Concurso FUNCAB - s09-p - analista tecnico em transito

Concurso FUNCAB - s09-p - analista tecnico em transito

(Parte 1 de 2)

“Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer!”

BOAPROVA! w.funcab.org

RESERVE OS 30 (TRINTA) MINUTOS FINAIS PARAMARCAR SEU CARTÃO DE RESPOSTAS.

ATENÇÃO DURAÇÃO DAPROVA: 3 horas e 30 minutos.

ESTE CADERNO CONTÉM 50 (CINQUENTA) QUESTÕES DE MÚLTIPLAESCOLHA, CADAUMACOM 5ALTERNATIVAS DE RESPOSTA–A, B, C, D e E–CONFORME DISPOSIÇÃOABAIXO:

Área: Engenheiro Civil

CONCURSO PÚBLICO para o cargo de

S09 - P TARDE

Verifique se o tipo de prova deste caderno de questões confere com o seu cartão de respostas.

Disciplinas Quantidade de questões

Valor de cada questão

Língua Portuguesa 15 1 Legislação e Ética na Administração Pública 10 2 Informática Básica 5 1 Conhecimentos Específicos 20 3

Analista Técnico em Transporte

02 LÍNGUA PORTUGUESA

FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt

Leia o texto abaixo e responda às questões propostas.

Chegueiemcasacarregandoapastacheiade papéis, relatórios, estudos, pesquisas, propostas, contratos.Minha mulher,jogando paciência na cama, umcopodeuísquenamesadecabeceira,disse,sem tirar os olhos das cartas, você está com um ar cansado. Os sons da casa: minha filha no quarto dela treinando impostação de voz, a música quadrifônica do quarto do meu filho. Você não vai largar essa mala?, perguntou minha mulher, tira essa roupa, bebeumuisquinho,vocêprecisaaprenderarelaxar.

Fui para a biblioteca, o lugar da casa onde gostava de ficar isolado e como sempre não fiz nada. Abri o volume de pesquisas sobre a mesa, não via as letrasenúmeros,euesperavaapenas.Vocênãopara detrabalhar,apostoqueosteussóciosnãotrabalham nem a metade e ganham a mesma coisa, entrou a minha mulher na sala com o copo na mão, já posso mandar servir o jantar? Era uma mesa grande, mas os três estavam espremidos numa ponta: “Não há lugar! Não há lugar!” gritaram ao ver Alice se aproximando. “Há lugar de sobra!” disse Alice, indignada, e sentou-se numa grande poltrona à cabeceira.

A copeira servia à francesa, meus filhos tinham crescido, eu e a minha mulher estávamos gordos. É aquele vinho que você gosta, ela estalou a língua com prazer. Meu filho me pediu dinheiro quando estávamos no cafezinho, minha filha me pediu dinheiro na hora do licor. Minha mulher nada pediu, nós tínhamos uma conta bancária conjunta. Vamos dar uma volta de carro?, convidei. Eu sabia que ela não ia, era hora da novela. Não sei que graça você acha em passear de carro todas as noites, também aquele carro custou uma fortuna, tem que ser usado, eu é que cada vez me apego menos aos bensmateriais,minhamulherrespondeu.

Os carros dos meninos bloqueavam a porta dagaragem,impedindo queeutirasseomeu.Tireios carros dos dois, botei na rua, tirei o meu, botei na rua, coloquei os dois carros novamente na garagem, fechei a porta, essas manobras todas me deixaram levemente irritado, mas ao ver os para-choques salientes do meu carro, o reforço especial duplo de aço cromado, senti o coração bater apressado de euforia. Enfiei a chave na ignição, era um motor poderoso que gerava a sua força em silêncio, escondido no capô aerodinâmico. Saí, como sempre semsaberparaondeir,tinhaqueserumaruadeserta nesta cidade que tem mais gente do que moscas. Na Avenida Brasil, ali não podia ser, muito movimento. Cheguei numa rua mal iluminada, cheia de árvores escuras,olugarideal.Homemoumulher?Realmente não fazia grande diferença, mas não aparecia

Passeio Noturno–Parte I

Questão 01

O terceiro parágrafo oferece importantes informações sobre o relacionamento familiar. O fato de o jantar ser servido à francesa indica que esse relacionamentoé:

A) informaleelegante. B) solitárioedesagradável. C) muitoformaledistante. D) despojadoemoderno. E) divertidoeirreverente.

ninguém em condições, comecei a ficar tenso, isso sempre acontecia, eu até gostava, o alívio era maior. Então vi a mulher, podia ser ela, ainda que mulher fosse menos emocionante, por ser mais fácil. Ela caminhava apressadamente, carregando um embrulho de papel ordinário, coisas de padaria ou de quitanda, estava de saia e blusa, andava depressa, havia árvores na calçada, de vinte em vinte metros, um interessante problema a exigir uma grande dose deperícia.

