Anfíbios - Reino Animal

Anfíbios - Reino Animal

Criado e Desenvolvido por:

Todos os direitos são reservados ©2017 tioronnicabral.blogspot.com.br

Tetrápoda. Ectotérmicos.

Saco vitelino - único anexo embrionário

Batráquios = vida dupla.

1° cordado a ocupar o ambiente terrestre (transição). Acesso ao meio terrestre promove:

- Desidratação / maior exposição ao sol

- Menor disponibilidade de água para excreção

- Dependente da água para a fecundação (meio líquido para deslocamento de espermatozoides / forma larval dependente de água.

Avanços evolutivos: pele permeável, pulmões – trocas gasosas, coração com 3 cavidades,

patas e pálpebras – proteção contra desidratação.

Anura Urodela

Gymnophiona ou Ápoda

Ordens: CLASSIFICAÇÃOCLASSIFICAÇÃO

Os Anura são representados por cerca de 4.500 espécies, que incluem os sapos, as rãs e as pererecas. A fauna brasileira é muito rica em anuros, contando com cerca de 600 espécies já descritas. Os anuros não possuem cauda e seus membros posteriores são adaptados para o salto. A fecundação pode ser interna ou externa - e o desenvolvimento é indireto.

São representados por cerca de 400 espécies de salamandras. O corpo destes animais é alongado e a cauda é bem desenvolvida. São mais abundantes em regiões de climas frios. Os machos não possuem órgão copulador e a fecundação pode ser externa ou interna. Na fecundação interna, a fêmea captura a massa de espermatozoides liberada pelo macho e a deposita no interior da sua cloaca. Muitas espécies de salamandras não possuem pulmões e apresentam apenas respiração cutânea.

Não possuem membros locomotores e o corpo é cilíndrico e alongado. A maioria das espécies é terrestre e vive enterrada no solo. Os olhos são vestigiais (ou seja, são atrofiados), mas existem tentáculos sensoriais que auxiliam na percepção do ambiente. Os machos possuem um órgão copulador chamado falodeu, que permite a fecundação interna.

Cobra-cega ou cecília

Fino e úmido glândulas

queratina

permeável

glândula paratoide (veneno) em sapos

Completo Digestão extracelular

Boca com alguns dentes

Cloaca

LARVA: branquial. ADULTO: pulmonar, cutânea (principal) e buco-faríngea.

Fechado Coração (3 cavidades)

Circulação dupla e incompleta

Hemácias nucleadas

10 pares de nervos cranianos 2 côndilos no occipital

ouvido interno e médio

pálpebras

Órgão de Jacobson (olfato)

Dioicos.

Fecundação externa: exceto cobra cega: terrestre – fecundação interna e desenvolvimento direto.

Desenvolvimento indireto (metamorfose). Neotenia – axolotles.

Órgão de Bidder (sapos).

Cortejo sexual : Canto- cordas vocais – saco gular.

Exercício 1

(Enem 2015) Os anfíbios representam o primeiro grupo de vertebrados que, evolutivamente, conquistou o ambiente terrestre. Apesar disso, a sobrevivência do grupo ainda permanece restrita a ambientes úmidos ou aquáticos, devido à manutenção de algumas características fisiológicas relacionadas à água.

Uma das características a que o texto se refere é a:

a) reprodução por viviparidade. b) respiração pulmonar nos adultos. c) regulação térmica por endotermia. d) cobertura corporal delgada e altamente permeável. e) locomoção por membros anteriores e posteriores desenvolvidos.

Como a questão pede adaptação fisiológica, o único item possível é o tegumento delgado (fino) e muito permeável, característica que acarreta grande perda de água.

Comentários