Processo Histórico Educação Física

Processo Histórico Educação Física

  • Lino Castellani Filho

  • Carmen Lucia Soares

  • Paulo Guiralldeli

  • SÉCULO XIX

  • Como apareceram em formas de associações livres, surgem as primeiras sistematizações sobre os exercícios físicos denominados de Métodos Ginásticos.

  • Sueco Ling, francês Amoros, e o alemão Spiess

  • A Escola militar, o Colégio Militar e a Escola Naval – sãoas instituições que maior contributo prestaram ao abarcamento dos ideais positivistas em nosso meio.

  • República velha República hodierna

  • “ordem e progresso” “segurança e desenvolvimento”

  • livrá-la do atraso secular livrá-la do subdesenvolvimento

  • DOUTRINA DE SEGURANÇA NACIONAL

A Educação Física no Brasil, desde o século XIX, foi entendida como um elemento de extrema importância para o forjar daquele indivíduo “forte”, “saudável”, indispensável à implementação do processo de desenvolvimento do país ;

  • A Educação Física no Brasil, desde o século XIX, foi entendida como um elemento de extrema importância para o forjar daquele indivíduo “forte”, “saudável”, indispensável à implementação do processo de desenvolvimento do país ;

  • (progresso, porém com manutenção do status da sociedade)

  • EDUCAÇÃO FÍSICA = EDUCAÇÃO DO FÍSICO

  • SAÚDE CORPORAL

Em 1851 o governo imperial,através da lei nº 630 de 17/09,inclui a ginástica no ensino das escolas primárias.

  • Em 1851 o governo imperial,através da lei nº 630 de 17/09,inclui a ginástica no ensino das escolas primárias.

  • 1876 surge o Decreto 6370 que introduziu no município da corte o ensino de ginástica e de princípios gerais de Educação Física.

  • Rui Barbosa preconizava a obrigatoriedade da Educação Física nas escolas primárias e secundárias 4 vezes na semana por 30 minutos.

  • 1882 Rui Barbosa apresentou a Reforma do ensino primário e várias instituições complementares da instrução pública.

Parecer de Rui Barbosa – 12/09/1882- Reforma do ensino primário e várias instituições complementares da instrução Pública

  • Parecer de Rui Barbosa – 12/09/1882- Reforma do ensino primário e várias instituições complementares da instrução Pública

  • Sessão especial de ginástica em escola normal, até a equiparação , em categoria e autoridade, dos professores de ginástica, aos de todas as outras disciplinas passando pela proposta de inclusão da ginástica nos programas escolares como matéria de estudo em horas distintas das do recreio e depois das aulas

Desenvolver e fortalecer física e moralmente os indivíduos e seu caráter científico oriundo das ciências biológicas constituiu-se em fator determinante para a sua consideração e respeito no interior do sistema educacional;

  • Desenvolver e fortalecer física e moralmente os indivíduos e seu caráter científico oriundo das ciências biológicas constituiu-se em fator determinante para a sua consideração e respeito no interior do sistema educacional;

  • Desde o fim do século XVIII, o corpo sadio, limpo, válido, espaço purificado, límpido, arejado

  • (...) Constituem algumas das leis morais essenciais da família.

  • Médico se torna o grande conselheiro e o grande perito

  • FUNÇÃO HIGIENISTA - XVIII

  • A família começou a ser mais incisivamente definida como incapaz de proteger a vida de crianças e adultos.

  • Educação Física, Moral, Intelectual e Sexual, inspiradas nos

  • preceitos sanitários da época.

Médico - higienista – “autoridade” perante um conhecimento de ordem biológica, no desenvolvimento do conteúdo da Educação Física – desenvolver a aptidão física dos indivíduos.

  • Médico - higienista – “autoridade” perante um conhecimento de ordem biológica, no desenvolvimento do conteúdo da Educação Física – desenvolver a aptidão física dos indivíduos.

  • Nas quatro primeiras décadas do século XX foi marcante no sistema educacional a influência dos métodos ginásticos e da instituição militar. O auge da militarização da escola ocorreu no Estado Novo;

  • Em 1939 foi criada a primeira escola civil de formação de professores de Educação Física;

SÉCULO XX

  • SÉCULO XX

A higiene alterou o perfil sanitário da família e modificou sua feição social;

  • A higiene alterou o perfil sanitário da família e modificou sua feição social;

  • Converteu, os predicados físicos, psíquicos e sexuais de seus indivíduos em insígnias de classe social;

  • ;

      • Corpo relapso, doentio e flácido Corpo saudável, robusto, harmonioso

deveriam transformar homens e mulheres em reprodutores e guardiões de proles e raças puras..

