Relatório Técnicas de Filtração

Relatório Técnicas de Filtração

Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí - CEAVI

Departamento de Engenharia Sanitária

Relatório de

Química Experimental

Técnicas de Filtração – Procedimento VI

Data de realização do experimento: 12/05/2013

Acadêmico: José Guilherme Espíndola

Assinatura:

Acadêmico: Emanuel Fusinato

Assinatura:

Data de elaboração do relatório: 18/09/2013

Ibirama, 18 de Setembro de 2013.

Objetivo

Aprender técnicas de filtração e suas aplicações.

  1. Introdução

Filtração é a operação de separação de um sólido de um líquido ou fluido no qual está suspenso, pela passagem do líquido ou fluido através de um meio poroso capaz de reter as partículas sólidas.

Numa filtração qualitativa e dependendo do caso, o meio poroso poderá ser uma camada de algodão, tecido, polpa de fibras quaisquer, que não contaminem os materiais, mas o caso mais frequente é papel de filtro qualitativo.

Para as filtrações quantitativas, usa-se geralmente papel filtro quantitativo, ou placas de vidro sinterizado porcelana sinterizada. Em qualquer dos casos indicados há uma grande gama de porosidades e esta porosidade deverá ser selecionada dependendo da aplicação em questão.

Os papéis filtro para fins quantitativos diferem dos qualitativos, principalmente por serem quase livres de cinzas (na calcinação), visto que, durante a preparação, são

lavados com ácido clorídrico e fluorídrico, que dissolvem as substâncias minerais da

pasta de celulose. O teor de cinza de um papel filtro qualitativo de 11 cm de diâmetro é

menor que 0,0001 g. Eles existem no mercado na forma de discos (ϕ = 5,5; 7,0; 9,0;11,0; 12,5; 15,0 e 18,5) e com várias porosidades.

  1. Materiais e Métodos

    1. Material

  • Suporte universal

  • Argola para funil

  • Funil comum

  • Funil analítico

  • Beckers de 300 mL

  • Bagueta com ponteira de borracha

  • Pisseta

  • Kitassato

  • Funil de Buchner (com rolha)

  • Trompa de vácuo

  • Cadinho de Gooch

  • Alonga de borracha

  • Cadinho de vidro com placa sisterizada

  • Papel de filtro qualitativo

  • Papel de filtro quantitativo (vários tipos)

  • Polpa de amianto

  • Bico de Bunsen

  • Tela de amianto

3.2 Reagentes Utilizados

  • Precipitado de BaSO4 em suspensão contendo CuSO4

  • Solução de hidróxido de sódio 0,5 N –NaOH

  • Solução de cloreto férrico à 1 % - FeCl3

  • Solução de hidróxido de amônio 1:1 –NH4OH

  • Solução de sulfato de alumínio à 3 % -Al2(SO4)3

  1. Métodos

1. Proceder a uma filtração comum. Filtrar 50 mL de precipitado de BaSO4 em suspensão com CuSO4.

3. Proceder a uma filtração a vácuo, usando o funil de Buchner, Kitassato e trompa de vácuo. Filtrar 50 mL de precipitado de BaSO4 em suspensão com CuSO4.

5. Proceder a uma filtração a vácuo com cadinho de vidro com placa sinterizada. Colocar num Becker, 10 mL de solução de Al2(SO4)3. Adicionar 20 mL de solução de NH4OH. Forma-se um precipitado gelatinoso de hidróxido de alumínio. Filtrar a vácuo no cadinho de vidro com placa sinterizada, usando a aparelhagem do item anterior, substituindo o cadinho de Gooch pelo cadinho de vidro.

6. Proceder a uma filtragem à quente. Colocar num Becker, 10 mL de solução de FeCl3. Adicionar 20 mL de solução de NaOH. Forma-se Fe(OH)3 que é um precipitado que deve ser filtrado à quente. Dobrar o papel de filtro em pregas adaptá-lo num funil analítico. Aquecer a mistura, que contém o precitado de Fe(OH)3, para diminuir a sua viscosidade. Aquecer o sistema (papel filtro + funil) antes da filtração, com água destilada em ebulição.

  1. Resultados e Discussões

1º Experimento  Primeiramente, cortamos e dobramos o papel filtro e o encaixamos no filtro. Colocamos 25 mL de água em um becker de 25 ml e dissolvemos uma pitada de sulfato cuprico (CuSO4), com duas pitadas de sulfato de bario (BaSO4). Essa solução tinha um aspecto esbranquiçado.

Filtramos a solução utilizando um bastão de vidro para ajudar no escoamento. Após isso lavamos o becker e o bastão de vidro.

3º Experimento  Em 25mL de água, dissolvemos uma pitada de CuSO4, com 5 pitadas de BaSO4. Utilizando o funil de buchner, kitassato e trompa de vacuo, procedemos a filtração da solução. O sulfato de bario ficou retido no papel filtro e o sulfato cuprico ficou dissolvido no kitassato. Após isso retiramos o papel filtro do funir de buchner.

5º Experimento + Al+

Foi preparado, em um becker de 400Ml, um mistura de 10mL de com 20mL . Formou-se um precipitado de Al. Para separar a mistura, usamos uma centrifuga. Após separarmos a mistura, tiramos a água e misturamos o Al de todos os tubos de ensaio.

6º Experimento  Misturamos uma solução de 10mL de FeCl3 e 20 mL de NaOH, em um becker de 400mL, para esta filtração dobramos o papel em pregas, para aumentar a area de contato aumentando a velocidade da filtração. Para executar a filtração a quente, ao acrescentar a solução de FeCl3 e NaOH no funil despejamos juntamanete água fervendo.

  1. Conclusão

Filtração ou filtragem é um método utilizado para separar sólido de líquido ou fluido que está suspenso, pela passagem do líquido ou fluido através de um meio permeável capaz de reter as partículas sólidas. Os tres metodos de filtração que aprendemos são a filtração cumum, a vacuo e a quente.

A filtração comum, consiste no metodo mais simples de se executar o processo de filtragem, para isso utilizamos somente o funil, o papel filtro e o recipiente, onde o papel filtro pode ser pregueado ou dobrado. É um processo lento, porém o que define sua eficiencia é a porosidade do papel filtro.

O processo de filtragem a vacuo, consiste em conectar uma bomba de vacuo na entrada do kitassato, diminuindo a pressão dentro do recipiente, fazendo com que o fluido adicionado no funil seja filtrado rapidamente. Este processo, dependendo da porosidade do papel flitro utilizado, pode ser cosiderado de alta eficacia, pela sua velocidade.

Filtração a quente é efiente, por reduzir a viscosidade do líquido, porem depende da solubilidade do produto, pois se a solubilidade for aumentada menos soluto sera retido no filtro, sendo que este não é o efeito desejado.

  1. Referências

http://pt.wikipedia.org/wiki/Filtra%C3%A7%C3%A3o Acessado em (18/09/2013)

Comentários