Roteiro Ciencias Morfofuncionais III

Roteiro Ciencias Morfofuncionais III

(Parte 2 de 2)

CASO 8.Criança de 7 anos chega ao hospital com história de redução do volume urinário e edema de membros inferiores. Há história prévia de vários episódios de amigdalite. Gasometria arterial: pH= 7,30; PaCO2= 28 mmHg; BR= 18 mM/L; BE= -6,5. Qual(is) o(s) distúrbio(s) ácido-básico(s) apresentado(s), mecanismo, causa e conduta?

CASO 9.Paciente de 80 anos com septicemia secundária a pneumonia de aspiração está sendo ventilada artificialmente. Ocorre queda súbita do nível de consciência sugestiva de acidente vascular cerebral. Gasometria arterial: pH= 7,42; PaCO2= 36 mmHg; BR= 27,6 mM/L; BE= +1,3. Qual(is) o(s) distúrbio(s) ácido-básico(s) apresentado(s), mecanismo e conduta?

CASO 10.Paciente de 65 anos, fumante, procura o ambulatório queixando-se de dispnéia, cansaço e tosse acompanhada por secreção clara. O exame clínico revela aumento do diâmetro ântero-posterior do tórax, baqueteamento digital e alguns sibilos esparsos. Gasometria arterial: pH= 7,40; PaCO2= 58 mmHg; BR= 34 mM/L; BE= +7,2. Qual(is) o(s) distúrbio(s) ácido-básico(s) apresentado(s), mecanismo, causa e conduta?

CASO 1.O paciente anterior (caso 10) apresentou, após dois meses, quadro de tosse produtiva, secreção amarelada e febre. A dispnéia piorou, fazendo com que fosse levado à Emergência. Gasometria arterial: pH= 7,20; PaCO2= 75 mmHg; BR= 30 mM/L; BE= +5,0. Qual(is) o(s) distúrbio(s) ácido-básico(s), mecanismo, causa e conduta?

CASO 12. Paciente em pós-operatório de cirurgia de aneurisma de aorta abdominal desenvolveu insuficiência renal aguda. Embora estável do ponto de vista hemodinâmico e respiratório, está dependente de hemodiálise em dias alternados. Avaliações ácido-básicas diárias mostram acidose metabólica compensada. A última gasometria arterial foi: pH= 7,14; PaCO2= 30 mmHg; BR= 19 mM/L; BE= -2,5. Qual(is) o(s) distúrbio(s) ácidobásico(s) apresentado(s), mecanismo e conduta?

UNIME - CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS I – Casos clínicos sobre Endócrino

CASO 1. Paciente com ganho de peso acelerado, prostração, sonolência excessiva, rouquidão e desempenho ruim no trabalho procura assistência médica. Na avaliação inicial foi coletada amostra de sangue que revelou níveis baixos de tiroxina e de hormônio estimulador da tireóide (TSH). Neste caso, pergunta-se:

a) Qual distúrbio endócrino que o paciente apresenta? b) O que provavelmente está ocorrendo que justificaria níveis baixos de tiroxina e TSH?

CASO 2. Indivíduo do sexo feminino, de 50 anos, obesa, hipertensa e portadora de hipercolesterolemia, tem diagnóstico de diabetes, mas não seguiu nenhuma orientação por estar se sentindo bem. Após 1 ano começou a apresentar alteração de sensibilidade em membro inferior esquerdo acompanhada de diminuição gradativa de visão em ambos os olhos. Após novos exames foi verificado que seu nível de açúcar estava mais elevado que da outra vez, sendo iniciadas várias medidas, entre elas a administração de insulina acompanhada de hipoglicemiante oral. Pergunta-se:

a) Qual o tipo de diabetes que a paciente apresenta? b) O que explicaria os sintomas apresentados nos membros inferiores e na visão? c) Cite algumas possíveis conseqüências da doença nesta paciente e as explique.

CASO 3. Dois indivíduos, um com 15 anos e outro com 34, procuram o endocrinologista para avaliação e acompanhamento devido a um achado de aumento dos níveis de GH. Um deles tem acromegalia e o outro gigantismo. Quais seriam as alterações de se esperar nos dois pacientes e diga quem apresenta qual distúrbio?

CASO 4. Justifique por que um paciente diabético, com deficiência total da produção de insulina, apresenta os seguintes achados:

a) Níveis cada vez maiores de glicemia plasmática b) Aumento do volume urinário c) Polidpsia (muita sede) d) Qual o tipo de diabetes do paciente e qual o tratamento indicado.

CASO 5. O sistema endócrino tem um papel importante na monitoração da concentração de líquidos e na correção dos desequilíbrios, juntamente com a regulação do equilíbrio eletrolítico, especialmente o de sódio. Justifique a importância da participação dos hormônios aldosterona e antidiurético na situação de exercício.

CASO 6. Considerando o cortisol o hormônio do estresse, quais as ações esperadas pelo desencadeamento do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal em pessoas que trabalham diariamente em situações de risco/estresse constante?