  • deveriam transformar homens e mulheres em reprodutores e guardiões de proles e raças puras..

  • Ideologia nacionalista

  • PORÉM

  • Estigmatização do trabalho manual

  • Classe dominante recebia uma educação de natureza “humanista”, “ilustrada” e “livresca”.

  • O parecer de Rui Barbosa serviu de referencial a todos aqueles que vieram a defender a presença da Educação Física no sistema escolar brasileiro;

  • As diretrizes de 1882 são em 1933 os ideais defendidos pelos adeptos de sua implantação no país;

  • “...necessidade de desenvolver harmonicamente,todas as energias e faculdades que completam a indivíduo...”

  • visão dualista de homem e eugenização da raça brasileira

  • EUGENIA

  • “... A ciência ou disciplina que tem como objeto o estudo das medidas sociais-econômicas, sanitárias e educacionais que influenciam,física e mentalmente o desenvolvimento das qualidades hereditárias dos indivíduos e,portanto,das gerações...”

O raciocínio era simples: mulheres fortes e sadias teriam mais condições de gerarem filhos saudáveis, os quais, por sua vez, estariam mais aptos a defenderem e construírem a pátria, no caso dos homens, e de se tornarem mães robustas, no caso das mulheres.

  • O raciocínio era simples: mulheres fortes e sadias teriam mais condições de gerarem filhos saudáveis, os quais, por sua vez, estariam mais aptos a defenderem e construírem a pátria, no caso dos homens, e de se tornarem mães robustas, no caso das mulheres.

  • Política educacional – Consolidação da ordem social;

  • A Educação física deveria voltar-se para a mulher;

  • Mulher – mãe

  • A legislação da Educação Física e do Esporte contribuíram para tal entendimento;

As reformas educacionais realizadas em diversos Estados brasileiros, de 1920 a 1928, contemplavam a Educação Física como componente curricular do ensino primário e secundário.

  • As reformas educacionais realizadas em diversos Estados brasileiros, de 1920 a 1928, contemplavam a Educação Física como componente curricular do ensino primário e secundário.

  • Anteprojeto de 1929 do Ministério da Guerra

  • Quanto ao método, enquanto não fosse criado o Método nacional de Educação Física (ficaria) adotado em todo território brasileiro, o denominado Método Francês, sob o título de Regulamento Geral de Educação Física.

  • Prática da Educação Física para todos os residentes no Brasil, de caráter obrigatório em estabelecimentos de ensino a partir dos 6 anos de idade;

  • Conselho Superior de Educação com sede no Ministério da Guerra.

EUGENIA: Estudo de medidas sócio-sanitárias, sociais e educacionais que influenciam física e mentalmente, o desenvolvimento das qualidades hereditárias dos indivíduos e portanto das gerações.

  • EUGENIA: Estudo de medidas sócio-sanitárias, sociais e educacionais que influenciam física e mentalmente, o desenvolvimento das qualidades hereditárias dos indivíduos e portanto das gerações.

  • 1822 - Rui Barbosa defende parecer.

  • Crítica da elite dominante. Trabalho físico x trabalho intelectual.

  • Rui e Fernando de Azevedo colocavam o físico a serviço do intelecto.

  • Ressaltavam a importância da eugenização.

  • Visão da mulher frágil que deveria se tornar forte e sadia para gerar filhos.

  • Liberação da Educação física para mulheres com prole.

  • (Só em 1979 o CND derrubou deliberação de sua autoria que proibia a mulher de praticar determinados esportes).

  • O Brasil adotou como método oficial o regulamento nº 7 - 1921

  • 1929 - Anteprojeto do ministério da guerra passava ao Conselho Superior de Ed. Física (subordinado a ele) o papel de centralizar, coordenar e fiscalizar as atividades relativas à Educação Física e ao Desporto.

