Handebol para 3 Idade

Handebol para 3 Idade

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

HANDEBOL NA 3ª IDADE

GUARULHOS

2013

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Ariovaldo Neto- RA: 2013049590

Camila- RA: 2013036285

Dayana Silva - R.A 2013008710

Felipe de Barros RA: 2013054836

Gabriela Araújo - RA: 2013026859

Natalia O. Da Silva - RA: 2013104531

Tatiane Lourenço - RA: 2013057991

Vicente do Nascimento - RA: 2013067029

Professor (a): MARISA CECILIA LOFFREDO

Trabalho apresentado

Ao Curso de Educação Física da universidade

Guarulhos com o requisito de trabalhar

O Handebol na 3ªIdade.

Handebol Adaptado para Terceira idade.

O ditado popular diz que a vida começa aos 40. É acreditando nisso que a cada dia mais pessoas deixam de lado a vergonha e o preconceito e passam a buscar uma melhor qualidade de vida na terceira idade, onde já é comum encontrar idosos em academias de ginástica. A conhecida imagem do vovô sentado em casa vendo televisão está sendo substituída pela dos idosos ativos. Eles estão nos teatros, shows e bailes e praticam cada vez mais atividades físicas. São conscientes de que a velhice é para ser vivida com intensidade. O handebol para 3ªidade pode ser considerado uma atividade inclusiva, já que as regras adaptadas respeitam as características do idoso e conferem ao jogo um caráter altamente motivador. Demonstrou também ser um esporte adaptado com boa aceitação, pois tem despertado o interesse de vários setores da sociedade.

O JOGO

O Handebol para 3ª Idade é um jogo coletivo com bola, praticado com as mãos, cujo objetivo principal é marcar o maior número de gols contra a equipe adversária. Cada equipe é composta por sete jogadores, sendo um goleiro, três jogadores de. Campo defensivo e três de campo ofensivo. Para atingir os objetivos do jogo, os praticantes deverão criar alternativas táticas eficientes através da interpretação correta das regras e execução dos fundamentos técnicos do jogo. Segundo Biazoli (2004b), trata-se de um jogo dinâmico, motivante e de fácil aprendizagem, pois preserva os princípios do Handebol oficial, apesar da adaptação de algumas regras.

A HISTÓRIA DO HANDEBOL PARA 3ª IDADE

No ano de 1998, na cidade de Descalvado-Sp, o professor de Educação Física.

Marcos Roberto Valentim Biazoli criou o Handebol para 3ª Idade

Nesse mesmo ano, o Projeto Atleta Feliz na 3ª Idade (PAF) implantou o Programa de Handebol Adaptado, cuja principal atividade era os treinos de Handebol para 3ª Idade.

Até ano de 2004 o Programa de Handebol Adaptado contava com a participação de 50 atletas, subdivididos em categorias de Iniciantes (35 a 45 anos), Masters (46 a 55 anos) e Sênior (a partir de 56 anos), e já haviam disputado partidas de demonstração em diversas cidades do interior de São Paulo (BIAZOLI,2004)

Além das atividades desenvolvidas pelo próprio PAF, inúmeras iniciativas têm contribuído para a divulgação do Handebol para 3ª Idade nos diversos setores da sociedade. No Itajaí Handball Cup de 2001, em Itajaí-SC, foi realizada uma demonstração do Handebol para 3ª Idade pelos integrantes do Programa de Handebol Adaptado do PAF. Nos anos seguintes o PAF continuou a participar do evento, o que motivou a criação da Equipe de Handebol Adaptado da Melhor Idade de Itajaí.

Atualmente conta com 58 atletas da terceira idade, sendo 10 homens e 48 mulheres, reunindo-se para treinar duas vezes por semana durante uma hora e meia, com idade entre 49 e 77 anos de idade.

REGRAS

Regra 1: A Quadra de Jogo : é a mesma do Handebol oficial. Porém, poderá ser usada quadra menor (comprimento e largura), desde que mantida a proporcionalidade (exemplo: 36x18m, 30x15m), mas sem alteração das outras características (linhas e baliza).

Regra 2: A Duração da Partida : A partida tem 4 períodos de 7 minutos. O intervalo do 1º para o 2º período e do 3º para o 4º, deve ter o tempo mínimo para que os jogadores da mesma equipe invertam troquem de campo de jogo. O intervalo do 2º para 3º período é de 10 minutos e as equipes devem trocar de quadra.

Regra 3: A Bola: A bola tamanho 1 da IHF é usada em partidas de todas as categorias.

Regra4: A equipe, substituições:A Equipe -uma equipe deve ter, no mínimo, 10 jogadores no início da partida. Não mais do que 7 jogadores podem estar em quadra ao mesmo tempo

Substituições de Jogadores -Se após o término do 4º período algum dos jogadores não tiver participado pelo menos um período da partida, sua equipe será penalizada com tiro de 7 metros. Para cada jogador não participante será atribuído um tiro de 7 metros para a equipe adversária.

