Trabalho Projeto Elétrico Residencial - Memorial Descritivo

Trabalho Projeto Elétrico Residencial - Memorial Descritivo

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

ESCOLA POLITÉCNICA

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA

PROJETO ELÉTRICO RESIDENCIAL.

Salvador 09 de Junho de 2012

Universidade Federal da Bahia - Escola Politécnica

Departamento de Engenharia Elétrica

Disciplina: Elétricidade – ENG 003

Professor: Niraldo Ferreira

Aluno: Espártano Silva - Curso: Eng. Civil

Aluno: Guilherme Follador- Curso: Eng. Civil

MEMORIAL DESCRITIVO

Trabalho com memorial descritivo, apresentado ao Professor Niraldo Ferreira da Disciplina ENG 003 – Eletricidade, da turma T-05, turno matutino.

Salvador 09 de Junho de 2012

SUMÁRIO

1. DESCRITIVO

2. NORMAS E PRÁTICAS COMPLEMENTARES

3. SUPRIMENTO DE ENERGIA

4. CONDUTORES ELÉTRICOS

5. ELETRODUTOS

6. PROTEÇÃO

7. CAIXAS DE PASSAGEM.

8. ATERRAMENTO

9. QUADROS ELÉTRICO

10. ILUMINAÇÃO

11. TOMADAS

12. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

13. ANEXOS

1. DESCRITIVO

O memorial descritivo tem por finalidade demonstrar parâmetros e condições técnicas e mínimas estabelecidas pelas Normas ao projeto, sempre procurando correlaciona-los ao aprendizado teórico e pratico da material Instalações elétrica, cuja as aulas foram ministradas pelo Professor e Eng.º Niraldo Ferreira.

2. NORMAS E PRÁTICAS COMPLEMENTARES

O Projeto deve como base e complementação as NBR referidas abaixo:

NBR 5115 - Lâmpadas Fluorescentes para iluminação geral – Especificação.

NBR 5160 - Lâmpadas Fluorescentes para iluminação geral (Método de ensaio).

NBR 5172 - Reatores para lâmpadas fluorescentes – Ensaios.

NBR 5349 - Cabo de Cobre nú para fins elétricos – Especificação.

NBR 5410 - Instalações Elétricas de Baixa Tensão – Procedimento.

NBR 6146 - Graus de proteção providos por invólucros – Especificação.

NBR 14136 - Plugues e tomadas para uso doméstico – Especificações.

NBR 6150 - Eletrodutos de PVC rígido – Especificação.

NBR 6255 - Interruptores de uso doméstico.

NBR 6270 - Proteção contra choques elétricos para interruptores de uso doméstico.

NBR 6527 - Interruptores de uso doméstico - Especificações.

NBR 6267 - Proteção contra choque elétrico p/ plugues e tomadas de uso doméstico.

NBR 6812 - Fios e Cabos elétricos - Queima vertical.

NBR 6880 - Condutores de Cobre para cabos isolados.

NBR 7288 - Cabos com isolação sólida extrudada de cloreto de polivinila (PVC).

NBR - 8184 - Lâmpadas fluorescentes e luminárias - Medição de Rádio- interferência.

3. SUPRIMENTO DE ENERGIA

A energia fornecida será feito através de uma ligação em baixa tensão derivada da rede pública local. A alimentação será em tensão secundária de classe 127/220V.

O suprimento de energia será feito em tensão primária de classe 15kV..

Partirá do ponto de entrega, 3 cabos de 25mm² em direção a medição. Da medição partirão 3 cabos de 16mm², EPR 0,6/1KV e 1 cabo 16mm² 750V para o aterramento.

4. CONDUTORES ELÉTRICOS

Os cálculos para dimensionamento dos condutores foram feitos com base na NBR-5410 e nas tabelas da concessionária local COELBA. Levando em consideração uma demanda de 100%, tendo em vista tratar–se de uma residência de pequeno porte, portanto foram estipulados os valores mínimos para sistema bifásico 220/127V para cabos e disjuntores.

5. CABOS DE POTÊNCIA DE MÉDIA TENSÃO (ALIMENTAÇÃO DO QDLT)

Serão de duplo isolamento em EPR/XLPE, com características especiais para não propagação de chamas com certificado de conformidade emitido pelo INMETRO, atendendo a Norma NBR-6148.