  • Educação redentora da Sociedade

  • Saúde individual

Lei nº 1 da Constituição dos Estados Unidos do Brasil,promulgada em 10 de novembro de 1937:

  • Lei nº 1 da Constituição dos Estados Unidos do Brasil,promulgada em 10 de novembro de 1937:

  • “...Artigo 131 – A Educação Física,o ensino cívico e os trabalhos manuais, serão obrigatórios em todas as escolas primárias, normais e secundárias, não podendo nenhuma escola de qualquer desses graus ser autorizada ou reconhecida sem que satisfaça àquela exigência.

  • Artigo 132 – O Estado fundará instituições ou dará o seu auxílio e proteção às fundadas por associações civis,tendo umas e outras por fim,organizar para a juventude,períodos de trabalho anual nos campos e oficinas,assim como promover-lhes a disciplina moral e o adestramento físico, de maneira a prepará- la ao cumprimento dos seus deveres para com a economia e a defesa da nação...”

Com o Estado Novo – As diretrizes ideológicas que nortearam a política educacional possuíam como substância a exaltação da nacionalidade, as críticas ao liberalismo, o anticomunismo e a valorização do ensino profissional.

  • Com o Estado Novo – As diretrizes ideológicas que nortearam a política educacional possuíam como substância a exaltação da nacionalidade, as críticas ao liberalismo, o anticomunismo e a valorização do ensino profissional.

  • Duas matérias deveriam assumir a responsabilidade de colocar a Educação na direção anunciada pelos discursos:

  • EDUCAÇÃO FÍSICA E EDUCAÇÃO MORAL E CÍVICA.

  • PNE 1937 – Ensino cívico seria ministrado em todos os ramos e graus de escolarização e a Educação Física seria obrigatória nos curso primários e secundário, sendo facultativa no superior.

CONSTITUIÇÃO DE 37 – DITADURA DA ERA VARGAS

  • CONSTITUIÇÃO DE 37 – DITADURA DA ERA VARGAS

  • → Extingui os partidos políticos e da ao Presidente poder sobre o Legislativo e Judiciário (Autoritarismo). Na Educação enfatiza o ensino profissionalizante.

  • CARTA MAGNA DO ESTADO NOVO

  • (Regulamentação do funcionamento e controle já estabelecido);

  • Ligada à necessidade do adestramento físico e associada à formatação de um corpo produtivo, forte e saudável, que fosse ao mesmo tempo dócil o bastante para submeter-se à lógica do trabalho fabril sem questioná-lo, portanto obediente e disciplinado nos padrões hierárquicos da instituição militar. (até 18 anos de idade).

Carta Constitucional de 1937,artigo 129 - O princípio da

  • Carta Constitucional de 1937,artigo 129 - O princípio da

  • responsabilidade do Estado com o ensino profissional.

  • A Educação Física foi contemplada como sendo matéria

  • obrigatória a ser oferecida pelos estabelecimentos de ensino e

  • cumprida por todos os alunos até os 21 anos de idade.

  • ( Reforma Capanema)

  • SENAI 1942

  • SENAC 1946

  • Desporto – Unidade da Empresa, ordem compensatória, equilíbrio orgânico.

CONSTITUIÇÃO DE 37 - REGULAMENTAÇÃO DO ARTIGO 129

  • CONSTITUIÇÃO DE 37 - REGULAMENTAÇÃO DO ARTIGO 129

  • → O ensino pré-vocacional profissional destinado às classes menos favorecidas é em matéria de educação o primeiro dever de Estado.

  • REFORMA CAPANEMA (1942 - 1946)

  • Sistema de ensino fundamental bifurcado, secundário público para elite e profissionalizante para popular; Justificava-se pela compreensão de ser essa idade (21 anos) na qual se dava o término do processo de instrução escolar e o subseqüente ingresso no mercado de trabalho, cabendo então os cuidados com a manutenção da capacidade física do não mais educando e agora trabalhador.

  • Decreto nº 21.241 e item 10 da portaria nº 13 e 16 de fevereiro de 1938: (proibição de matrícula no ensino secundário) “...de alunos cujo estado patológico os impeçam permanentemente da frequência às aulas de Educação Física...”

  • APRIMORAMENTO EUGÊNICO

  • Decreto lei nº 2.072 de 8 março de 1940

  • Obrigatoriedade da Educação Cívica,Moral e Física da infância e da juventude,fixava as suas bases e para implementá-las organizava uma instituição nacional denominada de Juventude brasileira.

