919 - questoes - de - fisica - resolvidas

919 - questoes - de - fisica - resolvidas

(Parte 16 de 17)

(02) se Carmelita sentar-se junto com Zezinho, bem próximos da extremidade da prancha, não existirá uma posição em que Juquinha consiga equilibrar a gangorra;

(04) se Juquinha sentar-se, no lado esquerdo, a 1m do centro da gangorra, Zezinho terá que se sentar no lado direito e a 1,6m do centro, para a gangorra ficar em equilíbrio;

(08) se Juquinha sentar-se na extremidade esquerda (a 2 m do centro) e Zezinho na extremidade direita, haverá equilíbrio se Carmelita sentar-se a 1m à direita do suporte;

259(Cefet-PR) Um menino que pesa 200 N, caminha sobre uma viga homogênea, de secção constante, peso de 600 N e apoiada simplesmente nas arestas de dois corpos prismáticos. Como ele caminha para a direita, é possível prever que ela rodará em torno do apoio B. A distância de B em que tal fato acontece, é, em metros, igual a:

260(ITA-SP) Uma barra homogênea de peso P tem uma extremidade apoiada num assoalho na horizontal e a outra numa parede vertical. O coeficiente de atrito com relação ao assoalho e com relação à parede são iguais a µ. Quando a inclinação da barra com relação à vertical é de 45º, a barra encontra-se na iminência de deslizar. Podemos, então, concluir que o valor de µ é:

c) 1 2

261 (MACK-SP)

Após uma aula sobre o “Princípio das Alavancas”, alguns estudantes resolveram testar seus conhecimentos num playground, determinando a massa de um deles. Para tanto, quatro sentaram-se estrategicamente na gangorra homogênea da ilustração, de secção transversal constante, com o ponto de apoio em seu centro, e atingiram o equilíbrio quando se encontravam sentados nas posições indicadas na figura. Dessa forma, se esses estudantes assimilaram corretamente o tal princípio, chegaram à conclusão de que a massa desconhecida, do estudante sentado próximo à extremidade B, é:

a)indeterminável, sem o conhecimento do comprimento da gangorra.

b) 108 kg c) 63 kg d) 54 kg e) 36 kg

262(UFGO) Três crianças, Juquinha, Carmelita e Zezinho, de massas 40, 30 e 25kg, respectivamente, estão brincando numa gangorra. A gangorra possui uma prancha homogênea de 4m e massa de 20kg. Considerando que o suporte da gangorra seja centralizado na prancha e que g 10m/s2, pode-se afirmar:

AB 5m 3m

48 SIMULADÃO

265(Fatec-SP) Um homem de massa 80kg suspende, com velocidade constante, um corpo de massa

(16) numa situação de equilíbrio da gangorra, com as três crianças sentadas sobre a prancha, a força normal que o suporte faz sobre a prancha é de 950 N;

(32) com Juquinha e Zezinho sentados nas extremidades da prancha, a gangorra tocará no chão no lado de Juquinha. Nesse caso, Zezinho ficará em equilíbrio porque a normal, que a prancha faz sobre ele, anula seu peso.

263(MACK-SP) Por erro de fabricação, uma balança de pratos, A e B, idênticos apresenta os braços com comprimentos diferentes ( 1 e 2). Ao ser utilizada por Rubinho na determinação da massa de um corpo x, ele verificou que: 1º- colocando o corpo x no prato A, o equilíbrio horizontal ocorreu quando se colocou no prato B uma massa m1; 2º- colocando o corpo x no prato B, o equilíbrio hori- zontal ocorreu quando se colocou no prato A uma massa m2, diferente de m1. Dessa forma, conclui-se que a massa mx do corpo x é:

d)()mm12

b) mm122 e)

c)mm12

264(FEI-SP) Um garoto deseja mover uma pedra de massa m 500kg. Ele dispõe de uma barra com 3m de comprimento, sendo que apoiou a mesma conforme a figura. Aproximadamente que força F → terá que fazer para mexer a pedra se ele apoiar a barra a 0,5m da pedra? Obs.: Desprezar a altura do apoio.

200kg, utilizando um esquema de polias, conforme mostra a figura. (Adote g 10m/s2.)

Considerando-se que as polias têm massas desprezíveis bem como os fios que são perfeitamente inextensíveis, é correto afirmar que a força exercida pelo homem sobre o solo é de:

a)125 Nc)600 Ne)zero b)550 Nd)800 N

266 (MACK-SP)

O sistema de polias ilustrado na figura 1 é ideal e se encontra em equilíbrio quando suspendemos os pe- sos P1 e P2 nas posições exibidas. Se esses mesmos pesos estiverem equilibrando uma barra de peso desprezível, como na figura 2, a relação entre a e b será:

F 0,5 m apoio figura 1 figura 2

SIMULADÃO 49

267(Unimep-SP) Uma esfera oca de ferro possui uma massa de 760g e um volume total de 760cm3. O volume da parte oca é de 660cm3. Assim sendo, a massa específica do ferro é igual a:

268(Cefet-PR) Um automóvel percorre 10km consumindo 1 litro de álcool quando se movimenta a 72km/h. Como 1 litro de álcool corresponde a 1dm3 e o álcool apresenta uma densidade igual a 0,8g/cm3, a massa, em gramas, consumida pelo veículo, por segundo, é igual a:

269(UEL-PR) A metade do volume de um corpo é constituído de material de densidade 7,0g/cm3 e a outra metade, de material de 3,0g/cm3. A densidade do corpo, em g/cm3, é

270(UFMG) Uma coroa contém 579g de ouro (densidade 19,3g/cm3), 90g de cobre (densidade 9,0g/cm3), 105g de prata (densidade 10,5g/cm5). Se o volume final dessa coroa corresponder à soma dos volumes de seus três componentes, a densidade dela, em g/cm3, será:

a) 10,5 b) 12,9 c) 15,5 d) 19,3 e) 38,8

271(Unicamp-SP) As fronteiras entre real e imaginário vão se tornando cada vez mais sutis à medida que melhoramos nosso conhecimento e desenvolvemos nossa capacidade de abstração. Átomos e moléculas: sem enxergá-los podemos imaginá-los. Qual será o tamanho dos átomos e das moléculas? Quantos átomos ou moléculas há numa certa quantidade de matéria? Parece que essas perguntas só podem ser respondidas com o uso de aparelhos sofisticados. Porém, um experimento simples pode nos dar respostas adequadas a essas questões. Numa bandeja com água espalha-se sobre a superfície um pó muito fino que fica boiando. A seguir, no centro da bandeja adiciona-se 1,6 10 5cm3 de um ácido orgânico (densidade 0,9g/cm3), insolúvel em água. Com a adição do ácido, forma-se imediata- mente um círculo de 200cm2 de área, constituído por uma única camada de moléculas de ácido, arranjadas lado a lado, conforme esquematiza a figura abaixo. Imagine que nessa camada cada molécula do ácido está de tal modo organizada que ocupa o espaço delimitado por um cubo. Considere esses dados para resolver as questões a seguir:

b)Qual o número de moléculas contidas em 282g do ácido?

272(Cesupa-PA) Para preparar um remédio, um farmacêutico necessita de 32g de uma solução líquida. Como sua balança está avariada, ele verifica em uma tabela que a densidade da solução é 0,8g/cm3 e, recorrendo a um simples cálculo, conclui que os 32g da solução poderiam ser obtidos medindo-se um volume de…

273(Cesgranrio) Você está em pé sobre o chão de uma sala. Seja p a pressão média sobre o chão debaixo das solas dos seus sapatos. Se você suspende um pé, equilibrando-se numa perna só, essa pressão média passa a ser:

b) 12 pd)2 p

274(UFPR) Quatro cubos metálicos homogêneos e iguais, de aresta 10 1m, acham-se dispostos sobre um plano. Sabe-se que a pressão aplicada sobre o conjunto sobre o plano é 104N/m2. Adotando g 10m/s2, podemos afirmar que a densidade dos cubos será aproximadamente de:

a)4 103kg/m3 b)2,5 103kg/m3 c) 103 kg/m3 d)0,4 103kg/m3 e)0,25 103kg/m3 adição de ácido

50 SIMULADÃO

275(UFRJ) Considere um avião comercial em vôo de cruzeiro. Sabendo que a pressão externa a uma janela de dimensões 0,30m 0,20m é um quarto da pressão interna, que por sua vez é igual a 1 atm (105N/m2):

a)indique a direção e o sentido da força sobre a janela em razão da diferença de pressão b)calcule o seu módulo

276(Unitau-SP) O bloco na figura, com massa de 5,0kg, sujeito à força F de intensidade 20 N, está em equilíbrio, apoiado sobre uma mesa horizontal. Se a área da superfície de contato do bloco com a mesa é de 0,5m2, a pressão exercida pelo bloco sobre a mesa vale:

a)40 Pa b)30 Pa c)50 Pa d)80 Pa e)100 Pa

277(UFES) Um automóvel de massa 800kg em repouso apóia-se sobre quatro pneus idênticos. Considerando que o peso do automóvel seja distribuído igualmente sobre os quatro pneus e que a pressão em cada pneu seja de 1,6 105N/m2 (equivalente a 24 lbf/pol2) a superfície de contato de cada pneu com o solo é, em centímetros cúbicos:

a) 100 b) 125 c) 175 d) 200 e) 250

278(USJT-SP) Nos sistemas esquematizados abaixo, o líquido é o mesmo e as áreas das bases são iguais. Indique o sistema no qual o fundo corre o maior risco de romper-se:

a) b) c) d) e)

279(Cefet-PR) Considere as afirmações sobre eventos mecânicos.

I – Descontando o atrito caixote/piso é tão fácil arrastar um caixote de 30kg na Terra quanto na Lua.

I – Um cubo maciço de ferro exerce, em sua base de apoio, uma pressão p. Dobrando-se suas dimensões, a pressão ficará igual a 2p.

(Parte 16 de 17)

Comentários