Web 3.0 e 4.0 - Hercílio Duarte

Web 3.0 e 4.0 - Hercílio Duarte

(Parte 3 de 3)

As ontologías na Web 3.0 vêm auxiliar integração de várias bases de conhecimentos pré-existentes;

Pode-se criar sistemas gerenciadores de frases para um domínio específico utilizando ontologías;

As Ontologías de domínios específicos irão atribuir o peso da compreensão da informação a servidores da Web;

2.3. ANALOGÍA DA WEB 4.0

Segundo Floridi (2009), a Web 4.0 servirá apenas de passagem. A sua abordagem fundamental é a visão desta Web como uma sociedade da informação. Nesta sociedade, os termos a preservar serão a efectiva disponibilidade e acessibilidade da informação. Sendo coerente na compreensão desta abordagem, a web poderá transformar-se numa grande sociedade da informação. Os meios de acesso não serão visto apenas como simples computadores, mas como “supercomputadores de pequeno porte”. A principal causa desta revolução poderá ser o facto da maior parte dos processos funcionarem em “Cloud”, devido o suporte de ontologías aplicadas na Web semântica.

ESTUDO SOBRE AS TRANSIÇÕES DAS VERSÕES WEB: WEB 3.0 E 4.0

Hercílio Rui Dinis Duarte 25

3. CONCLUSÃO

Linguagens Naturais

A Web é uma plataforma bem sucedido que irá permitir cada vez mais meios sofisticados para o processo de gestão de seus dados (conhecimento). A Utilização das ontologias no ramo das ciências da computação veio facilitar a integração de outros tipos de meios que anteriormente não eram vistos como computadores, pois também. Importa realçar que uma organização deve ter documentos devidamente organizados com vista na preparação de possíveis mudanças. Assim como a mente humana é capaz de adaptar-se a diferentes condições com vista na sua sobrevivencia, então as organizações também terão de seguir o mesmo conceito. A Web 4.0, embora ainda não contem documentação suficiente para a sua sustentação, mas é tida como um conjunto de sistemas emigrados para a Internet. Todo esses avanços verificados, são graças a utilidade de Processadores de Poderão exitir Organizações, em que todas as suas especificações, estarão escritas na Cloud.

ESTUDO SOBRE AS TRANSIÇÕES DAS VERSÕES WEB: WEB 3.0 E 4.0

Hercílio Rui Dinis Duarte 26

Davis, Mills (2009) – What is the role of the clouding computing, Web 2.0 and Web 3.0 semantic technologies in an era connected governance? [Em linha]. [Consult. 09 Mar. 2012]. DisponíveI em W: <http://w.project10x.com>.

CARREIRA, Filipe (2009) – Marketing digital na versão 2.0. 2ª impressão. Lisboa: Edições Sílabo.

OREIILY, Tim (2005) – What is Web 2.0 [Em linha]. [Consult. 09 Mar. 2012]. Disponível em W:<http://oreilly.com/web2/archive/what-is-web-20.html?page=1>.

OREIILY, Tim (2007) – Today’s Web 3.0 nonsense blogstorm [Em linha]. [Consult. 09 Mar. 2012]. Disponível em W:<http://radar.oreilly.com/2007/10/todays-web-30- nonsense-blogsto.html>.

W3C (2010) – Semantic Web activity [Em linha]. [Consult. 09 Mar. 2012]. Disponível em W:<http://w.w3.org/sw/>.

W3C, (2009) – OWL 2 – Web Ontology Language Primer [Em linha]. [Consult. 10 Mar. 2012]. Disponível em W:<http:// http://www.w3.org/TR/owl2-primer/>.

FLORIDI, Luciano (2009) – web 2.0 Vs. The Semanti Web – A Philosophical assessment. [Em linha]. [Consult. 10 Mar. 2012.]. Disponível em W:< https://uhra.herts.ac.uk/dspace/handle/29/3629>. CRESPO, Rui (2001) – Processadores de linguagens – Da Concepção à implementação. 2ª ed. Lisboa: IST Press.

NOY, Natalya; MUSEN, Mark (2009) – The PROMPT Suite – Interactive tools for ontology Merging and Maping. [Em linha]. [Consult. 10 Mar. 2012.]. Disponível em W:<URL:http://bmir.stanford.edu/publications/view.php/the_prompt_suite_interactiv e_tools_for_ontology_merging_and_mapping>.

ESTUDO SOBRE AS TRANSIÇÕES DAS VERSÕES WEB: WEB 3.0 E 4.0

Hercílio Rui Dinis Duarte 28

Anexo A - Primeira versão da apresentação da Web 1.0 a 4.0 Anexo B - Segunda versão da apresentação da Web 1.0 a 4.0

ESTUDO SOBRE AS TRANSIÇÕES DAS VERSÕES WEB: WEB 3.0 E 4.0

Hercílio Rui Dinis Duarte 29

ANEXO A Primeira versão da apresentação da evolução da Web 1.0 a 4.0

ESTUDO SOBRE AS TRANSIÇÕES DAS VERSÕES WEB: WEB 3.0 E 4.0 Hercílio Rui Dinis Duarte 30

ESTUDO SOBRE AS TRANSIÇÕES DAS VERSÕES WEB: WEB 3.0 E 4.0

Hercílio Rui Dinis Duarte 31

ANEXO B Segunda versão da apresentação da versão da Web 1.0 a 4.0

ESTUDO SOBRE AS TRANSIÇÕES DAS VERSÕES WEB: WEB 3.0 E 4.0 Hercílio Rui Dinis Duarte 32

(Parte 3 de 3)

Comentários