A concepção higienista teve de ser absorvida pela concepção militarista

  • A concepção higienista teve de ser absorvida pela concepção militarista

  • Constituição de 1937 - Finalidade de promover a disciplina moral e o adestramento físico de maneira a prepara-lo para o cumprimento dos seus deveres para com a economia e a defesa da nação.

  • A Educação Física era vista como poderoso auxiliar no fortalecimento do Estado e possante meio para o aprimoramento da raça.

  • Defesa contra o comunismo e assegurar o processo de industrialização.

  • Militarização do corpo: - Moralização do corpo pelo exercício físico

  • - O aprimoramento incorporado à raça

  • - Ação do Estado sobre o preparo físico e suas repercussões no trabalho.

  • 1938 - Proibição de matrícula no secundário para alunos cujo estado patológico impedissem que freqüentassem aulas de educação física.

  • Sugeriu-se inclusive a esterilização de doentes para impedir a geração de prole

  • Exemplo da Juventude Hitlerista e Avanguardisti (Itália)

  • 1942 - Declaração de Guerra. Começou a haver desmentidos em relação a filosofia da Educação Física.

  • 1942 - Volta-se para o desenvolvimento econômico. Criação do SENAI. O dono da indústria não era apenas o patrão do seu empregado, mas também o seu educador. Além do desporto servir para solidificar a unidade da empresa, desenvolvia a saúde e consequentemente a sua capacidade de trabalho.

  • Saúde pública e individual.

  • Juventude capaz de suportar o combate, a luta, a guerra.

  • Seleciona elites condutoras.

  • Depuração da raça.

  • Cidadão soldado.

  • Inspirada no fascismo.

  • Método francês, inclusive na rede escolar.

  • Papel de formar um homem obediente e adestrado.

  • Saúde da pátria.

...o período que se iniciou após 1945,que chamamos de período de democracia populista,envolveu a educação física na rede de novo arcabouço ideológico.

  • ...o período que se iniciou após 1945,que chamamos de período de democracia populista,envolveu a educação física na rede de novo arcabouço ideológico.

  • Crescimento da rede pública de ensino.Consequente extensão da prática de uma Educação física sistemática.

  • Governo JK – industrialização e desenvolvimento.Era necessária uma alinança de classes,com patrões e empregados,dentro da lei e da ordem,resolvendo seus litígios pacificamente,em prol dos “interesses maiores” da unidade nacional.

  • “promover o homem como ser genérico e incapaz de sustentar divergências com seus semelhantes.

  • Desenvolveu-se o culto ao desporto espetáculo e ao desporto de alto nível

1ᵃ LDB - n° 4.024 de 20 de Dezembro de 1961

  • 1ᵃ LDB - n° 4.024 de 20 de Dezembro de 1961

  • Artigo 22 – “Será obrigatória a prática da Educação Física nos cursos primário e médio até os 18 anos”.

  • → processo de industrialização em substituição ao modelo agrário que já vinha ocorrendo desde a década de 30 dava a E.F ainda um caráter legitimador de capacitação física do trabalhador ao lado daquela de natureza técnica.

  • Interesses no campo sócio-político-econômico ?

  • Adestramento físico e disciplina moral

LDB 1961

  • LDB 1961

  • Educação Física era uma prática sem fins definidos, voltada para a preparação para o mercado de trabalho.

  • Primário Médio

  • ▼ ▼

  • disciplinar os alunos Obedecer o sistema e

  • preparar para o trabalho

  • seleção de talentos esportivos

  • e desmobilização de forças oposicionistas

  • Em 25 de julho de 1969, o Decreto-Lei nº 705 alterava a redação do artigo 22 da Lei nº 4.4024 / 61, dando-lhe a seguinte redação:

  • → Artigo 1° – “Será obrigatória a prática da Educação Física em todos os níveis de ensino e ramos de escolarização, com predominância desportiva no ensino superior”.

  • Decreto 705/69 – colaborar com a ordem política vigente; através de seu caráter lúdico-esportivo, com o esvaziamento de qualquer tentativa de rearticulação política do movimento estudantil objetivando aparar as possíveis arestas no campo educacional que colocassem em risco o projeto de sociedade em construção da época. A Educação Física era entendida pelos governantes apenas como – Atividade – destituída de possibilidade de ser refletida, teorizada, compreendida que estariam prenhas de atitudes e conteúdos potencialmente geradores de consciência acrítica.