Regra 5: O Goleiro - Será permitido ao goleiro sair de sua respectiva área e atuar como jogador de linha, aplicando-se a ele todas as regras de um jogador de campo defensivo (Regra 19).

Regra 6: A Área de Gol - Idem as regras oficiais.

Regra 7: O Manejo da Bola, Jogo Passivo - Se ao disputar a posse de bola, essa se mantêm presa pelos oponentes por mais de 3 segundos, a posse de bola será decidida por sorteio entre os jogadores envolvidos, mediado pelo árbitro. Jogo Passivo- Após a sinalização de jogo passivo, os jogadores terão no máximo 5 segundos para finalizar a jogada.

Regra 8: Falta e Conduta Antidesportiva - Não é permitido aos jogadores qualquer contato físico intencional (provocado) para com o adversário. A violação dessa regra conduz a um tiro de 7 metros para o adversário, e o jogador infrator deverá ser punido com advertência (cartão amarelo).

Regra 9: O Gol - Idem as regras oficiais.

Regra 10: O Tiro de Saída - No início da partida e do 3º período, o tiro de saída é executado por qualquer jogador do campo ofensivo da equipe que vencer o sorteio e escolher começar com posse de bola. No início do 2º e do 4º período é executado pela equipe que não teve o tiro de saída no início do jogo. O tiro de saída é executado exclusivamente no início dos períodos da partida.

Regra 11: O Tiro Lateral - Idem as regras oficiais.

Regra 12: O Tiro de Meta - O tiro de meta é considerado executado quando o goleiro passar a bola para um dos jogadores do campo defensivo da sua própria equipe

Regra 13: O Tiro Livre - Idem as regras oficiais.

Regra 14: O Tiro de 7 metros - As Decisões para um Tiro de 7 metros Um tiro de 7 metros é assinalado quando:

a) O defensor entrar em contato físico intencional para com o seu oponente, quando da realização de uma ação defensiva (Regra 8);

b) O defensor empurrar seu oponente para dentro da área de gol, estando ele de posse de bola;

c) O defensor interceptar um passe ou bloquear um arremesso de seu oponente estando fora da área de tiro livre (9 metros), após a equipe adversária estar de posse de bola;

d) O defensor obstruir seu oponente com mãos, braços ou pernas no momento de sua finalização ao gol;

e) Um jogador, técnico ou dirigente, for expulso da partida por conduta indisciplinar ou não condizente com o esporte;

f) Um jogador de linha realizar um passe para seu goleiro, estando ele dentro de sua respectiva área de gol (6 metros);

Regra 15: Instruções Gerais para a Execução dos Tiros -Idem as regras oficiais.

Regra 16: As Punições: Exclusão - Uma exclusão tem a duração de 1 minuto. Expulsão à expulsão de um jogador ou oficial de equipe, durante o tempo de jogo, sempre acarreta uma exclusão de 1 minuto para a equipe. Isso significa que após cumprida essa exclusão um jogador regular pode completar a equipe na quadra.

Regra 17: Os Árbitros -Idem as regras oficiais.

Regra 18: O Secretário e o Cronômetrista - Idem as regras oficiais.

Regra 19: Ocupação dos Campos de Jogo Ofensivo e Defensivo - No início da partida cada equipe deve designar 3 jogadores para atuar no campo defensivo e 3 jogadores para o campo ofensivo.

Jogadores do Campo Defensivo

Devem ocupar a meia quadra correspondente ao gol que sua equipe defende, exceto a área de gol.

É permitido ao jogador do campo defensivo:

a) arremessar a bola para o gol.

Não é permitido ao jogador do campo defensivo:

a) Interceptar um passe ou bloquear um arremesso estando posicionado à frente da linha de 9 metros;

b) Cruzar a linha de meio de campo intencionalmente;

Jogadores do Campo Ofensivo

Devem ocupar a meia quadra correspondente ao gol defendido pelo adversário, exceto a área de gol.

É permitido ao jogador do campo defensivo

a) Interceptar um passe ou bloquear um arremesso quando a bola estiver com os jogadores do campo defensivo da equipe adversária.

Não é permitido ao jogador do campo ofensivo:

a) Cruzar a linha de meio de campo intencionalmente;

b) Passar a bola para um jogador do campo defensivo de sua equipe;

CONCLUSÃO

A atividade física e o exercício regular melhoram a saúde, a capacidade funcional, a qualidade de vida e a independência do idoso. Nesse contexto, surge o Handebol Adaptado para pessoas idosas (Handebol para 3ª Idade) como mais uma alternativa a ser oferecida para essa população. O Handebol para 3ª Idade pode ser considerado uma atividade inclusiva, já que as regras adaptadas respeitam as características do idoso e conferem ao jogo um caráter altamente motivador. . São conscientes de que a velhice é para ser vivida com intensidade.

BIBLIOGRAFIA

http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/2010/artigos_teses/EDUCACAO_FISICA/artigos/Handebol.

http://aeati.blogspot.com.br/

Comentários