Apaguei as luzes do carro e acelerei. Ela só percebeu que eu ia para cima dela quando ouviu o som da borracha dos pneus batendo no meio-fio. Peguei a mulher acima dos joelhos, bem no meio das duas pernas, um pouco mais sobre a esquerda, um golpe perfeito, ouvi o barulho do impacto partindo os dois ossões, dei uma guinada rápida para a esquerda, passei como um foguete rente a uma das árvores e deslizei com os pneus cantando, de volta para o asfalto. Motor bom, o meu, ia de zero a cem quilômetros em nove segundos. Ainda deu para ver que o corpo todo desengonçado da mulher havia ido parar, colorido de sangue, em cima de um muro, dessesbaixinhosdecasadesubúrbio.

Examinei o carro na garagem. Corri orgulhosamente a mão de leve pelos para-lamas, os para-choques sem marca. Poucas pessoas, no mundo inteiro, igualavam a minha habilidade no uso daquelasmáquinas.

A família estava vendo televisão. Deu a sua voltinha, agora está mais calmo?, perguntou minha mulher, deitada no sofá, olhando fixamente o vídeo. Vou dormir, boa noite para todos, respondi, amanhã

(FONSECA, RubemSão Paulo: Companhia das

vouterumdiaterrívelnacompanhia. Letras,2004.p.243-244.) 64 contos

03 FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt

Ao utilizar o verbo “esperava”, no segundo parágrafo, onarradorcrianoleitorum(a):

A) discrepância. B) euforia. C) isolamento. D) distanciamento. E) expectativa.

Questão 03

O elemento destacado em “REALMENTE não fazia grande diferença [...]” (§ 4), pode ser substituído, sem prejuízo,paraosentidooriginaldotexto,por:

A) Poroutrolado. B) Efetivamente. C) Simplesmente. D) Advertidamente. E) Contudo.

Questão 05

Assinaleaalternativaemqueoelementocontextuala que se refere o pronome em destaque está indicado deformaequivocada.

B) “[...] impedindo que eu tirasse o MEU.” (§ 4) / carro.

D) “[...] ONDE gostava de ficar isolado [...]” (§ 2) / o lugardacasa.

Questão 04

Assinale a alternativa em que o termo destacado foi usadoemsentidoconotativo.

A) “[...]umagrandeDOSEdeperícia.”(§4) B) “Abri o VOLUME de pesquisas sobre a mesa [...]” (§2)

C) “ApagueiasLUZESdocarroeacelerei.”(§5) D) “VocênãovailargaressaMALA?”(§1) E) “[...] essas MANOBRAS todas me deixaram levemente irritado [...](§ 4)

Questão 06

Pode-se atribuir o emprego de dois-pontos, em “Os sons da casa: minha filha no quarto dela treinando impostação de voz, a música quadrifônica do quarto domeufilho.”,àintençãodeanunciarum(a):

A) explicaçãosemântica. B) citação. C) enumeração. D) separaçãodeoraçõesadverbiais. E) vocativo.

Questão 07

Questão 02 Arespeitodotexto,analiseasafirmativasaseguir:

I. A esposa parece ser uma pessoa insuportável que, além de se interessar somente pelo dinheiro do marido, está sempre bebendo e fazendo críticasatudoqueelefaz.

I. O fato de as falas da mulher não aparecerem nos parágrafos 5 e 6 marca o momento em que o narrador se dedica a liberar-se da tensão causada,entreoutrosfatores,porela.

I. O desenvolvimento apoia-se, para melhor entendimento da atmosfera criada pelo narrador, em uma linguagem coloquial, distante da norma-padrãodalíngua.