Fim do Estado Novo, pré-elaboração de uma carta magna, que gerou um debate por parte de diversos educadores sobre os rumos da educação.

  • Fim do Estado Novo, pré-elaboração de uma carta magna, que gerou um debate por parte de diversos educadores sobre os rumos da educação.

  • Na prática houve apenas uma regulamentação do funcionamento e controle do que já estava estabelecido.

  • A Educação Física passou a ser vista como uma prática meramente educativa

  • Vai advogar a educação do movimento como a única forma capaz de promover a educação integral.

  • É instrutiva e educativa.Os conteúdos são instrumentos capazes de levar a juventude a aceitar as regras de convívio democrático e de preparar as novas gerações para o altruísmo,o culto a riquezas nacionais...

  • Leis nº 5540/68 e 5692/71 – Tendência tecnicista –

  • sistema educacional associado à qualificação profissional.

  • Teoria da Economia da educação – fonte de formação de recursos humanos para o incremento das atividades industriais conhecimentos especializados.

  • Caráter instrumental da Educação Física.

Lei n° 5.692 de 11 de Agosto de 1971

  • Lei n° 5.692 de 11 de Agosto de 1971

  • (atividade extra curricular)

  • Artigo 7° – “Será obrigatória a inclusão de Educação Moral e Cívica, Educação Física, Educação Artística e Programas de Saúde nos currículos plenos dos estabelecimentos de 1° e 2° graus”.

  • Artigo 6° – “regulamentam facultatividade da Educação Física”;

  • Interesses no campo sócio-político-econômico?

  • Adestramento físico e disciplina moral

Decreto n. 69.450, de 1971 considerou-se:

  • Decreto n. 69.450, de 1971 considerou-se:

  • A Educação Física como “a atividade que, por seus meios, processos e técnicas, desenvolve e aprimora forças físicas, morais, cívicas, psíquicas e sociais do educando”.

  • Fazer prático não significativo de um reflexão teórica.

  • Compreensão de saúde de índole bio-fisiológica

  • Atividade = Aptidão física

  • Inciso I do artigo 5º da Lei nº 6.251/75 –

  • Aprimoramento da aptidão física da população.

Trabalhadores bem preparados fisicamente produzem mais e melhor.

  • Trabalhadores bem preparados fisicamente produzem mais e melhor.

  • Início dos anos 70 – EPT – Esporte para todos ( esporte não formal): ao desenvolvimento econômico alcançado correspondia o desenvolvimento social expresso no acesso à atividades físicas de lazer pela camada da população.

  • Decreto lei nº 705 de 25 de julho de 1969 – estende a obrigatoriedade da prática da Educação Física a todos os níveis e ramos de escolarização.

  • Coube a Educação Física através do seu caráter lúdico- esportivo, colaborar para o esvaziamento de qualquer tentativa de rearticulação política do movimento estudantil.

Ditadura militar

  • Ditadura militar

  • Teve início com a revolução. Existia uma censura a imprensa e as artes que contradiziam os interesses militares. Expoentes da política, literatura, artes, música e intelectuais das mais diversas áreas eram vigiados e perseguidos, sendo muitos deles obrigados a se exilarem.

  • “Coesão nacional e social” – Bolsas de estudos aos alunos que se sagrassem campeões desportistas.

  • Amortecimento da população para perpetuar a dominação.Objetivava-se o extermínio de qualquer tipo de oposição,

  • Resolução de 18/02/1971 – 1º e 2º graus – Turmas de treinamento.

  • A hierarquização esportiva só poderia ser alcançada através da “massificação” das atividades esportivas

Esta fase tem um caráter altamente tecnicista.

  • Esta fase tem um caráter altamente tecnicista.

  • Educação Física = Desporto de alto nível

  • Atleta herói

  • Seleção de 1970 (México). Atletas militares medalhistas em olimpíadas.

  • Eleva o espírito ufanista Brasileiro.

  • Propaganda mostra a força do povo Brasileiro e a necessidade de se acreditar no País.

  • FASE POPULAR (APÓS A ABERTURA DEMOCRÁTICA)

  • Sem linha teórica definida

  • Ligada a modismos (academia, testes físicos, novas modalidades desportivas)

  • Ludicidade

  • Filosofia que visava a organização e mobilização dos trabalhadores

  • Crise de identidade da educação física

Comentários