CARBARIL

O carbaril é um inseticida do grupo químico dos carbamatos, conhecido quimicamente como 1-naftil-N-metilcarbamato (Andrei, 1996).

  • Ingrediente ativo ou nome comum: CARBARIL (carbaryl);

  • Nome químico: 1-napththyl methylcarbamate;

  • Formula bruta: C12H11NO2;

  • Grupo químico: Metilcarbamato de naftila;

  • Classe: Inseticida;

  • Classificação toxicológica: Classe III;

  • Uso agrícola: autorizado conforme indicado;

FORMULA ESTRUTURAL

No Brasil, é comercializado com vários nomes entre os quais: Sevin 480 SC, Sevin 850 PM, Carbaryl Fersol 480 SC e Sevin 850 PM, estando registrado em algumas formulações para uso em mais de 13 culturas com aplicação foliar nas culturas de abacaxi, abóbora, algodão, alho, banana, batata, cebola, couve-flor, feijão, maçã, pastagem, pepino, repolho e tomate (Agência Nacional de Vigilância Sanitária, 2003b).

Culturas

Modalidade de Emprego (Aplicação)

LMR (mg/kg)

Intervalo de Segurança

Abacaxi

Foliar

0,5

7 dias

Abóbora

Foliar

0,1

3 dias

Algodão

Foliar

0,05

15 dias

Alho

Foliar

0,2

14 dias

Banana

Foliar

0,2

14 dias

Batata

Foliar

0,1

14 dias

Cebola

Foliar

0,1

14 dias

Couve-flor

Foliar

0,02

14 dias

Feijão

Foliar

0,5

3 dias

Maça

Foliar

2,0

7 dias

Pastagem

Foliar

100,0

5 dias

Pepino

Foliar

0,02

3 dias

Repolho

Foliar

0,2

14 dias

Tomate

Foliar

0,1

3 dias

Ingestão Diária Aceitável (IDA) = 0,003 mg/kg p.c.

PRODUTOS COMERCIAL

PRODUTO: Servin 480 SC

Fabricante: RHODIA AGRO LTDA

Ingrediente ativo…….: CarbarilGrupo químico………: Metilcarbamato de naftilaClasse………………..: Inseticida de contato e ingestãoTipo de Formulação..: Suspensão concentrada – SCClasse Toxicológica..: III – Medianamente Tóxico

INDICAÇÃO DE USO

Cana-de-açucar: Lagarta dos capinzais (Mocis latipes), Lagarta do cartucho ou dos milharais (Spodoptera frugiperda), Cigarrinha das folhas (Mahanarva posticata).

Milho: Lagarta do cartucho ou dos milharais (Spodoptera frugiperda), Lagarta das espigas (Helliothis zea), Lagarta rosca (Agrotis spp).

Soja: Lagarta Elasmo Broca-do-colo (Elamopalpus lignosellus), Lagarta-falsa-medideira (Pseudoplusia includens), Lagarta da soja (Anticarsia gemmatalis), Lagarta das axilas (Epinotea aporeza).

Feijão: Tripes da cebola (Trips tabaci), Lagarta Elasmo broca-do-colo (Elasmopalpus lignosellus), Lagarta da espiga (Heliothis zea), Tripes do feijoeiro (Caliothrips phaseoli), Broca da vagem (Eliella zinckenella), Cigarrinha verde (Empoasca kraemeri), Lagarta-da-vagem (Thecla jebus), Lagarta do feijão (Hedylepta indicata), Manhoso (Chalcodermus angaricollis).

Alface: Curuquerê da couve (Ascia monuste orseis), Vaquinha verde amarela (Diabrótica speciosa), Paquinha (Gryllotalpa hexadactyla), Traça das crucíferas (Plutella maculipennis), Lagarta rosca (Agrotis spp).

CARBARYL FERSOL 480 SC

Fabricante:

FERSOL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA.

Ingrediente Ativo:

Carbaril

Classe:

Inseticida

Cadastro ADAB:

61800

Formulação:

Suspensão concentrada

Concentração:

480g/l

Classe Toxicológica:

III Medianamente tóxico

Embalagem

Em 5 litros e 10 litros

INDICAÇÕES DE USO

Milho: Lagarta militar (Spodoptera frugiperda).

Feijão: Lagarta rosca (Agrotis ipsilon), Lagarta Elasmo, broca-do-colo (Elesmopalpus lignosellus), Cigarrinha verde (Empoasca craemeri), Lagarta do feijão (Hedylepta indicata).

Café: Bicho mineiro (Leucoptera coffella).