Está(ão)correta(s)somentea(s)afirmativa(s):

A) I B) I C) I D) I e I E) I e I

A forma verbal composta destacada em “[...] meus filhosTINHAMCRESCIDO[...]”,correspondeàforma simples:

A) cresciam. B) crescem. C) cresceriam. D) crescerão. E) cresceram.

Questão 08

04 FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt

Questão 12

Que opção apresenta, respectivamente e de acordo com o contexto, os sinônimos das palavras destacadasnotrechoaseguir?

“Poucas pessoas, no mundo inteiro, IGUALAVAM a minhaHABILIDADEnousodaquelasmáquinas.”

A) compreendiam–competência B) nivelavam-se–capacidade C) entendiam–qualidade D) habilitavam-se–prudência E) equilibravam–destreza

Questão 09

A palavra destacada no fragmento “Ela caminhava apressadamente, carregando um embrulho de papel ordinário, coisas de padaria OU de quitanda [...]”, é umelementocomvalor:

A) alternativo. B) explicativo. C) condicional. D) adversativo. E) concessivo.

Questão 10

Em relação à regência verbal e uso correto das preposições, assinale a frase em que o autor incorreu emumainadequação.

A) “Fuiparaabiblioteca [...]”(§2) B) “Chegueiemcasa[...]”(§1) C) “Hálugardesobra!”(§2) D) “[...] o reforço especial duplo de aço cromado [...]” (§4) E) “Apagueiasluzesdocarroeacelerei.”(§5)

Questão 13

Qual a classe gramatical da palavra destacada em “ElasópercebeuQUEeuiaparacimadela[...]”?

A) Pronomerelativo B) Conjunçãoadverbialcausal C) Conjunçãosubordinativaintegrante D) Substantivo E) Advérbio

Questão 1

Assinale a alternativa que justifica, corretamente, o uso do acento indicativo de crase em “[...] e sentou-se numagrandepoltronaàcabeceira.”

A) Sempre se indica a crase em expressões conjuntivas.

B) O sinal de crase deve ser utilizado antes de palavrasprecedidasdeartigodefinidomasculino.

C) O uso do sinal indicativo da crase depende do significado da locução prepositiva da qual faz parte.

D) Acrase deve ser indicada em locuções adverbiais formadasapartirdepalavrasfemininas.

E) O sinal de crase dependerá do sentido do substantivomasculinoedotermoqueoprecede.

Na oração “Apaguei as luzes do carro [...]”, a classificaçãodosujeitoé:

A) desinencial. B) indeterminado. C) inexistente. D) pleonástico. E) composto.

Questão 14

A respeito do fragmento “Examinei o carro na garagem. Corri orgulhosamente a mão de leve pelos para-lamas, os para-choques sem marca. Poucas pessoas, no mundo inteiro, igualavam a minha habilidade no uso daquelas máquinas.”, analise as afirmativasaseguir:

I. Osperíodossãosimplescomoraçõesabsolutas. I. Osegundoperíodoécompostoporcoordenação. I. Oterceiroperíodoécompostoporsubordinação.

Está(ão)correta(s)somentea(s)afirmativa(s):

A) I B) I C) I D) I e I E) I e I

Questão 15

05 FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt

Nos termos do artigo 2º da Lei Orgânica do Município de Rio Branco, assinale a alternativa que contém um dosseusfundamentos:

A) pluralismopolítico. B) soberania. C) soluçãopacíficadosconflitos. D) osvaloressociaisdotrabalhoedalivreiniciativa. E) autodeterminaçãodospovos.

Questão 16

Sobre a remoção do servidor público, nos termos da Lei Orgânica do Município de Rio Branco, é correto afirmarque:

A) évedada. B) pode ocorrer por necessidade comprovada, desdequesolicitadapeloservidor.

C) pode ocorrer para atender a natureza do serviço, quandonãoforapedidodoservidor.

D) pode ocorrer por necessidade da Administração, mesmo que tal necessidade não esteja comprovada, em atendimento ao princípio da supremacia do interesse público sobre o interesseprivado.

E) não encontra previsão na Lei Orgânica do MunicípiodeRioBranco.

Questão 17

Com relação à responsabilidade dos servidores públicos, no que tange ao disposto na Lei Orgânica do Município de Rio Branco, assinale a alternativa correta.

