em Edificações.

Orientador Profª. Sara Godinho

Porto velho

2012.

FUNDAÇÕES

Trabalho de conclusão do curso aprovado, apresentado ao Serviço nacional de aprendizagem indústria – SENAI, na sala de aula como requisito parcial para a obtenção do certificado de técnico na área da construção civil, com nota final igual a _09_, conferida pela banca examinadora formada pelos colegas de sala:

Andre Pedrosa de Oliveira

Serviço Nacional de Aprendizagem Indústria - SENAI

Ianca Alves de Oliveira

Serviço Nacional de Aprendizagem Indústria - SENAI

Mateus Queiroz

Serviço Nacional de Aprendizagem Indústria - SENAI

Porto velho,____de _________de 2012.

A nossos pais e instrutores que nos incentivaram durante o curso, a nunca desistir de nossos objetivos, até aqui alcançados.

AGRADECIMENTOS

Agradecemos a Deus primeiramente, por ter nos ajudado até aqui, nos dado oportunidade de estar concluindo mais um curso que tanto pedimos a Ele, e sua bondade eterna que nos acompanha em toda nossa caminhada por toda a vida.

Agradecemos também aos grandes amigos que nos incentivaram a concluir um curso de tamanha importância, aos professores por ter nos orientado e ensinado para nossa qualificação e aos bons colegas de turma por termos passado grandes momentos juntos.

FUNDAÇÕES. Trabalho de conclusão do curso (Técnico em edificação) Serviço Nacional da Indústria Aprendizagem – SENAI.

RESUMO

Esse trabalho teve como objetivo expressar o conhecimento adquirido durante os dois anos de curso técnico, a fim de mostrar habilidades e competências na área da construção civil. Através do tema “Fundações” mostramos o principio e a base de uma obra, além é claro de reforçar as nossas ideias, quanto ao tema. Fundação é a obra, geralmente enterrada, que serve para suportar a casa, prédio, ponte ou viaduto. Podendo ser feita de diversos tipos de materiais e dependendo do tipo  de terreno encontrado no local das obras, adotam-se tipos diferentes de fundações, entre elas estão: baldrame, sapata, estacas e tubulão. Cada um com a sua especificação, levando em conta tipo de solo e o custo da obra.

Palavra-chave: Fundações

ABSTRACT

This study aimed to express the knowledge gained during the two-year technical course in order to show skills and competencies in the area of ​​construction. Through the theme "Foundations" show the beginning and the foundation of a work, in addition of course to strengthen our ideas on the subject. Foundation work is usually buried, which serves to support the house, building, bridge or overpass. It can be made ​​of many different materials and depending on the type of terrain found at the construction site, they take up different types of foundations, among them are: baldrame, shoe, and caisson piles. Each with its specification, taking into account soil type and cost of the work.

LISTA DE FIGURAS

Figura 1: blocos..........................................................................................................12

Figura 2: baldrames....................................................................................................13

Figura 3: radier...........................................................................................................13

Figura 4: estaca metálica...........................................................................................15

Figura 5 e 6: emendas constituídas por anéis metálicos (figura 5), luvas de encaixe tipo ”macho e fêmea” (figura 6)..................................................................................16

Figura 7: capacete dotado de “cepo” e “coxim”..........................................................16

Figura 8: Fases de execução da estaca tipo Franki...................................................18

Figura 9: demonstração da estaca Strauss................................................................19

Figura 10: Geometria de um tubulão de fundação.....................................................20

Figura 11: construção de um tubulão de ar comprimido............................................21

Figura 12: preparação de saída de pilar.....................................................................22

LISTA DE TABELAS

Tabela1: tensão admissível do solo...........................................................................11

Tabela1: tensão admissível do solo...........................................................................12

Tabela 2: Cargas admissíveis usualmente adotadas em estacas de madeira..........14

Tabela 3: Dados básicos para projeto das estacas tipo Franki..................................17

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO.......................................................................................................10

2 IMPORTÂNCIA DAS FUNDAÇÕES......................................................................11

3 TIPOS DE SOLOS..................................................................................................11

4 TIPOS DE FUNDAÇÕES........................................................................................12

4.1Fundações superficiais rasas ou diretas...............................................................12

4.1.1 blocos de fundações..........................................................................................12

4.1. 2 baldrames.........................................................................................................13

4.1.3 radier.................................................................................................................13

4.2 Fundações profundas indiretas...........................................................................14

4.2.1 Estacas..............................................................................................................14

4.2.2 Tubulões............................................................................................................19

4.2.3 caixões..............................................................................................................21

3 CONCLUSÃO.........................................................................................................23

REFERENCIAS..........................................................................................................24

(Parte 1 de 2)

Comentários