5.1 CABOS DE POTÊNCIA DE BAIXA TENSÃO

Deverão possuir isolamento em PVC, com características especiais para não propagação de chamas (BWF), auto-extinção do fogo, isento de chumbo e de metais pesados e com certificado de Conformidade emitido pelo INMETRO, atendendo a Norma NBR-6148.

OBSERVAÇÕES

Os condutores elétricos serão de cobre classe 750V quando embutidos em eletrodutos localizados na parte interna da edificação e de classe 0,6/1kV quando alimentadores, embutidos em eletrodutos localizados na parte externa e/ou interna da edificação e quando embutidos no solo.

Todos os condutores elétricos deverão ser de bitola igual ou superior às indicadas na legenda do projeto em anexo. Não será permitida a emenda dos condutores alimentadores dos quadros em nenhum dos trechos entre a MEDIÇÃO E O QDLT. Os condutores de distribuição, que alimentarão luminárias e tomadas, quando emendados, terão as emendas sempre feitas com conectores apropriados apenas nas caixas de passagem, e terão seu isolamento recomposto com fita isolante anti-chama, na área interna e externa.

Não será permitida a emenda dos condutores nos trechos das eletrocalhas e perfilados, os mesmos adaptando-se caixas de passagem. Quando, devido à distância (excetos aos mencionados anteriormente), for

6. ELETRODUTOS

Os eletrodutos de PVC serão rígidos ou flexíveis, roscáveis, anti chamas nas bitolas indicadas em tabela e projeto em anexo e com todos os acessórios próprio ou equivalente técnico.

Os eletrodutos deverão ser instalados com cuidado, de modo a se evitar mossas que reduzam os seus diâmetros, quando cortados a serra, terão suas bordas limadas para remover as rebarbas e então lixadas e pintadas a uma demão de anti-ferrugem. As emendas serão feitas com luvas atarraxadas e se instalados na área externa serão de PVC rígido.

7. CAIXAS DE PASSAGENS

Todas as caixas de passagem deverão possuir tampa de proteção.

8. ATERRAMENTOS

O aterramento será com hastes de terra tipo copperweld de 3,0m x Ø 5/8” 254 microns, com cabos de 50 mm² - nú, a 50 centímetro de profundidade, sendo suas emendas executadas com solda exotérmicas. Todas as emendas cabo – cabo no solo, deverão também ser executadas com solda exotérmicas.

O esquema de aterramento segue em projeto no item Detalhe A-A.

9. QUADRO ELÉTRICO

O projeto só possui 01(Um) quadro elétrico – QDG – Quadro de Distribuição Geral, podendo ser de embutir ou sobrepor, serão completos, com fechadura, porta, barra de cobre e disjuntores. Salientado que os disjuntores serão instalados nos quadros conforme diagrama unifilar.

Deve-se manter uniformidade no fornecimento, ou seja, todos os equipamentos devem ser de um só fabricante, os condutores instalados no interior dos quadros devem ser agrupados por circuitos e arrumados, evitando conflito na arrumação dos disjuntores.

10. ILUMINAÇÃO

As luminárias por motivo de segurança deveram ser instaladas conforme detalhes do projeto.

10.1. LÂMPADAS

No projeto foram dimensionado para lâmpadas incandescentes, por questão de majoração, contudo as lâmpadas fluorescentes irão substitui-la, por questão de baixo consumo, prevalecendo o custo beneficio.

11. TOMADAS

Todas as tomadas de uso geral serão do tipo 2P+T universal de 20A, pino redondo em formato sextavado conforme NBR14136 e na cor preta instaladas a 0,30m, 1,20m ou 2,10m do piso como indicado em projeto.

12. ESPECIFICAÇÃO DE MATERIAIS

Tratado de um projeto de intuito de aprendizagem acadêmica, o mesmo não precisou de especificação dos matérias, as principais especificações necessárias constam no projeto de instalação em anexo.

13. ANEXOS

13.1 Projeto Elétrico Residencial

13.2 Diagrama Unifilar

13.3 Tabela de Relação de Dependências e quantidade de cargas por cômodos.

13.4 Planilha Quantitativa

13.5 Tabela de Calculo e Dimensionamento

Comentários