A) O servidor que causar dano à Administração permanecerá em suas funções até o fim do inquéritoadministrativo.

B) O servidor pode ser responsabilizado por pagamentos efetuados em desacordo com as normaslegais.

C) Uma vez responsabilizado administrativamente, fica vedada qualquer medida de cunho penal em facedoservidor.

D) A responsabilização dos servidores por danos causados àAdministração é ato facultativo desta, devendo-se observar a conveniência e oportunidadedoentepúblico.

E) O município não possui competência para instaurar medida administrativa contra servidor público, devendo, caso comprovado o dano ao erário, oficiar o Poder Judiciário, em atendimento aoprincípiodainafastabilidadedajurisdição.

Questão 18

Nos termos da Lei Orgânica do Município de Rio Branco,assinaleaalternativacorreta.

A) É vedada a participação dos servidores públicos no produto da arrecadação de tributos e multas, excetoosprovenientesdadívidaativa.

B) O servidor fará jus ao adicional por tempo de serviço, no percentual de 1% (um) por cento por ano de serviço público efetivo, incidente sobre o vencimento, a partir do mês que completar o anuênio,atéomáximode25%,cumulativamente.

C) Ao servidor público municipal será concedida, após 20 anos de efetivo exercício, gratificação correspondente à sexta parte da remuneração integral, a qual se incorporará aos vencimentos paratodososefeitos.

D) Invalidada por sentença judicial a demissão do servidor estável, será ele reintegrado e o eventual ocupante da vaga reconduzido ao cargo de origem,comdireitoaindenização.

E) Extinto o cargo ou declarada a sua desnecessidade, o servidor estável ficará em disponibilidade remunerada até seu adequado aproveitamentoemoutrocargo.

Questão 19

Orlando, servidor público lotado na Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Rio Branco – RBTRANS, é o responsável pelo julgamento dos recursos interpostos em face das multas aplicadas aos infratores das leis de trânsito. Ao analisar um recurso interposto, Orlando solicita propina para Carlos, condutor penalizado e autor do recurso, sob a promessa de julgar o recurso favoravelmente à pretensão do recorrente. Diante do caso hipotético em análise, pode-se afirmar que Orlando cometeu o crimede:

A) corrupçãopassiva. B) concussão. C) peculato. D) peculatomedianteerrodeoutrem. E) prevaricação.

Questão 20

FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt 06

Questão 21

Assinale a alternativa que contém uma hipótese de inexigibilidade delicitação.

A) Contração de profissional de qualquer setor artístico, diretamente ou através de empresário exclusivo, desde que consagrado pela crítica especializadaoupelaopiniãopública.

B) Nos casos de guerra ou grave perturbação da ordem.

C) Aquisição, por pessoa jurídica de direito público interno, de bens produzidos ou serviços prestados por órgão ou entidade que integre a Administração Pública e que tenha sido criado para esse fim específico em data anterior à vigência da Lei nº 8.6/93, desde que o preço contratado seja compatível com o praticado no mercado.

D) Aquisição ou restauração de obras de arte e objetos históricos, de autenticidade certificada, desde que compatíveis ou inerentes às finalidadesdoórgãoouentidade.

E) Nos casos em que houver possibilidade de comprometimento da segurança nacional, estabelecidos em decreto do Presidente da República, ouvido o Conselho de Defesa Nacional.

Questão 2

Jonas, servidor público lotado na Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Rio Branco – RBTRANS,éoresponsávelpelainclusão,nosistema informatizado da RBTRANS, dos pontos advindos das multas aplicadas aos infratores de trânsito. Ao receberumamultaporexcessodevelocidade,Jonas, prevendo que ultrapassaria o limite máximo de pontuação permitido pela legislação de trânsito e, consequentemente, teria a sua Carteira Nacional de Habilitação suspensa, resolve excluir pontos que constavam em seu cadastro. Diante do caso hipotético em análise, pode-se afirmar que Jonas cometeuocrimede:

A) extravio, sonegação ou inutilização de livro ou documento.

B) excessodeexação. C) inserção de dados falsos em sistema de informações.

D) modificação ou alteração não autorizada de sistemadeinformações.

E) exercício funcional ilegalmente antecipado ou prolongado.

(Parte 1 de 2)

Comentários