SEVIN 850 PM

Fabricante:

RHÔNE POULENC AGRO BRASIL LTDA

Ingrediente Ativo:

Carbaril

Classe:

Inseticida

Formulação:

Pó molhavel

Concentração:

850 g/kg

Classe Toxicológica:

III Medianamente tóxico

Embalagem

Barricas de fibra de papelão de 10 a 25 kg

INDICAÇÕES DE USO

Cana-de-açucar: Lagarta Elasmo, broca-do-colo (Elasmopalpus lignosellus), Lagarta do cartucho ou dos milharais (Spodoptera frugiperda), Cigarrinha das folhas (Mahanarva posticata), Lagarta dos capinzais (Mocia latipes), Cigarrinha da folha (M. rubicunda identata).

Milho: Lagarta Elasmo broca-do-colo (Elamopalpus lignosellus), Lagarta da espiga (Heliothis zea), Lagarta rosca (Agrotis spp).

Soja: Lagarta-falsa-medideira (Pseudoplusia includens), Vaquinha verde amarela (Diabrótica speciosa), Cigarrinha verde (Empoasca sp), Broca das axilas (Laspeyresia leguminis), Lagarta da soja (Anticarsia gemmatalis), Broca da vagem (Etiella zinckenella), Vaquinha das solanáceas (Epícauta atomaria), Lagarta dos capinzais (Mocia latipes).

Feijão: Tripes da cebola (Thrips tabaci), Tripes do feijoeiro (Caliothrips phaseoli), Cigarrinha verde (Empoasca kraemeri), Lagarta-da-vagem (Thecla jebus), Manhoso (Chalcodermus bimaculatus), Lagarta do feijão (Hedylepta indicata), Lagarta das espigas (Helliothis zea).

Alface: Curuquerê da couve (Ascia monuste orseis), Paquinha (Gryllotalpa hexadactyla), Traça das crucíferas (Plutella maculipennis).

ASPECTO CLINICOS

INSETICIDA CARBAMATOS (CARB):

Carbamatos ou uretanos são um grupo de compostos orgânicos que compartilham de um mesmo grupo funcional cuja estrutura é NH(CO)O. Os carbamatos são ésteres do ácido carbâmico, NH2COOH, um composto instável.

Persistência/Degradação: Em geral, são compostos instáveis. Muitos fatores influenciam a degradação dos carbamatos, como a umidade, temperatura, luz e voltatilidade.

Carbamatos são metabolizados por microrganismos, plantas e animais ou degradados na água e no solo, especialmente em meio alcalino. Ocorre decomposição com a formação de amônia, amina, dióxido de carbono, fenol e alcoóis.

Os inseticidas CARB agem de modo semelhante aos Organofosforados (OF), mas formam um complexo menos estável com a colinesterase, permitindo a recuperação da enzima mais rapidamente.

A acetilcolinesterse está presente no sistema nervoso central (SNC), sistema nervoso periférico (SNP) e também nos eritrócitos. Inativa a acetilcolina, responsável pela transmissão do impulso nervoso no SNC, nas fibras pré-ganglinonares, simpáticas e parassimpáticas e na placa mioreural.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS:

Não deve ocorrer a reentrada de pessoas nas culturas antes de 24 horas após aplicação, a menos que se use roupa protetora.

PRECAUÇÕES DE USO (SAÚDE)

PRECAUÇÕES GERAIS

Não coma, na beba e não fume durante o manuseio do produto. Não utilize equipamento com vazamento.

PRECAUÇÕES NO MANUSEIO E APLICAÇÃO PROPRIAMENTE DITA

Use protetor ocular. Se houver contato do produto com os olhos, lave-os imediatamente. Use máscaras cobrindo o nariz e a boca. Produto perigoso se inalado ou aspirado. Caso o produto seja inalado ou aspirado, procure local arejado. Use luvas de borracha. Ao contato do produto com a pele, lave-a imediatamente. Ao abrir a embalagem, faça de modo a evitar respingos. Use macacão com mangas compridas, chapéu de aba larga, óculos ou viseira facial, luvas, botas, avental impermeável e máscaras apropriada. Evite o máximo possível o contato com a área de aplicação. Não aplique o produto contra o vento.

PRECAUÇÕES APÓS A APLICAÇÃO

Não reutilize a embalagem vazia. Mantenha o restante do produto adequadamente fechado em local trancado, longe do alcance de crianças e animais. Tome banho, troque e lave as suas roupas.

PRIMEIROS SOCORROS

  • INGESTÃO: Provoque vômito e procure logo o médico. Não dar nada via oral, nem induzir vômito a uma pessoa inconsciente.

  • OLHOS: Lave com água em abundância e procure o médico levando.

  • PELE: Lave com água e sabão em abundância e procure o médico.

  • INALAÇÃO: Procurar local arejado e ir ao médico.

OBS: Em todos os casos levar a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto para o médico.

8

Comentários