circuito limitador e grampeador

circuito limitador e grampeador

João Muya 118998

Circuitos Eletrônico I j118998@dac.unicamp.br

Docente: Doutora Tália Simões

CURSO: Tecnologia em Sistemas de Telecomunicações DISCIPLINA: Circuitos Eletrônicos (TT210)

Experimento 2– Circuitos limitadores e grampeadores

João Baptista Buanga Muya RA118998 Maria da Glória Lembe Sambo RA120325

João Muya 118998

Circuitos Eletrônico I j118998@dac.unicamp.br

Docente: Doutora Tália Simões

Neste relatório será abordado sobre o experimento feito em um laboratório utilizando um semicondutor do tipo PN.

O objetivo desse experimento é de tentar compreender o funcionamento de um diodo semicondutor e o seu funcionamento quando ele é aplicado para trabalhar como um circuito limitador e grampeador.

Materiais utilizados: Fonte de alimentação dupla, 2 Diodo 1N4007, Resistor de 10KΩ(1/4w), 1MΩ(1/4w), capacitor de 100nF, Multímetro, gerador de funções e osciloscópio.

Depois de termos todo esse material em nossa posse nada melhor que metermos em pratica o que foi dito. Assim comêssemos por montar o nosso circuito limitador.

Comêssemos com o circuito limitador que é circuito que alteram a forma de onda do sinal original, geralmente um sinal alternado e periódico, limitando sua amplitude.

Circuitos limitadores podem estar entre a entrada e a saída (limitador série) ou em paralelo com a entrada e a saída (limitador paralelo). Para tal os circuitos limitadores podem atuar no ciclo positivo, negativo ou em ambos. Para tal nos gostaríamos por dizer que depois de termos montado o nosso circuito e ter feito o experimento no laboratório e com as variações das tensões tanto no V2 e V3 podemos observar que as nossa forma de onda mudava circunstancialmente em relação das suas tensões, isso no circuito limitador.

João Muya 118998

Circuitos Eletrônico I j118998@dac.unicamp.br

Docente: Doutora Tália Simões

Como nos mostra por cima a nossa figura podemos notar que essa é a entrada da onda do nosso circuito

Depois de todo processo podemos notar que na saída temos uma siada que nem nos mostra a figura de cima

Nos circuitos limitadores polarizados, para o melhor desempenho e melhor funcionamento e para melhor obtenção de valores ideias as fontes de alimentação devem ser implementadas com diodos zener operando na região reversa, com a vantagem de que o zener operando na região direta funciona como um diodo comum.

E no circuito grampeador depois de tê-lo montado no laboratório e o ter feito o experimento podíamos observar a sua forma de onda isso é quando o diodo estava polarizado inversamente a sua saída de onda aprece oscilando na parte negativa e quando estiver polarizado diretamente podemos notar que a sua onda oscila na parte positiva e vice e versa.

Circuitos grampeadores polarizados positivo e negativo com fonte negativa, podemos assim mostrar com figuras abaixo como ele funciona e como é visto a partir de um osciloscópio depois de se ter feito o experimento na pratica.

João Muya 118998

Circuitos Eletrônico I j118998@dac.unicamp.br

Docente: Doutora Tália Simões

Como nos mostra acima temos o sinal de entrada e um sinal observado apartitr do osciloscópio embora.

É de salientar que esse sinal na verdade não se é mostra bem no osciloscópio isso porque nem sempre o material em que agente esta a usar esta em perfeitas condições como também possa ser que agente possa errar em um aspectos no momento de fazer o experimento.

Este é a forma da onda depois de invertermos o diodo como possamos observar na figura acima.

E para completar gostaríamos de dizer que o circuito grampeador ele grampeia apenas o sinal em um nível DC diferente do sinal da entrada sem afetar a forma da onda.

João Muya 118998

Circuitos Eletrônico I j118998@dac.unicamp.br

Docente: Doutora Tália Simões

Comentários