UNIME - CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS I – Estudo dirigido sobre Digestório

1. Cite 6 funções do sistema digestório. 2. Liste os órgãos do trato digestório e os órgãos digestórios acessórios. 3. Diga quais são as quatro camadas constituintes do tubo digestório, faça um esquema semelhante ao da aula pratica. 4. Quais são os dois plexos que formam o sistema nervoso entérico, onde ficam localizados e o que controlam? 5. Qual a função da boca na digestão mecânica e química? 6. Quantas são e quem são as glândulas salivares? Qual a constituição da saliva e para que ela serve? 7. As curvaturas do estômago fazem relação com quais órgãos? Para que servem os Omentos, maior e menor? 8. Porque a musculatura do estômago é formada por três camadas musculares? Quais são? 9. Explique as funções do estômago, discriminando os tipos celulares que compões a mucosa estomacal. 10. Quais são os estímulos para a produção de acido clorídrico pelo estômago? 1. Como a acidez do estômago pode ser controlada ? (tem relação com os estímulos para produção de HCl) 12. Numa situação de gastrite qual a finalidade de se usar o medicamento OMEPRAZOL. Qual seu mecanismo de ação? 13. Como ocorrem surgem os movimentos peristálticos? Quem os coordena? 14. Qual a participação do pâncreas e do fígado na digestão química? O fígado possui outras funções ligadas diretamente à função digestória? Quais? 15. Para que serve a circulação porta hepato-mesentérica?

16. Anatomicamente como é dividido o intestino delgado? Quais funções são desempenhadas por ele? Qual a importância das vilosidades no intestino delgado? 17. O intestino grosso só serve para formar as fezes?

18. Fala-se muito da relação do apêndice vermiforme com a situação clinica apendicite. Mas existe uma possível função benéfica do apêndice para nosso corpo. Qual é?

19. Diga a função de cada substância moduladora da função gástrica abaixo: a) gastrina – b) colicistoquinina – c) secretina – d) leptina – e) suco pancreático- f) bile – g) bicarbonato h) acetilcolina – i) adrenalina-

20. Quais os perigos da diarreia, da constipação e do vômito?

a) Salivação –b) Peristaltismo – c) Mastigação – d) Reflexo da defecação – e) Evacuação –
2. Observe o esquema ao lado e iIdentifique:

21. Cite qual o sistema nervoso e o neurotransmissor responsável por:

a) os órgãos apontados pelas setas de um a sete. b) o local onde tem início a digestão das proteínas. c) o órgão que produz a bile.

d) a região onde ocorre a absorção dos alimentos.

23. Analise o esquema que representa parte do sistema digestivo do homem.

a) Qual o nível de acidez (pH) no estômago? b) No intestino delgado o pH gira em torno de oito. A que se deve a alcalinidade do meio intestinal? c) Sobre que substrato alimentar atua a pepsina do estômago? d) Qual a função da bile produzida pelo fígado?

24. No esquema abaixo estão representados três tubos de ensaio com seus componentes:

a) estômagob) fígado c) intestino delgado d) intestino grosso

25. Após a digestão das proteínas no sistema digestivo humano, os aminoácidos passam para a corrente sangüínea. É CORRETO afirmar que, no organismo, a absorção de aminoácidos ocorre no:

26. Uma pessoa fez uma refeição da qual constavam as substâncias I, I e II. Durante a digestão ocorreram os seguintes processos: na boca iniciou-se a digestão de I; no estômago iniciou-se a digestão de I e a de I foi interrompida; no duodeno ocorreu digestão das três substâncias. Com base nesses dados, é possível afirmar corretamente que I, I e II são, respectivamente,

a) carboidrato, proteína e lipídiob) proteína, carboidrato e lipídio. c) lipídio, carboidrato e proteína. d) carboidrato, lipídio e proteína. e) proteína, lipídio e carboidrato.
27O fígado é uma glândula encontrada nos mamíferos com diversas características e funções. Assinale a opção na qual NÃO encontramos uma função ou

característica deste órgão.

a) É responsável pela detoxificação do sangueb) Está associada à reserva de glicogênio. c) Secreta o hormônio insulina.
d) É um dos responsáveis pela destruição de hemácias velhase) Produz bile, que auxilia na emulsão das gorduras.

28 Parte da bile produzida pelo nosso organismo não é reabsorvida na digestão. Ela se liga às fibras vegetais ingeridas na alimentação e é eliminada pelas fezes. Recomenda-se uma dieta rica em fibras para pessoas com altos níveis de colesterol no sangue.

a) Onde a bile é produzida e onde ela é reabsorvida em nosso organismo?

Considere que o amido em presença de lugol torna-se azul-violeta, que resultados serão esperados, se adicionarmos a cada tubo algumas gotas da solução de lugol? Por quê? b) Qual é a relação que existe entre a dieta rica em fibras e a diminuição dos níveis de colesterol no organismo? Justifique.

29. O que significam os termos abaixo?

- Náusea, Vômito, Azia e Pirose, Aerofagia, Eructação, Flatulência, Meteorismo, Soluço, Síndrome de Zollinger– Ellison, Esofagite de refluxo, Cinetose, Diarréias e Constipação, Gastrite e Úlceras

30 Para que servem como funcionam: Antiácidos ou neutralizantes, Antiúlcera ou antisecretores, Protetores de mucosa, Antieméticos , Laxantes . Antidiarréicos , Antiespasmódicos , Hepatoprotetores , Antifiséticos

UNIME - CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS I – Estudo dirigido sobre Endócrino A ser entregue na sala de aula.

(Parte 2 de 2)

Comentários