(Parte 1 de 2)

ZOOTECNIA

 Ciência aplicada que estuda e aperfeiçoa os meios de promover a adaptação dos animais domésticos ao ambiente criatório e vice-versa, visando o lucro, ou seja, com fins econômicos.

 O objeto da Zootecnia é o animal doméstico (criado pelo homem, com reprodução controlada pelo homem, em estado de cativeiro e mansidão hereditária e que oferece ao homem um serviço).

ZOOTECNIA GERAL

 Trata das espécies domésticas como um todo, não diferencia as espécies.

Lida com:

  • Evolução das espécies

  • Herança

  • Melhoramento animal

  • Bioclimatologia animal

  • Princípios de nutrição e alimentação

ZOOTECNIA ESPECIAL

 Trata das espécies individualizadas.

Bovinocultura de leite, bovinocultura de carne, eqüinocultura etc.

 Se subdivide em quantas são as espécies domésticas.

TETRAEDRO ZOOTÉCNICO

“Há uma solidariedade entre o solo, o clima, os vegetais e os animais em criação, solidariedade que se pode denominar harmonia agrícola.” (Cornevin, 1891)

CLIMA

SOLO VEGETAÇÃO

ANIMAIS

CRIAÇÃO DOS ANIMAIS

  1. Fase totalmente empírica;

  2. Fase técnica, com base científica.

DEFINIÇÃO DE ESPÉCIE:

Conjunto de indivíduos, do mesmo gênero, descendentes uns dos outros, com caracteres semelhantes, hereditariamente transmissíveis, e separados de outros grupos específicos, por infecundidade ou por separação geográfica.

ZOOTECNIA

A profissão da produção e da produtividade animal

“A ciência e a arte de bem criar os animais”

A Zootecnia é uma profissão de nível superior, regulamentada pela Lei 5.550, de 04/12/68, que tem como objetivo principal incrementar a produção de alimentos de origem animal.

A pesquisa de novas tecnologias e a aplicação dos conhecimentos acumulados ao longo do tempo permitem ao Zootecnista um manejo racional dos rebanhos, visando o aumento da produtividade, redução de custos e melhoria da qualidade dos produtos de origem animal consumidos pelo homem.

ASPECTOS DAS ATIVIDADES ZOOTÉCNICAS

Adaptação

Alimentação

Melhoramento dos animais domésticos

Higiene e saúde dos animais e instalações

Exploração econômica

Avaliação das carcaças dos animais

Pastagem

Administração rural

Estudos econômicos do setor produtivo

Culturas de exploração das espécies animais

A ZOOTECNIA E SUAS RELAÇÕES COM OUTRAS CIÊNCIAS

Zoologia 1. História da domesticação

2. Anatomia animal

3. Fisiologia dos animais

4. Genética animal

Meteorologia e Climatologia

Bioclimatologia

Zoogeografia  dados que permitem distribuir animais pelas regiões das espécies

Alimentação Estudo das plantas forrageiras

Botânica e solo

Bromatologia

Melhoramento Genética

Estatística

Matemática

Higiene Sanitária

Profilática

Exploração  estabelecer em bases comerciais

Engenharia Rural  instalações zootécnicas

Economia Rural  planejamento econômico da propriedade

Distribuição quantitativa e percentual dos Zootecnistas atuantes, por região. Brasil (1999)

Região

Atuante

%

Sudeste

2311

54,02

Sul

780

18,23

Nordeste

565

13,21

Centro-Oeste

482

11,27

Norte

140

3,27

Brasil

4278

100

Distribuição quantitativa e percentual dos Zootecnistas, por sexo e região. Brasil (1999)

Masculino

Feminino

Região

Informante

%

Informante

%

Sul

70

84,34

13

15,66

Sudeste

182

76,79

55

23,21

Nordeste

50

86,21

8

13,79

Centro-Oeste

74

90,24

8

9,76

Norte

38

90,48

4

9,52

Brasil

414

82,47

88

17,53

Distribuição quantitativa e percentual dos Zootecnistas, por faixa etária e região. Brasil (1999)

Até 25 anos

25-35 anos

35-45 anos

45-55 anos

55-65 anos

+ 65 anos

Região

Inf.

%

Inf.

%

Inf.

%

Inf.

%

Inf.

%

Inf.

%

S

6

7,2

26

31,3

39

47,0

11

13,2

1

1,2

0

0,0

SE

24

10,1

109

46,0

92

38,8

11

4,6

0

0,0

1

0,4

NE

3

5,2

17

29,3

21

36,2

11

19,0

1

1,7

5

8,6

CO

9

11,0

40

48,8

24

29,3

8

9,8

1

1,2

0

0,0

N

3

7,1

12

28,6

21

50,0

5

11,9

1

2,4

0

0,0

Brasil

45

8,9

204

40,6

197

39,2

46

9,2

4

0,8

6

1,2

Distribuição quantitativa e percentual dos Zootecnistas, por residência e região. Brasil (1999)

Capital

Interior

Região

Informante

%

Informante

%

Sul

8

9,64

75

90,36

Sudeste

42

17,72

195

82,28

Nordeste

23

39,66

35

60,34

Centro-Oeste

30

36,59

52

63,41

Norte

23

54,76

19

45,24

Brasil

126

25,10

376

74,90

Distribuição quantitativa e percentual dos Zootecnistas, por vinculação ao serviço público e setor privado e região. Brasil (1999)

(Parte 1 de 2)

Comentários